Asfor Rocha, por causa de 21 acusações de irregularidades, vem sendo vetado para o Supremo. Agora, Lula seduz o PMDB para aprová-lo e com isso, salvar Jader. Só que o Supremo já aprovou o ficha-limpa.

Helio Fernandes

Campeão mundial de irregularidades, o ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) está desde outubro na vitrine, sendo VETADÍSSIMO. Mas Lula insiste em colocá-lo numa lista, que tem cinco nomes, mas para ele, presidente da República, tem apenas esse nome do título.

O ministro Asfor estava “posto em sossego”, com suas irregularidades escondidas, quando a Veja fez matéria sobre ele, com mais de 20 acusações. Como estava escondida no meio de outras matérias e sem que quase ninguém visse, resolvi REPERCUTI-LA.

Como o número das acusações era o mesmo de A a Z, coloquei aqui com o título: ABECEDÁRIO DAS IRREGULARIDADES DE ASFOR ROCHA. Citei a Veja, dei o crédito e elogiei nominalmente os repórteres várias vezes. Não queria o crédito da matéria, e sim impedir que um homem tão acusado, fosse para o mais alto Tribunal do país.

Aí a matéria repercutiu de verdade, o Presidente foi o único que não se horrorizou com o ABECEDÁRIO que desvendou o passado e o presente de Asfor Rocha. O Presidente insiste em nomeá-lo, mas será difícil “arranjar” número no Senado para aprová-lo.

Agora, Lula teve idéia “genial”. Colocou o PMDB na jogada, com o apoio integral dele aprova o nome do seu candidato, mesmo com todas as acusações. O que na realidade não assusta nem intimida o PMDB. Mas o que o “maior partido do Brasil” ganha com isso? Para eles, tudo é facílimo.

Na suposição do Presidente da República e dos luminares do PMDB, existiria o primeiro “empate-impasse” de 5 a 5, a respeito do projeto ficha-limpa. Assim, Asfor Rocha assumiria, DESEMPATARIA CONTRA A APROVAÇÃO do ficha-limpa, e SALVARIA o também corrupto Jáder Barbalho. É de estarrecer.

Só que nem Lula nem o PMDB levaram em consideração os fatos. Indicado, aprovado pelo Senado, nomeado e empossado, o Ministro, além de assombrar o país, não terá que votar nada do passado, pela razão muito simples, de que o PRÓPRIO SUPREMO JÁ LIQUIDOU a questão.

No segundo 5 a 5, dois ministros mudaram de voto, (o que acontece  nos tribunais do mundo) e o projeto ficha-limpa foi aprovado por 7 a 3. A decisão do impasse do primeiro 5 a 5, foi referendada pelo segundo julgamento decidido por esses 7 a 3.

Portanto, podem estarrecer o país e transformar um personagem acusado em 21 irregularidades num magistrado do mais alto Tribunal do país. Os 10 ministros que estão no Supremo, para se dirigirem a Asfor Rocha, terão que esgotar o estoque de “data vênia”.

Jader Barbalho pode ser “SALVO” assim. Como mais de 50 por cento dos votos para o Senado no Pará foram anulados, terá que haver outra eleição. Mas para Jader ser candidato novamente, Lula e o PMDB terão que nomear Asfor Rocha e abrir mais 10 vagas no Supremo. Castelo  Branco aumentou o número no Supremo para 15. Com a mania de grandeza de Lula, aumentar para 20 ministros, isso ele faz num fim de semana.

***

PS – É possível que não haja número no Senado. Fim de ano, muitos senadores não reeleitos, exigência de aprovação na Comissão e no plenário, e com a presença, no mínimo, de 41 senadores.

PS2 – Se fosse menos arrogante e mais sensato, Lula atenderia o pedido de Dilma e deixaria a vaga para ela preencher. Não que os Ministros do Supremo fiquem subordinados ao presidente que os nomeou.

PS3 – Só que Dona Dilma começaria preenchendo uma vaga no mais alto tribunal do país. Mostraria seus critérios e suas observações, encaminharia ou projetaria por onde gosta de andar.

PS4- Antigamente, o Procurador Geral da República era um possível Ministro. Muitos ocuparam esses cargos. Que eu me lembre, só Floriano Peixoto teve uma indicação sua, vetada pelo Senado. Foi Barata Ribeiro.

PS5 – Acontece que Floriano estava no cargo, inconstitucionalmente, o Senado fazia oposição a ele. O MESMO Floriano nomeou o MESMO Barata Prefeito do Distrito Federal, foi recusado pelo MESMO Senado.

PS6 – Agora, quem está na vez é o Advogado Geral da União. O ultimo Ministro do Supremo veio de lá, é possível que o próximo faça o mesmo trajeto: de Brasília para Brasília.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *