Blog livre parece ser uma utopia bestial

http://1.bp.blogspot.com/_sQ00yEv9tpk/TVKWj7Lu8UI/AAAAAAAAPps/juXhrLoCND0/s1600/censura-internet.jpgCarlos Newton

Desde ontem à noite,estou perdendo um tempo enorme deletando ofensas de parte a parte? É só sair o nome de Fernando Collor em alguma matéria que a cena se repete, e os protagonistas são incansáveis. Todos defendem a democracia que lhes convém, desde que sua opinião prevaleça. É uma criancice monumental, de um ridículo atroz, praticada por pessoas adultas.

Agora à tarde, tive de atender a uma emergência, saí às 14h50m, só agora estou voltando e me deparo com dezenas de comentários ofensivos, baixarias puras, praticadas por pessoas que orgulhosamente assinam seus nomes ou usam pseudônimos.

É desagradável, mas a internet funciona assim. É preciso que haja alguém de plantão, o tempo todo, 24 horas por dia, para moderar os comentários, ou mantém-se uma censura prévia, como faz a grande maioria dos sites, liberando a posteriori apenas os comentários que nos interessem.

Infelizmente, não posso ficar preso ao computador. Agora mesmo, tenho de sair novamente, só volto dentro de uma hora. O que vai acontecer? Não sei. Quanto a ter censura prévia, prefiro fechar o blog. É uma medida simples, racional e necessária, para que eu deixe de perder meu tempo e pare de desperdiçar o tempo de vocês.

42 thoughts on “Blog livre parece ser uma utopia bestial

  1. CN que tal um blog livre de brigas ? De fato, a grande maioria dos blogs tem mediador e eu não vejo isso como censura defesa, mas uma forma de auto defesa dos textos postados. Experimente por algumas semanas e não se preocupe com o nº de visitas, audiência etc. É o que na Literatuera chamamos o prazer de Ler e Escrever … com mediação. Não importa se o meu comentário vai sair só daqui a uma semana ou um mês, o que vale é a matéria que originou o meu comentários. Abraços em todos. A vida é impermanente, os blogs também.

  2. ” É só sair o nome de Fernando Collor em alguma matéria que a cena se repete, e os protagonistas são incansáveis. Todos defendem a democracia que lhes convém, desde que sua opinião prevaleça. É uma criancice monumental, de um ridículo atroz, praticada por pessoas adultas.”

    Certamente a tua opinião acima, Newton, é altamente discutível porque se colocas o nome do senador Collor nas matérias postadas, evidente que comentaremos sobre ele, e não serão palavras elogiosas que, pelo que denoto, elas não te agradam.
    Agora, ser criancice as críticas seguidas que eu desfiro contra o ex-presidente quando mencionado pelo blog – não elaboro textos onde ele não seja a reportagem ou citado -, então esta tua reprimenda é sem sentido, e digo mais:
    Tendenciosa porque não comentaste uma linha sobre o Limongi, causador da tua perda de tempo, pois sequer o mencionaste, mas te queixaste de quem respondeu ao caluniador os seus insultos, razão pela qual não aceito a tua indignação contra os ofendidos e sequer mencionas o ofensor.
    Espírito de corpo?
    Interesses profissionais, haja vista Limongi estar lotado no gabinete do senador Collor?
    Ou segues a mesma linha, de querer chamar à atenção de quem não tem as costas quentes, e isentas o mau elemento, aquele que verdadeiramente te faz perder um tempo enorme com as suas besteiras e idiotices?
    O teu recado acima é um contrassenso, a contradição explícita, diante de uma posição que tomas em defesa de uma liberdade de expressão que tu mesmo confundes, razão pela qual o despautério de indivíduos que se acham no dever de publicar o que querem, independente de normas de educação e respeito.
    Aonde deixas a tua observação ao Limongi ou se trata de um inocente, que foi alvo de comentários ridículos e atrozes, menos os dele, pelo que eu percebo, Newton?
    Ora, bolas, quer dizer que és contra comentarmos sobre o senador em tela porque Limongi não quer, Limongi não gosta?!
    Limongi fica ensandecido e queres dar razão a ele porque surta, ofende, agride, insulta, calunia e difama?
    Queres estipular uma linha de atuação nossa para a Tribuna, ou seja – “evitem críticas a fulano e sicrano porque tem gente que perde as estribeiras e com razão” -, é isso que queres dizer ou está implícito nesta tua advertência, que deixa a desejar porque parcimoniosa, protegendo um colega que tanto te prejudica, diante da tua omissão de poupá-lo de qualquer recriminação, diferente do que fizeste comigo e demais comentaristas?
    A Internet se torna desagradável porque tem indivíduos desagradáveis, por favor!
    Da mesma forma que esta mensagem que registraste, de ser extremamente desagradável porque reclamas que o nome do senador assim que publicado, “a cena se repete, os protagonistas são incansáveis”.
    Quem são esses protagonistas e qual a cena que se repete, Newton?
    Os críticos ao senador ou os insultos do mal educado Limongi?
    A cena seriam os comentários do teu colega jornalista, ode à bajulação ou as respostas que o desrespeitoso Limongi recebe pelos seus ataques?
    Ou não queres mais que nos reportemos sobre o senador em respeito a quê?
    Ao Limongi?
    Ao teu sossego?
    À tua perda de tempo, que tens depois para deletar os textos ofensivos que o colega publica?
    Ou em respeito ao senador, que não merece as críticas que lhe endereçamos, no teu entendimento?
    Devias ser mais claro, pelo menos em respeito aqueles que sempre pautaram pelo enaltecimento à Tribuna mediante um comportamento ilibado e compromisso de contribuir, ajudar o blog, e não a desvirtuá-lo como faz o Limongi que, mais uma vez, sai imune do episódio, ileso, um inocente agredido, e te voltas contra nós ou a mim, que mais escreve contra Collor de Mello.
    Se achas que os comentários sérios sobre o ex-presidente Collor são “criancices”, eu gostaria de saber – certamente a maioria dos comentaristas – como classificas os “textos”de Limongi, pois em razão de não tê-los mencionados devem ser, na tua ótica, bem escritos e com excelentes conteúdos!
    Bom, nessas alturas, se te queixavas da perda de tempo, lamento, mas esta tua reprimenda foi mais um tempo perdido desnecessariamente, pois bastava que pedisses desculpas pelo péssimo comportamento de Limongi no TEU BLOG, menos ter chamado à atenção dos convidados que frequentam a tua casa porque presenciaram e também foram alvos das diatribes e obscenidades do teu colega jornalista!

