Bernardo Cabral bem que avisou sobre a questão da água

A escassez de água tornou-se um problema cada vez mais grave

Vicente Limongi Netto

Hoje, quando a escassez de água tornou-se um tormento para governantes e população, vale recordar que há 18 anos, como senador, palestrante e escritor, Bernardo Cabral já ponderava e alertava sobre o assunto. Dizia ele: “É preciso colocar-se na agenda da humanidade, como questão central, a falta de planejamento e racionalidade no uso dos recursos hídricos, uma constante que começa a ameaçar o abastecimento adequado”.

Como senador, Bernardo Cabral foi relator, em 1997, da lei que criou a politica Nacional dos Recursos Hidricos. Em 2000, foi também relator no Senado da lei que criou a Agência Nacional de Águas. Em 2004, Cabral continuava na sua pregação, no Brasil e no exterior, chamando a atenção para a crise hídrica.  O ex-ministro da Justiça e ex-senador antevia que o Brasil teria imensas dificuldades para lidar com o tema:

“A falta de planejamento e racionalidade no uso de recursos hídricos não é, por certo, uma característica isolada das grandes cidades, mas, sim, uma constante em todo o Brasil, que começa a ameaçar o abastecimento adequado dos vários aglomerados urbanos”, salientava Bernardo, destacando que “a mãe de toda a vida na terra é a água. Dela surgiu a vida. Dela a vida se nutre”.

Cabral tem diversos livros tratando de recursos hídricos , todos com edições esgotadas.

2 thoughts on “Bernardo Cabral bem que avisou sobre a questão da água

  1. Sabe o que mais me irrita?? Sou nordestino, a crise hídrica sempre foi problema por aqui, mas agora que os paulistas estão finalmente encarando o mesmo infortúnio é que se torna uma calamidade pública de nível nacional!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *