Autênticas, textuais e entre aspas

Do prefeito Eduardo Paes: “Em 2013, as favelas terão diminuído 5 por cento”. 2013 ele estará deixando a Prefeitura. E diminuindo as favelas 5 por cento a cada 4 anos, dentro de 80 as favelas terão desaparecido. A não ser que surjam em outros lugares.

Manchete do Estadão: “Mesmo proibido, nepotismo resiste nos tribunais do País”. Por que não resistiria?

De Jim Rogers, investidor que despreza “mercados”, transformado em conselheiro: “Operadores de Wall Street terão que aprender a dirigir, para conseguirem emprego como taxistas ou operadores de tratores”. Deveria ter dito isso em 2007, vá lá, 2008.

Da Revista Carta Capital: “Os poderes sociais da agroenergia, com seus biocombustíveis, e associado aos EUA, o Brasil contribuirá para construir um mundo melhor?”.

Do deputado João Almeida, PSDB Bahia, entrevistado pelo jornalista Tarciso Holanda: “Hoje, os partidos são dominados por quem não tem votos nem representatividade”. São as chamadas “cúpulas”. Quem vai demoli-las?

No mesmo programa, Chico Alencar deu a receita e a solução: “isso só pode ser transformado pela consciência do eleitor”. Concordo inteiramente, mas os nomes que “oferecem” ao leitor, geralmente impublicáveis e inelegíveis, mas com muito dinheiro.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *