Banqueiros já avisaram a Temer que é melhor sair sem criar dificuldades

Resultado de imagem para temer em hamburgo

Na Alemanha, Temer procurou aparentar normalidade

Vicente Nunes
Correio Braziliense

Assessores do presidente Michel Temer saíram a campo para ouvir integrantes do mercado financeiro sobre uma possível substituição do peemedebista pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia. De todos os interlocutores, ouviram que Maia será muito bem recebido pelo capital, desde, é claro, que mantenha a equipe econômica e o compromisso com as reformas. Os investidores fizeram questão de ressaltar, nas conversas, que o melhor seria Temer não criar dificuldades para a troca de comando do país e fazer uma transição tranquila, de forma a passar segurança aos agentes econômicos. Assessores de Temer tiveram que ouvir, textualmente, que o tempo de Temer já se esgotou.

O mercado acredita, inclusive, que a troca de governo se dará, sem traumas, nos próximos 30 dias. Inclusive, interlocutores de bancos e corretoras percorreram o Congresso nos últimos dias e perceberam que está tudo praticamente acertado entre os caciques dos principais partidos da base do governo para que Temer saia e Maia assuma o comando do país.

SEM GOVERNABILIDADE – O único passo que está faltando para que a troca de Temer por Maia seja sacramentada é a posição do Centrão, formado por partidos extremamente conservadores e fisiológicos. Mas, dentro desses partidos, mesmos os que ainda se dizem com Temer já admitem que o peemedebista perdeu a capacidade de governar.

Da Alemanha, onde participou da reunião do G20, Temer já mandou sinais de que está ciente de todo o acerto para lhe tirar o comando do país. Mas promete resistir. O problema, ressaltam os articuladores do projeto para levar Rodrigo Mais à Presidência da República, é que Temer não tem mais apoio. Isso, no entender deles, ficará claro durante da votação, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Haverá votos suficiente para a abertura de processo contra o peemedebista por corrupção passiva.

Dentro do Planalto, a avaliação é de que o mercado financeiro está sendo pragmático. Não acredita mais em Temer para tocar o país e fazer as reformas. O apoio ao presidente durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff se esvaiu por completo. Agora, é acreditar que Maia será capaz de fazer uma transição tranquila até 2018.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGTemer volta neste sábado e vai se defrontar com a realidade de sua situação. Se perder na CCJ, se tornará carta fora do baralho. Para retornar o mais rápido possível, viajou em um avião 767 da FAB, que tem maior autonomia e não precisa fazer escalas. Se usasse o Aerolula,  teria de pousar nas Ilhas Canárias, tanto na ida quanto na volta. Detalhe: o 767 consome o dobro do combustível. (C.N.)

12 thoughts on “Banqueiros já avisaram a Temer que é melhor sair sem criar dificuldades

  1. Caro CN … Bom dia!

    Agora, convenceram os banqueiros??? kkk

    Eis o roteiro:
    1 – Michel Temer sai;
    2 – Rodrigo Maia assume;
    3 – STF julga Temer;
    4 – RM tem oportunidade de fazer penitência … rezando em público o Rosário (de preferência na Capela das Aparições no Santuário de Fátima, RJ);
    5 – MT é inocentado por falta de prova em seu período presidencial;
    6 – Acaba o conflito eclesial … iniciado no RJ … e finalizado no RJ.
    7 – Fim do Treino do Juízo Final!!!

    Abração do Lionço Ramos Ferreira.

  2. Não só os morros estão dominados pelas bancas do tráfico, mas também o país pelos banqueiros. Confio mais nos primeiros. Beira Mar para presidente para todos locupletarmos!

  3. Ordem dada, sai de fininho pela porta dos fundos, porque você não esta agradando.
    Será que o dito cujo, vai obedecer? Ou vai fincar o pé no barranco e dizer, daqui não saio, daqui ninguém me tira?
    O “meu garoto” já não sabe se morde ou se sopra, nunca mais terá outra oportunidade de ser presidente, dai as juras de fidelidade ao Temer, soam como falsidade.
    Que republiqueta bananeira, em apenas um mandato, 4 anos, 3 presidentes e ainda vão nas reuniões internacionais posar de sérios.
    Só esta faltando, depois de toda esta lambança, um golpe de estado e a coisa descambar para uma ditadura.
    Tinha gente até que sonhava em ver toda a América Latina seguindo a Venezuela chavista, que dá exemplos de democracia até em demasia.
    Como será que vai acabar esta barafunda.

  4. Tudo bem, tudo certo! O homem está pra lá de comprometido. e tem que voar aos cacos! Agora, dar destaque ao consumo das aeronaves, aí já é pura fofoca! Putz! Fora Temer, sim, mas sem comentários sorrateiros…

  5. Perante os senhores da oligárquia finãnceira o executivo deste país é rapariga , o judiciário servil e o legislativo capacho e a mídia subserviente . Os poderes falsamente chamados de constituidos não passam de prostíbulos de baixo escalão

  6. Está provado, não temos um governo soberano, quem manda e desmanda é o mercado financeiro, pode elevar ou destruir qualquer governo, inflação, juros, quem manda são os banqueiros, eles é que ditam os caminhos, com desemprego, inflação alta, reformas, tudo é exigido pelo capital, pobre país que não tem autonomia, não tem um presidente que faça pelo povo.

  7. No tempo das grandes navegações, inventaram a carta a ser dada aos piratas, o título de corsário, absolvendo-os de todos os crimes, desde que lutassem a favor dos países que faziam o procedimento, nada mais como fogo contra fogo, não era nenhuma ação politicamente correta. O mesmo aconteceu com os Intocáveis, para não haver sabotagem no maior ponto aliado de suprimentos na segunda guerra, foram usados 3 mafiosos condenados( não houve nenhum), não foi nada politicamente correto. O melhor é sair desta, pondo no governo pessoas que usem as mesmas armas que estes bandidos.

  8. Sem gastar inutilmente litros e litros de querosene de aviação, o comentário de Robertos sintetizou a realidade do momento em que vive o país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *