Biden mantém vantagem nas pesquisas e é favorecido pelo pequeno número de indecisos

Donald Trump e Joe Biden no último debate presidencial

Donald Trump e Joe Biden no último debate presidencial

Mariana Sanches
BBC News Brasil

Ao entrar no palco para o segundo e derradeiro debate entre candidatos à presidência, o republicano Donald Trump sabia que seria sua última oportunidade de confrontar o democrata Joe Biden diante de eleitores ainda indecisos e produzir alguma mudança significativa na corrida eleitoral.

Na noite desta quinta-feira, 22, o presidente mostrou aos telespectadores uma versão de si mesmo muito diferente do que apresentara há pouco mais de três semanas, em um debate presidencial descrito como “caótico” e uma “experiência de abuso emocional” pela imprensa americana.

O embate ainda teve trocas de acusações duras e inconsistentes e uma evidente animosidade entre os candidatos, mas, de modo geral, o espetáculo assumiu contornos de um debate presidencial americano convencional.

VANTAGEM MANTIDA – A 12 dias da eleição, Biden mantém vantagem de 9,9 pontos percentuais, segundo o agregado de pesquisas nacionais do site FiveThirtyEight.

As primeiras pesquisas feitas ainda na noite do evento com eleitores que assistiram ao programa sugerem vitória de Biden sobre Trump. O Instituto YouGov, por exemplo, deu ao democrata margem de 19 pontos percentuais sobre o republicano. Na prática, essas pesquisas indicam que o presidente não parece ter conseguido gerar um fato capaz de chacoalhar as estruturas da corrida eleitoral.

A tarefa era difícil. Ao contrário do que acontece normalmente no Brasil, em que a eleição vai ganhando atenção nos dias que a antecedessem, o que torna o último debate entre candidatos crucial, a maior parte dos eleitores americanos chega a esse momento com o voto já decidido. Tanto é assim que 46 milhões deles – o que equivale a 1/3 do eleitorado que votou em 2016 – já foram às urnas esse ano, tanto via correio quanto em seções eleitorais que permitem o voto adiantado.

POUCOS INDECISOS – Além disso, de acordo com o agregado de pesquisas do site FiveThirtyEight, o número de eleitores que se declaram indecisos é consideravelmente baixo: apenas 5,7% deles estariam nessa condição.

E em uma eleição altamente polarizada, os estudos mostram que é cada vez mais difícil virar um voto democrata em republicano ou vice-versa. Por tudo isso, as chances do presidente Trump vencer a corrida, que já foram de 35 em 100 há dois meses, hoje estão em 12 em 100, segundo o FivethirtyEight.

One thought on “Biden mantém vantagem nas pesquisas e é favorecido pelo pequeno número de indecisos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *