“Associar a morte de Marielle à família Bolsonaro é repugnante”, afirma Eduardo, o 03

Resultado de imagem para eduardo bolsonaro

Eduardo acusou parte da imprensa de fazer um “trabalho sujo”

Deu no Correio Braziliense
(Agência Estado)

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou que o assassinato da vereadora Marielle Franco, em março do ano passado no Rio de Janeiro, é um caso como qualquer outro e que está “muito acima da questão política”. O parlamentar, filho do presidente Jair Bolsonaro, também disse que a vereadora era desconhecida antes do caso e que a tentativa de associá-lo à sua família é “absurda e repugnante”.

“Esse caso de assassinato é como os outros 62 mil casos que a gente tem no Brasil. É óbvio que a gente quer que ele seja elucidado e que quem cometeu vá preso. Não tem nada de diferente. Não tem essa de passar a mão na cabeça. Isso aí está muito acima de questão política, pelo amor de Deus”, afirmou o deputado.

SÃO VIZINHOS – Dois dias antes de completar um ano do assassinato da vereadora e do motorista Anderson Gomes, a polícia prendeu, na madrugada dessa terça-feira (12/3), dois suspeitos pelo crime. Ronie Lessa, policial militar reformado, e Elcio Vieira de Queiroz, expulso da Polícia Militar, foram denunciados por homicídio qualificado de Marielle e do motorista Anderson Gomes e por tentativa de homicídio de Fernanda Chaves, assessora da vereadora que também estava no carro.

Lessa mora no mesmo condomínio onde Jair Bolsonaro tem uma casa, na Barra da Tijuca, no Rio. Nas redes sociais, Queiroz se apresenta como simpatizante do presidente. Ele curte as páginas oficiais do PSL Carioca, do senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) e de Eduardo Bolsonaro.

Sobre uma possível proximidade dos envolvidos com a sua família, Eduardo afirmou não ter envolvimento com a milícia do Rio de Janeiro e disse que o pai tira “um milhão de fotos por ano com todo mundo”. “Será que se eu tirar uma foto com um policial, eu vou ser responsável por tudo que ele fizer?”, disse.

CRÍTICA À MÍDIA – Eduardo acusou parte da imprensa profissional e alternativa de fazer um “trabalho sujo financiado pelos últimos governos, que cai no descrédito ao tentar fazer esse tipo de relação”.

“É um desespero para tentar dizer que Bolsonaro tem culpa no cartório. Quem era Marielle? Estou falando com todo o respeito. Ninguém conhecia quem era Marielle Franco antes de ela ter sido assassinada. Depois, todo mundo começou a conhecer porque foi dada uma grande notoriedade. Agora, pelo amor de Deus, tentar fazer essa relação é mais do que absurdo, é repugnante”, disse.

O deputado também afirmou não saber sobre um suposto namoro entre uma filha de Ronie Lessa com um dos filhos de Bolsonaro. O delegado responsável pelas investigações, Giniton Lages, confirmou que houve o relacionamento. “Olha, eu não vou falar nome de ex-namorada, mas eu procurei aqui e nenhuma delas é filha de PM, não. Se essa informação for verdade, não sou eu não. Tem que perguntar para meus irmãos. Sei lá, né, será que namorou mesmo? Meio estranho isso aí, mas tudo bem”, disse.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Segundo a polícia, o filho que namorou a garota vizinha é Renan, de 20 anos, que é chamado de 04. (C.N.)

21 thoughts on ““Associar a morte de Marielle à família Bolsonaro é repugnante”, afirma Eduardo, o 03

    • Exatamente! Estão armando o bote. Acusarão o Jair Bolsonaro de mandante do assassinato da vereadora. Estou esperando, desde 2002, pelo mandante do assassinato do Celso Daniel.

  1. Hoje o rapaz tem 20 anos deve ter namorado a menina com uns 15.

    Depois que iniciaram a guerra suja estão reclamando que Jair Bolsonaro reage de forma truculenta e estúpida.

    A união contra a extrema mídia mal está começando.

    A tendência é aumentar o fogo contra a imprensa que tem apenas 3,7% de credibilidade das instituições segundo pesquisa recente.

    Basta fechar a tampa da caneta Bic e matar as feras de sede.

  2. Os mé®dia continuam caluniando Bolsonaro e sua família _because_ “ei seu Jair me dá um dinheiro aí … me dá um dinheiro aí”.
    PR, use a caneta para cortar o maná que alimenta os aliados do banditismo e do narco-terrorismo global.

  3. Alguém ai sabe dizer qual era a ligação de Marielle, com a família Bolsonaro, o que ela fez para deixa-los tão irritados a ponto de a matarem?
    Ou eles acordaram e resolveram mata-la?
    E como essa relação não apareceu até agora, provavelmente ela não existe.

    • Uma disputa de coxinha com mortadela…
      Ela queria frita.
      Eles queriam assada….
      Melhora daí a resposta mais imbecil será a mais próxima da verdade.
      Hipoglós com bacon….

      Haja saco…

    • Ela era do PSOL, era mulher, negra e lesbica. Pronto, por esses motivos, só pode ter sido Bolsonaro que a matou. E por que ela em particular? Por que o astros disseram ao Olavo de Carvalho que sim oras e esse emitiu uma fatwa ordenando o assassinato!

  4. Vamulá então, a arma utilizada na matança de Suzano, chamada de BESTA, em português….
    Uma arma medieval da Zooropa que atira setas, cujo nome original em italiano é Bolzone….
    Pesquisando textos antigos sabe-se que a besta lançadora de bolzones tem o nome origonal de bolzonaro…

    Grita daí bolzomínimo!!!!!
    Isto é um absurdo!!!
    Gízuz!!!!!!

  5. Ninguém conhecia a Vereadora Marielle Franco.

    Precisou ser assassinada para a esquerda psolenta a tornar uma heroína.

    A quem interessava a morte da desconhecida?

    Mistério!

      • Pensei que como ex-militar (ou militar) fosse daqueles que pede ficha completa.

        Vai que fosse algum petista ou comunistinha que tanto odeia…

        Não pegaria bem, né?

        Dito isso, seria de se imaginar que logo iria mandar acabar com o namoro.

        Se nem lona Szabó (do Instituto Igarapé), única mulher e suplente num Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, com o total de 26 componentes, pode permanecer e contribuir com diálogo na construção de políticas, cuja decisão final nem é do conselho…

  6. então vamos colocar os 60mil brasileiros mortos todo ano pela violência na conta de lula, dilma e da petralhada corrupta, dos 4 mandatos de barbárie?
    desde 2003 tem sido deteriorada toda uma geração, pela prática do lulopetismo.
    agora estamos apenas colhendo os frutos estragados da incompetência e malfeitos de lula, dilma, cabral, pezão e respectivas trupes nestes 16 anos.
    #lulopetismonuncamais
    #lulacontinuanacadeia
    quem matou celso daniel?
    quem matou toninho de campinas?
    o que os casos mariele e adélio bispo tem em comum, além do psol?

Deixe uma resposta para leão da montanha Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *