Autoridades deveriam apurar graves suspeitas contra o Gabinete do dio, mas nada faro

TRIBUNA DA INTERNET | No Planalto, gabinete do dio fazia acessos a site  investigado por atos antidemocrticos

Charge do Cllus (Arquivo Google)

Deu em O Globo

obrigao das autoridades investigar e dirimir as dvidas sobre o interesse que a milcia digital instalada no Palcio do Planalto, conhecida como gabinete do dio, demonstra por ferramentas de espionagem.

O portal UOL noticiou que um integrante dessa milcia investigada no Supremo Tribunal Federal sob a acusao de promover campanhas de difamao, desinformao e ataques democracia manteve contato em Dubai com um representante da DarkMatter, fornecedora de sistemas de arapongagem.

ESPIONAGEM DIGITAL – Composta por programadores egressos das Foras Armadas de Israel, a empresa tem sede em Abu Dhabi e vende sistemas para invadir celulares e computadores chamados spyware.

Seus servios so semelhantes aos da tambm israelense Pegasus, acusada no ano passado pela Anistia Internacional de propiciar a invaso dos celulares de mais de 50 mil ativistas, jornalistas, polticos e personalidades de interesse espalhadas pelo mundo, at mesmo chefes de Estado.

De acordo com a reportagem do UOL, um perito em inteligncia e contrainteligncia ligado ao gabinete do dio visitou no dia 14 de novembro o estande de Israel na Dubai AirShow, uma feira aeroespacial no Oriente Mdio, onde manteve contato com representantes da DarkMatter.

PEDIDO DE INVESTIGAO – O texto afirma que integrantes do gabinete do dio tambm buscam informaes sobre outros softwares espies como o Pegasus. Depois da publicao, a bancada do PSOL na Cmara enviou ao Ministrio Pblico Federal (MPF) uma requisio solicitando investigao a respeito.

O MPF tem o dever de ir a fundo nessa investigao. Se provar ser apenas mais uma teoria conspiratria, cortina de fumaa ou tentativa de ridicularizar o PSOL com uma histria fantasiosa de espionagem, todos ficaro tranquilos.

Mas, se a acusao for sustentada por fatos e evidncias, os efeitos precisam se estender alm do sistema judicial. O uso de softwares espies contra jornalistas e oposicionistas prtica de traidores da ptria, dspotas ou mafiosos.

PAI & FILHO – No sensato deixar que paire suspeita de tamanha gravidade sobre o presidente Jair Bolsonaro e seu filho vereador, Carlos Bolsonaro (Republicanos), a quem o gabinete do dio foi vinculado. do interesse de ambos que se jogue luz sobre os fatos, at para que se comprove a inocncia dos acusados, se for o caso.

No custa lembrar o que afirmou em outubro o ministro do STF Alexandre de Moraes, relator do inqurito das fake news ao absolver a chapa Jair Bolsonaro-Hamilton Mouro no julgamento por disparos em massa na campanha eleitoral de 2018: A Justia no tola. Podemos absolver por falta de provas, mas sabemos o que ocorreu e o que vem ocorrendo. As milcias digitais continuam se preparando para disseminar dio, conspirao, medo para influenciar eleies e destruir a democracia.

Em ano de eleio presidencial, o Brasil precisa saber se h algum em busca de ferramentas ilegais para tentar influenciar o resultado das urnas.

###
NOTA DA REDAO DO BLOGO editorial de O Globo (“Autoridades precisam investigar graves suspeitas levantadas contra o Gabinete do dio) procedente e importantssimo.Mudamos o ttulo para mostrar que, infelizmente, este editorial est destinado lata do lixo da Histria. Como se sabe, as autoridades que deveriam proceder a essa investigao so a Procuradoria-Geral da Repblica e a Polcia Federal, dois rgos que esto aparelhados e imobilizados pela interveno da Presidncia da Repblica, sejamos menos ingnuos, por gentileza. (C.N,)

3 thoughts on “Autoridades deveriam apurar graves suspeitas contra o Gabinete do dio, mas nada faro

  1. Os tempos so outros.
    Atualmente de conhecimento geral que as Fake News existem e so criadas com claros objetivos.
    2018 no se repetir. O eleitor j foi vacinado. Lula bilionrio, mamadeira de piroca, o comunismo vem a, kit Gay, em novas verses sero motivo de riso.

  2. o velho modo de operao da escria narco-socialista. O chefe do PT (partido dos traficantes) encomenda uma denncia para a imprensa venal, aps a publicao um partido puxadinho, nesse caso o PSOL, aciona o MPF ou os advogados narco-socialistas do STF e pronto, a denunciao caluniosa ganha ares de legalidade. Mais manjado do que esbarro de trombadinha, na 25 de Maro, em SP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.