    • Caro Bendl, creio que o Carlos está se referindo muito mais às ofensas pessoais (de baixo calão e inteiramente desnecessárias) que foram trocadas entre os comentaristas do que aos comentários sobre o Fernando Collor.
      Não importa que se esteja atacando ou defendendo uma pessoa citada em uma notícia, o blog é feito para a troca de opiniões, mas se espera de pessoas adultas um mínimo de maturidade e boa educação ao se dirigirem umas às outras.
      Ofender à distância, protegido ou não pelo anonimato, é muito fácil, coisa de quem não tem coragem de sustentar as opiniões frente à frente com o outro.

      • Prezado Wilson,
        Não entendo quando alguém se indispõe contra a maioria em defesa de políticos e política, algo que me foge à compreensão.
        O mais grave é a forma como o agressor entende que está sendo um fiel amigo do criticado, como se explicasse e justificasse as ofensas e agressões, palavras de baixo calão e expressões chulas, e tal comportamento deletério fosse a comprovação desta amizade ou fidelidade, nessas alturas absolutamente questionável a maneira escolhida como demonstração de afeto!
        Enfim, ontem foi um dia desgastante porque percebemos – pelo menos eu, e acredito que os demais comentaristas – que o ser humano não mede as consequências de gestos insanos quando entende que a violência se faz necessária, no lugar de contestar a crítica de maneira racional e inteligente, e se perguntar se vale a pena granjear tantas inimizades em favor de parlamentares e suas condutas questionáveis e invariavelmente contrárias aos anseios da população.
        Um abraço, Wilson.

  3. É simples: não cite mais Fernando Collor que o Limongi para de ter chiliques. Ou então adote uma medida mais racional, se for inevitável falar desse calhorda: bloqueie o nepote.

  4. Realmente Carlos Newton,
    Sua tarefa é por demais espinhosa.Tenho visto tantos comentários absurdos,alguns creio que não são mentirosos deliberadamente,mas sim por absoluta falta de informação e TOTAL desconhecimento dos fatos.Por isso sempre lhe aconselhei ter um cadastro completo dos comentaristas,para que a responsabilidade civil e penal,lhes sejam imputadas e não ao responsável pelo Blog.Ha casos que necessitam de instauração de processos.Com que facilidade se ofende a honra de pessoas,que jamais foram protagonistas de episódios citados.Quanta ignorância,quanta baixaria,quanto desconhecimento de fatos relativamente recentes.Lamentável que um espaço tão útil venha ser transformado num valhacouto de ressentidos e complexados.

    • Está havendo falha de conhecimento da História … reconheço que comento assuntos polêmicos; p.orém, sempre forneço o link – até chego a abusar copiando a matéria.

      Caro CN … não tem como bloquear só quando o senhor se ausenta?

      Abraços

    • Prezado Werneck,
      Respeitosamente não me considero um ressentido e complexado, basta leres os meus comentários ao longo de três anos e um pouco mais escrevendo para este blog.
      Muito menos escrevi textos que fossem caluniosos ou difamatórios, ao contrário, eu os recebi com uma certa quantidade por parte de alguns comentaristas, inclusive de Limongi, que não está sendo citado e não entendo por quê!
      Registro esta observação pelo que mencionaste ao final do teu comentário que, por eu não me julgar frustrado ou algo que o valha, manifesto-me declarando que, se pensas de mim desta forma, lamento, mas estás enganado a meu respeito, pois sempre escrevi realçando a admiração que tenho por ti, Dr.Béja, Newton e demais comentaristas, e jamais poupei elogios a quem entendo merecer as minhas reverências, como de resto jamais fugi de uma peleia quando provocado, tentando respondê-la com elegância e educação – incisivo – mas respeitoso.
      Assim, percebo que estou sendo o causador de cizânias, menos o ofensor, o caluniador, o difamador, que me surpreendem certas advertências e aconselhamentos ao mediador como se nós fôssemos – eu, no caso – a maioria de irresponsáveis, e que deveríamos ter uma ficha no blog para possíveis medidas cíveis e/ou criminais!
      Não precisa tê-la o Limongi, pelo que denoto, observo, mas aqueles que respondem aos insultos e agressões porque ressentidos e complexados.
      Errei, Werneck?
      Entendi mal o teu comentário?
      Não era para mim a tua mensagem ou era especificamente quanto ao meu comportamento neste episódio lamentável?
      Por favor, mereço consideração pela minha idade, 65 anos, pelo menos em razão de eu ser um sexagenário ou também a faixa etária não conta mais?
      Meus respeitos, Werneck.

  5. E agora, a meu ver, um dado importante, às vezes me pergunto: vale a pena contribuir financeiramente para ficar lendo agressões as mais diversas? Esclareço, sou um colaborador ($$$) eventual justamente porque penso: “pagar para ficar lendo palavrões?”

  6. Absolutamente,Bendl.O meu prezado amigo está totalmente enganado.Minha admiração por você é imensa.Digo isso sempre ao Carlos Newton.Você jamais se escondeu no anonimato.Referi-me a umas postagens feitas,hoje,por um comentarista sobre um crime lamentável ocorrido em Brasília,e que ele,acredito,menos por maldade,mas sim por TOTAL FALTA DE CONHECIMENTO DOS FATOS,CITOU PESSOAS QUE TINHAM A VER COM O OCORRIDO E OUTRAS QUE NADA TINHAM SEQUER A MAIS LEVE RELAÇÃO COM O FATO.Parece que o Newton,já deletou ALGUNS DOS REFERIDOS comentários.Este comentarista por sua total irresponsabilidade,deveria ser processado civil e penalmente pelas pessoas injustamente caluniadas.
    Por você meu amigo,continuo seu grande admirador.
    Grande abraço,
    Werneck

    • Werneck,
      Muito obrigado pela deferência.
      O teu esclarecimento está sendo muito útil a respeito de uma decisão que pensarei muito esta noite, pois a tua resposta às minhas questões não só me honraram como me deixaram extremamente alegre pelo que registraste.
      Reitero, meu caro, meus protestos de estima e consideração por ti, colocando-me à tua disposição permanentemente.
      Um forte abraço.

    • Só essa frase ja basta. “Todos defendem a democracia que lhes convém, desde que sua opinião prevaleça.
      Fui.
      Godis Naitis., como diria o Grande Mussum…

  7. Conclusão: as pessoas que se conhecem muito bem são as maiores sangues-de-barata que existem, pois não se ofenderão com nada…..kkkkkkkkkkkk Essa foi muito boa……

  8. Nomes por favor … Nunca usei do anonimato. Dessa forma a generalizacao se torna injusta e o unico santo se torna o real agressor . A amizade bloqueando a razao. Quem escreveu sobre esse fato se me recordo foi o Dr.Ednei a quem muito respeito e por ser psiquiatra talvez entenda melhor as motivacoes das baixarias e ameacas contumazes desse senhor que ja mandou a saudosa Dorothi lavar as partes intimas com criolina.

    • Pois é, Virgílio, até parece encantamento!
      Olha, a título de me defender, observa que há várias postagens com o Collor na capa que não comento.
      Agora, quando vejo rasgados elogios sobre ele, tento escrever as verdades a respeito do ato mais violento que tivemos, então o início das ofensas pela falta absoluta de argumentos contrários.
      Enfim, viremos a página e seguimos em frente, com a cabeça erguida, lógico, privilégio para simples mortais que somos, meu caro.
      Boa Noite.

  9. Millôr Fernandes : ” Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim. ”
    OBS : Prezado CN, veja por esse prisma, aqui na Tribuna o comentário é livre e só às vezes você precisa intervir. No Antagonista, também não existe censura prévia e aquilo é uma sucursal do inferno. Um festival de baixarias, xingamentos entre os comentaristas, mentiras, roubos de nicks , links para sites pornográficos, etc. Estamos bem para um site livre.

  10. Bendl , eu nao sou localizavel ? Quanto as possiveis providencias legais , todo mumdo e localizsvel se alguem acha que ha sigilo na internet e porque nao a conhece. Os IPs deixam mais rastros que o petrolao , se usarmos os programas certos teremos uma precisao de um metro e o nome do servidor e do assinante.
    Isso usando os navegadores atuais pois eles mostram apenas 1/10 da internet.
    Com determidados navegadores podemos atingir os outros 90 % que nos leva a um mundo de terror , onde ha desde pedofilia, vendas de cartoes de credito e ate trafico de criancas e cadaveres.
    Por isso fazer uma ficha de identificacao e um anacronismo infantil.

  11. Gente! Pra que se preocupar com Fernando Collor?
    Nosso foco agora é outro. Fernando Collor perto do MULLA 9 DEDOS, DA DILMANTA E DOS PETRALHAS não passa de um réles trombadinha, um ladrão de galinhas primário que aplica a grana do roubo na compra de brinquedinhos de luxo.
    QUEM ESTÁ NOS DESGRACANDO É ESSE MALDITO GOVERNO PETRALHA QUE TEM QUE DERRUBADO CUSTE O QUE CUSTAR!

  12. A policia judiciaria ja esta de alerta , para evitar ate o que aconteceu com o pai dele que assassinou a tiros um colega do Congresso.
    Em breve ele pode sucumbir ao anonimato das muralhas.

    • Pior ainda, assassinou por engano, mirou no senador Silvestee Pericles de Goes Monteiro e acertou o senador José Kairala, Lque não tinha nada a ver com a briga.

  13. Bom dia ! Como sigo a linha do Libertarismo, acho que o Sr. Newton, não deveria se preocupar em deletar ofensas e brigas. Acredito até que elas devem ser deixadas como prova, caso a pessoa atingida, queira denunciar ou processar o caluniador, agressor. A pessoa que se sentir ofendida, caluniada, deve recorrer a Delegacia de Crimes da Internet, ou acionar judicialmente e resolver a questão lá. Se todos fizerem isso, esses animais vão começar a pensar 1.000 X antes de teclar merda na internet. #FICADICA

  14. Olha, Vicente,
    Não deverias abandonar o blog, mas a tua conduta quando inflamada, apenas isso.
    Aceito o teu recado, e não sigo adiante com o processo que eu iria impetrar contra as tuas ofensas, pois também não me leva a nada, salvo incomodação e desgaste, apesar de, às vezes, necessário.
    Observa como seria muito mais fácil a participação na TI se escrevesses desta forma, e não dando as tuas cacetadas porque reflexivas, elas te voltam contra ti, indiscutivelmente.
    A tua experiência, os teus conhecimentos sobre os bastidores da política seriam muito bem-vindos para os debates, então segue em frente, e vamos nesta caminhada tentar melhorar o Brasil conforme aquilo que dispomos, que é este espaço democrático para criticarmos ou apoiarmos medidas governamentais corretas, honestas e de acordo com os clamores populares.
    E vou levar em muito em conta as palavras de Hélio Fernandes a teu respeito pois, da minha parte, o assunto está encerrado em definitivo.

  15. Gente … estou muitíssimo feliz … se ninguém acusar ninguém – não haverá Juízo Final!!! e todos iremos nos encontrar em Casa de Papá do Céu!!! ALELUIA!!! !!! !!!

  16. Pedro Rios,
    Pois é este recado que tenho deixado sempre com relação ao mandato de Collor quando presidente da República.
    O trabalhador, o cidadão brasileiro, foram prejudicados sobremaneira com esta medida, indiscutivelmente.
    Ora, defender o atual senador pelos males que praticou, só pode mesmo causar indignação, vamos e venhamos.
    Limongi concluiu que exagerou, tudo bem, não somos perfeitos, mas deve se controlar, policiar-se, pois, desta forma, a sua presença na TI será sempre contestada.
    O importante é que são águas passadas, e temos de seguir em frente, então que tenhamos um dia bom, agradável e produtivo.
    Um abraço, Pedro.

    • Uai sô! O gênio escreve ipsis litteris que “esse negócio de ofensa não ecziste” (très chic , il est pas?) e depois diz melindrado que num é bem assim, sô? Si num sabe brincá, não desce pro playground….
      Brog também é curtura….kkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *