Associaes e Coletivos cobram punio de Milton Ribeiro por declaraes sobre homossexuais

Ribeiro se desculpou e disse que fala foi descontextualizada

Paulo Roberto Netto
Estado

Nove coletivos e associaes voltadas para defesa dos direitos da populao LGBT apresentaram ao civil contra o ministro da Educao, Milton Ribeiro, por declaraes sobre homossexuais ditas durante entrevista ao Estado. O grupo aponta que o ministro utilizou do cargo para destilar vis palavras que reforam preconceito e por isso deve arcar com indenizao de R$ 5 milhes.

Milton Ribeiro atribuiu a homossexualidade a famlias desajustadas. Falta ateno do pai, falta ateno da me. Vejo menino de 12, 13 anos optando por ser gay, nunca esteve com uma mulher de fato, com um homem de fato e caminhar por a. So questes de valores e princpios, declarou. Um inqurito para apurar crime de homofobia foi solicitado pela Procuradoria-Geral da Repblica (PGR).

“DESSERVIO” – Segundo as entidades de defesa dos direitos LGBT, as falas do ministro fazem um desservio social e estimula a segregao, utilizando termos incorretos homossexualismo, por exemplo, que denota patologia e vai na contramo do que aponta a Organizao Mundial da Sade e tratando a orientao sexual como uma opo.

Esse tipo de discurso serve para que as orientaes sexuais diversas da heterossexualidade sejam vistas como falta de vergonha, como uma falha de carter, o que no poderia ser mais distante da realidade, orientao sexual no define carter do indivduo, declaraes preconceituosas, por outro lado, dizem muito sobre uma pessoa, afirmaram as entidades. Chamar as homossexualidades de opo responsabilizar a pessoa por escolher sobre discriminao. O eterno comportamento de culpar a vtima.

OFENSAS – Os coletivos apontam ainda que Milton Ribeiro no ofendeu apenas a comunidade LGBTI+, mas tambm milhares de lares, milhares de crianas, pessoas trabalhadoras, que cumprem com suas obrigaes legais ao atribuir a homossexualidade a famlias desajustadas.

Assinam a pea a Aliana Nacional LGBT; a Associao Brasileira de Mulheres Lsbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais; a Associao Brasileira de Famlias Homoafetivas; a Associao Mes pela Diversidade; Grupo Acontece; Associao da Parada do Orgulho LGBT de Vinhedo; Espao Paranaense da Diversidade LGBT; Grupo Dignidade e Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gnero. A ao encabeada pelas advogadas Patrcia Mannaro, Luanda Morais Pires e Amanda Souto Baliza.

As falas do ministro da Educao repercutiram mal dentro do governo, que tenta se afastar da base mais radical do bolsonarismo. Em nota, Ribeiro disse que sua declarao foi interpretada e modo descontextualizado e que jamais pretendeu discriminar ou incentivar qualquer forma de discriminao em razo de orientao sexual.

INQURITO – A PGR pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de inqurito para apurar suposto crime de homofobia cometido pelo ministro. O vice-procurador-geral, Humberto Jacques de Medeiros apontou que as declaraes de Ribeiro se trataram de manifestaes depreciativas a pessoas com orientao sexual homoafetiva.

Apesar de no ser previsto em lei, o Supremo enquadrou a conduta no ano passado como forma de racismo, fixando a pena em um a trs anos de priso. O ministro Dias Toffoli, do STF, autorizou a Polcia Federal a colher depoimento de Ribeiro antes de decidir se abre o inqurito.

6 thoughts on “Associaes e Coletivos cobram punio de Milton Ribeiro por declaraes sobre homossexuais

  1. O negcio arrumar um trocado … Mais um pouco e os da minoria_com_pretenses a ser maioria vai pedir em juzo a revogao do ditado “Diz-me com quem andas e te direi quem s”.

  2. Falar ou escutar a verdade, para as ditas minorias, mais letal que cianureto, “palavras machucam, agridem”, a turminha do mimimi em ao, os floquinhos de neve.At o presente momento, a sobrevivncia da raa humana foi garantida pelo hetorosexualismo, fato biolgico incontestvel, ou a turma do lado rosa acha que possvel a reproduo com 2 cromossomos idnticos?

  3. No Brasil, h 16 anos, existia somente o povo brasileiro, ou seja, um nico povo, uma nica nao.
    Depois, durante os anos de governo do PT, a esquerda construiu um Brasil dividido em:
    – Brancos;
    – Brancos “homofbicos”;
    – Brancos “machistas”;
    – Brancos “fascistas”
    – Brancos “misginos”
    – Negros;
    – Negros e pobres;
    – Negras;
    – Negras e pobres;

    Antes, existiam somente os gays, mas, depois, vieram…
    – LGB;
    – LGBT;
    – LGBTQ;
    – LGBTQ+
    – LGBTQiA;
    – LGBTQiAP+
    Que se resumem em lsbicas, gays, bi, trans, queer, intersexo, assexuais, arromntiques, agnero, pan, poli e muito mais…

    Ou seja! A criao que Deus fez (homem e mulher), a esquerda (ou Satans !!) transformou em tudo isso, que nem definio tem.
    Hoje, um indivduo pode ser e se considerar o que ele quiser ser, conforme o que pregado segundo os ensinamentos de esquerda.
    – Dividiu os ndios;
    – Criou os Nordestinos e o “resto do Brasil”;
    – Presidente e “Presidenta”;

    Nesse perodo, os conceitos foram se transformando…
    – A sociedade deixou de ser vtima dos bandidos e os bandidos passaram a ser vtimas da sociedade;
    – Filho deixou de ser parte da famlia e se tornou propriedade do Estado;
    – Professor deixou de ser mestre para ser saco de pancada;
    – Bandido virou heri e polcia virou bandido;
    – Ser corrupto virou orgulho e ser honesto virou piada;
    – Entre tantas outras distores dessa ESQUERDA DOENTE, que s fez corromper a sociedade e o Brasil.

    Se casualmente a esquerda “fez” algo de bom, certamente no foi com essa inteno, mas, sim, com a inteno de dividir o povo para, depois, tirar proveito e se beneficiar de uma sociedade iludida.
    Agora, to somente pela misericrdia de Deus, o povo se v com a oportunidade de corrigir seus erros e mudar seu futuro.
    O inimigo continuar tentando destruir a famlia.
    Basta sabermos em que lado queremos ficar.

    Desconheo a autoria, mas achei sensacional esse texto.
    Parabns para quem o escreveu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.