Autênticas, textuais e entre aspas

Luiz Gonzaga Belluzzo, economista e presidente do Palmeiras: “O petróleo pode ser uma maldição. A Venezuela tem que importar até ovo, mas produz um dirigente como Chávez”.

Manchete do Globo: “Onda de demissões expõe guerra de grupos na Receita”. O jornalão só “descobriu” agora, ou foi “acionado” tarde?

Sergio Cabral: “Não vou comparecer à reunião que JÁ RESOLVEU a questão do pré-sal, sem consultar os governadores que produzem petróleo”.

Do ponto de vista do Estado do Rio, perfeito, perderia 14 bilhões. Mas o governador quer fazer média, e EXIGIR de Lula que retire a candidatura de Lindberg a Governador.

Manchete ADIVINHATÓRIA do Estadão: “Supremo julga Palocci hoje, e Planalto já faz plano para 2010”.

O Estadão visivelmente tenta influenciar o Supremo (Ou os Ministros informam seus votos antecipadamente ao jornalão?). Ontem o jornalão estava opinativo, mas não conclusivo. Hoje opinativo e altamente conclusivo. Só que a EXPLOSÃO PT-PMDB será mais retumbante em São Paulo. Lá não há acordo. Essa será a motivação do jornalão?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *