Bolsonaro admite que pode faltar a debates mesmo liberado pelos médicos

Jair Bolsonaro (PSL) durante entrevista coletiva Foto: RICARDO MORAES / REUTERS

Bolsonaro se reuniu com a bancada de seu partido, o PSL

Marco Grillo e Jussara Soares
O Globo

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, admitiu nesta quinta-feira a possibilidade de não comparecer aos debates no segundo turno por questões de estratégia política , mesmo que seja liberado pelos médicos para participar. Adversário do capitão da reserva, Fernando Haddad (PT) tem cobrado a participação de Bolsonaro nos encontros, mas a equipe médica desaconselhou a presença no último debate do primeiro turno, na TV Globo, e no encontro que estava previsto para esta quinta-feira, na TV Bandeirantes.

— Existe a possibilidade sim, por estratégia. Estou vendo o Haddad desafiando agora: “Quero que você diga o que fez em 28 anos no parlamento”. Eu responderia para ele: “Não roubei ninguém, Haddad” — disse Bolsonaro.

DOIS DEBATES – Inicialmente, a campanha de Bolsonaro trabalhava com a possibilidade de ele ir a dois encontros no segundo turno: os organizados pela Record e pela Globo .

O candidato do PSL ironizou a mudança de logotipo da campanha adversária, que trocou o vermelho do PT pelo verde e amarelo da bandeira brasileira . Bolsonaro chamou Haddad de “camaleão” e pau mandado, ao citar as visitas do petista ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba.

“Vou debater com um cara que nem poste é. É fantoche e pau mandado, age como camaleão. Eu vi o Haddad falando em família, em Deus. Eu fico com vergonha. Ele está cumprindo à risca o que o Lula manda ele falar: “Haddad não é de esquerda, Haddad é de direita”. Haddad agora quer posse de arma de fogo. Bem-vindo. Tomara que ele tenha sido curado de verdade, não só por um tempo. Dizem que bandido não se aposenta, tira férias. Haddad está de férias”.

EXTREMA-DIREITA – Ao responder a uma pergunta que citava uma declaração de Marine Le Pen, que afirmou não considerar Bolsonaro de extrema-direita, o candidato do PSL concordou com a tese:

— Eu não sou de extrema-direita. Sou admirador do (Donald) Trump. Ele quer a América grande, eu quero o Brasil grande.

O candidato do PSL participou de uma entrevista coletiva que durou 30 minutos em um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Antes do encontro com os jornalistas, ele se reuniu com a bancada federal eleita pelo PSL.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGBolsonaro está se recuperando bem e deveria comparecer aos dois debates finais. Iria se muito divertido, porque ele se comportaria como fez no Jornal Nacional, quando bateu pesado em William Bonner e Renata Vasconcelos, deixando os dois sem saber o rumo de casa. Haddad seria uma presa fácil, porque representa o que há de pior na política – a corrupção. (C.N.)

22 thoughts on “Bolsonaro admite que pode faltar a debates mesmo liberado pelos médicos

  1. Pessoalmente, eu acredito que ele deve ir. Tá s[o fazendo uma média.

    “Em 2006, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disputava a reeleição, deixou de participar, no primeiro turno, do debate promovido pela TV Globo. Ao lado da cadeira vazia de Lula, os então candidatos do PSDB, Geraldo Alckmin, do PSOL, Heloísa Helena, e do PDT, Cristovam Buarque, encontraram a porta aberta para duras críticas ao petista. Lula foi chamado pelos adversários de “corrupto”, “traidor” e “covarde”.

    Três horas antes do início do debate, Lula justificou sua ausência em carta enviada à emissora. Para o então presidente e líderes petistas, não participar do debate seria menos arriscado do que virar alvo de todos os adversários. “Não posso render-me à ação premeditada e articulada de alguns adversários que pretendiam transformar o debate desta noite em uma arena de grosserias e agressões, em um jogo de cartas marcadas”, alegou Lula, na carta.”

    Artigo completo:
    https://fatoonline.com.br/noticia/53061/contexto-lula-e-dilma-tambem-faltaram-a-debates-durante-campanha-eleitoral

  2. A essa altura do campeonato debater é inútil, visto que está mais que sabido pelo povão as posições de ambos candidatos.
    Acho que Bolsonaro não deve ir a debate algum.

    “Debater com bandido é se igualar a ele.”

    • Não há condenação, portanto, não há criminoso.
      Só o juiz, através de uma sentença, e no caso de recurso, desembargadores, como também quando a competência originária for do tribunal, será alterado o status de inocente para culpado.

  3. Heil Bolsonaro.

    Não tem o que dizer. A diferença intelectual entre Haddad e Bolsonaro é abissal. Bolsonaro devia comparecer aos debates. Não vai perder as eleições por isso mas vai evidenciar sua imbecilidade mais ainda.

    Heil Bolsonaro.

  4. Fora de tópico… mas só para que os senhores vejam PARA ONDE o Brasil está indo:

    “A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (11) três mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão em Porto Velho nas operações Pé de Borracha e Morada do Sol. Estão sendo investigadas pessoas ligadas ao PCC, uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios.
    A Polícia Federal diz que os envolvidos do PCC estariam planejando ataques em seis cidades do Brasil, incluindo a sede do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), em Brasília.

    O grupo investigado é composto por chefes da facção que estão no presídio federal de Porto Velho. Três mandados estão sendo cumpridos dentro da penitenciária e um em uma residência na capital de Rondônia. Medidas cautelares também estão sendo utilizadas, como a proibição de visitas íntimas.

    Segundo a PF, foi identificado que os criminosos buscavam desestabilizar o Sistema Penitenciário Nacional com a ameça do uso de explosivos, para terem reivindicações atendidas.

    TORTURA
    Os criminosos também planejavam o sequestro, tortura e assassinato de agentes públicos para pressionar o Governo Federal e o Supremo Tribunal Federal (STF) permitirem as visitas íntimas, que foram suspensas nas penitenciárias federais em julho de 2017.

    Ainda de acordo com a PF, esses criminosos trocam bilhetes através de ‘teresas’, cordas criadas com fios de roupas, e os deixam com subordinados, que os repassam para suas companheiras ou irmãs, durante visita íntima. As mulheres ficam responsáveis por digitalizar e mandar os bilhetes para integrantes de outra facção.

    Nesta manhã, três dos líderes, que já estão presos, serão mandados para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). Além disso, agentes da PF em Porto Velho realizam buscas nas celas dos três homens custodiados na penitenciária federal e na casa onde as mulheres envolvidas no esquema estão hospedadas.

    Segundo a Polícia Federal, 10 mulheres estão sendo investigadas, cinco delas têm envolvimento com homens que estão na Penitenciária Federal de Porto Velho (RO), duas com detentos da Penitenciária Federal de Campo Grande (MS), uma com homem do Sistema Penitenciário Estadual do Rio Grande do Norte e uma com detento da Penitenciária Federal de Catanduvas.”
    (G-1)

    -É esse tipo de bicho que o PT e os seus partidos cooptados defendem!

  5. Um debate entre o poste do 51 e o capitão seria mesmo memorável. Mas o resultado poderia ser muito ruim par ao poste, porque ele aposta tudo na troca de “ideias”, ideias que não são dele, são do presodente. Esta pretensa cultura do poste do 51 vira pó frente à realidade dos fatos, da roubalheira, da corrupção, do desemprego e da recessão, fruto dos desgovernos pestistas. Ele consegue negar estes fatos? Não, não consegue

  6. Para mim, debate é uma discussão de duas ou mais pessoas, com o fim de debaterem opiniões a respeito de um assunto. Um só indo, deixou de ser debate. Melhor que se cancele tudo.
    Acho que Bolsonoro deveria ir. Deveria exigir uma mesa com duas cadeiras para ambos.

  7. Peraí, esse negócio tá mal explicado. A reportagem da Istoé (ou Quantoé) afirma que o Haddad responde a 32 processos, e depois assevera que ele é réu em dois processos. Há uma diferença enorme entre ser objeto de denúncia do Ministério Público e ser réu. O Ministério Público pode perfeitamente, como tem feito, ao agir politicamente, formular denúncias sem respaldo probatório, acusar sem provas, e o juiz rejeitar a denúncia. Pelo conteúdo da própria reportagem só há denúncias aceitas pelo Judiciário em 2 das 32 acusações. O Ministério Público pode acusar sem provas o quanto ele quiser, o que importa são as denúncias aceitas pela Justiça. Muitas vezes o juiz ou juíza rejeita a denúncia elaborada pelo Ministério Público, como foi o caso da juíza do Sul que rejeitou a denúncia inepta do MP contra o reitor da UFSC.

    https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/08/justica-rejeita-denuncia-contra-reitor-da-ufsc-acusado-de-ofensa-a-delegada.shtml

    • Não só o Ministério Público pode acusar sem provas. Qualquer um pode…
      Só o problema há que, no caso do particular, a maquina estatal parece ser mais exigente do que quando a ação é movida pelo Parquet. Aliás, mesmo as declarações qualquer que sejam, se de noticiante vítima ou testemunha, quando ele possui a qualidade de agente público, confrontadas com indivíduo(s) sem esta qualidade, de agente público, vemos o odioso racismo/discriminação judicial em ação: basta a palavra de um agente contra tantos sem essa qualidade que veremos alguém fichado, indiciado e denunciado.
      A denúncia ser recebida é outra história. Depende do juiz que está do outro lado. O que estudei é que o Judiciário tem a função de garantidor da Justiça.

      • Mas na teoria tudo é belo.
        Na prática… Tem muito juiz que não lê todo o processo, apenas a peça acusatória e, às vezes, o relatório policial, e recebe a denúncia, repetindo o que o ministério público disse – e no caso do Moro dizendo além.

  8. O povo já tá cansado do PT e suas mentiras. Não há mais o que debater com essa canalha que destruiu o Brasil.

    Bolsonaro será muito ingênuo em participar desse tal debate que só favorecerá o mentiroso, que já está vencido pelos fatos que seu próprio partido criou quando desgovernou o país.

    Que cada um fale o que quiser no seu tempo de TV e ponto final.

    • Depois de ver as ponderações dos comentaristas da Tribuna, concluo:

      -QUE NINGUÉM VÁ AOS DEBATES, já que agora cada candidato terá o mesmo tempo na tv para falar e apresentar o que quiser!

      -Que a Rede Esgoto arranje outra forma de conseguir audiência e de competir com o Youtube, com o Facebook e com a Internet…

  9. Bolsonaro foi perfurado três vezes: Em 06/09 (facada), 06/09 (primeira cirurgia) e 28/09 (segunda cirurgia). Ou seja, foi reoperado há apenas 13 dias. Médico nenhum do mundo (mormente os cubanos que eu sempre apoiei, pois a ONU os aprovou e até os EUA muito os respeita!) permitiria tal stress para este paciente nestas hipóteses. Mas Haddad insiste, dizendo que vai na enfermaria e vai até na casa do Bolsonaro, o qual está não apenas submetido ao stress da facada mas também da própria eleição. E que tempo teve Bolsonaro para se preparar psicologicamente e fisicamente para estes debates após a facada? Nenhum. Foi ao primeiro e o venceu dignamente e não humilhou ninguém. Agora, tenta aos trancos e barrancos, gravando aos pouquinhos algumas frases, dizer algo para seus eleitores não desanimarem na campanha (nesse ponto, ele é um soldado muito digno!). Mas a grande verdade é que não está existindo paridade concreta de condições. O Haddad deveria ser mais compreensivo, inclusive com o Estatuto do Idoso, e parar com estes constrangimentos todos. Ele tem a imprensa todo dia para dizer o que quer, o que faz, o que fez e o que pode.

  10. Debater com um poste pode ser considerado indício de desvario. As propostas do Bolsonaro o eleitor já conhece: combater a corrupção; combater a corrupção e combater a corrupção.
    Bolsonaro não tem motivos para parecer bonzinho com os corruptos. Bolsonaro tem de ser malvado com eles, é o que seus eleitores esperam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *