Bolsonaro amplia ameaça à Folha e anuncia boicote a produtos de anunciantes do jornal

Resultado de imagem para bolsonaro na portaria do alvorada"

Na portaria do Alvorada, Jair Bolsonaro volta a atacar a Folha

Gustavo Uribe
Folha

O presidente Jair Bolsonaro ampliou as ameaças à Folha e disse nesta sexta-feira (dia 29) que boicota produtos de anunciantes do jornal. Ele ainda recomendou à população não comprá-lo. “Eu não quero ler a Folha mais. E ponto final. E nenhum ministro meu. Recomendo a todo Brasil aqui que não compre o jornal Folha de S.Paulo. Até eles aprenderem que tem uma passagem bíblica, a João 8:32. A imprensa tem a obrigação de publicar a verdade. Só isso. E os anunciantes que anunciam na Folha também.”

“Qualquer anúncio que faz na Folha de S.Paulo eu não compro aquele produto e ponto final. Eu quero imprensa livre, independente, mas, acima de tudo, que fale a verdade. Estou pedindo muito?”, disse, em entrevista na porta do Palácio do Alvorada, diante de um grupo de apoiadores.

LICITAÇÃO – A declaração foi dada após a reportagem questionar Bolsonaro sobre a decisão da Presidência de excluir o jornal da relação de veículos nacionais e internacionais exigidos em um processo de licitação para fornecimento de acesso digital ao noticiário da imprensa.

Ao ser indagado se estaria defendendo um boicote à Folha, ele respondeu: “Já dei o meu recado”.

Edital de pregão eletrônico publicado nesta quinta-feira (28) no “Diário Oficial da União” prevê a contratação por um ano, prorrogável por mais cinco, de uma empresa especializada em oferecer a assinatura dos veículos à Presidência. A lista cita 24 jornais e 10 revistas. A Folha não é mencionada. O pregão eletrônico, marcado para 10 de dezembro, tem um valor total estimado de R$ 194 mil: R$ 131 mil para jornais e R$ 63 mil para revistas.

GALINHEIRO – “Olha, a Folha de S.Paulo não serve nem para forrar aí o galinheiro. Olha só, eu estou deixando de gastar dinheiro público”, disse o presidente na mesma entrevista desta sexta-feira.

O edital da Presidência prevê, por exemplo, 438 assinaturas de jornais, sendo 74 de O Globo e 73 de O Estado de S. Paulo. Em relação às revistas, a exigência é de 44 acessos digitais à Veja, 44 à IstoÉ, além de 14 à Carta Capital. Também estão no edital veículos internacionais, como o The New York Times e o El País.

“O governo federal age contra os princípios da moralidade e impessoalidade que devem nortear a administração pública. Com a atitude, agride toda a imprensa brasileira, e não apenas a Folha”, diz Taís Gasparian, advogada da Folha.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
É deplorável e primária a atitude do Presidente da República. Desmentir uma ou outra informação de um órgão de imprensa é coisa normal, mas fazer campanha para destruir um jornal importante como a Folha é um ato nitidamente ditatorial. Justamente por isso, procurada pela Folha, a Presidência da República ainda não informou o motivo da ausência do jornal no processo de licitação e o critério técnico adotado. O silêncio
 demonstra que não existe explicação. O pior é que esse tipo de atitude prejudica a imagem do Brasil no exterior, sem a menor dúvida, como diz Rodrigo Maia, se referindo aos investidores estrangeiros . (C.N.)

47 thoughts on “Bolsonaro amplia ameaça à Folha e anuncia boicote a produtos de anunciantes do jornal

  1. NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – É deplorável e primária a atitude do Presidente da República. Desmentir uma ou outra informação de um órgão de imprensa é coisa normal, mas fazer campanha para destruir um jornal importante como a Folha é um ato nitidamente ditatorial. Justamente por isso, procurada pela Folha, a Presidência da República ainda não informou o motivo da ausência do jornal no processo de licitação e o critério técnico adotado. O silencia demonstra que não existe explicação. O pior é que esse tipo de atitude prejudica a imagem do Brasil no exterior, sem a menor dúvida, como diz Rodrigo Maia, se referindo aos investidores estrangeiros . (C.N.)

    Não percebi essa contundência nem quando os celerados ptistas (lula e dilma inclusos e enquanto mandatários) e apaniguados invadiram e depredaram o grupo globo, certo mesmo é o estado de paz celestial que os pmdbstas tem com a empreça.

  2. Qual foi a atitude ditadorial do presidente? Dizer que ele mesmo não vai mais comprar nada anunciado na Folha? E recomendar que outros façam o mesmo?

    A Folha virou um panfleto de mentiras e de esquerdismo descarada, mente descaradamente e conta com o apoio corporativista do resto da mídia. Inclusive com o editor deste blog.

    A Folha já ultrapassou e muito o sinal vermelho da ética e moralidade, mas a mídia em geral fica caladinha sobre isso.

  3. A mágoa do editor deste blog, devido ao fato de Bolsonaro não ter seguido a linha nacional desenvolvimentista que ele achava que o governo ia seguir, está tirando a capacidade de análise do mesmo, é visível a mágoa deste editor, o que nunca é um bom sinal.

  4. Tá certo qualquer pessoa em não comprar nada de alguém que o difama o tempo inteiro.

    Não tô nem aí para o presidente, me interessa o desempenho econômico do governo, mas que a imprensa age irracionalmente contra ele , pelas suas redações serem de esquerda, isto é fato incontestável.

  5. Bolsonaro foi eleito para exercer este tipo de poder. Fazer exatamente o contrário do que o PT fazes. Isso é democracia. Está cumprindo seu mandato exatamente como seus eleitores querem.

  6. Suprema baixaria, covardia, mesquinharia, torpeza, estupidez, canalhice, de um presidente que se diz democrático. Bolsonaro passará. Graças a Deus. A Folha de São Paulo permanecerá viva, atuante , isenta e altiva.

  7. E a confusão em Alter do Chão , hein rapaz? Um dos 4 ativistas que o Barbalho livrou da cadeia é filho de um figurão da Globo de SP!
    Gustavo de Almeida Fernandes é filho do Hélio Fernandes Junior. Por isso o coroné do Pará correu para abafar o caso. Mudou até o delegado que investigava. Assim na mão grande, sem explicação, no meio do inquérito.
    * O CN pode dizer se o tal Hélio tem parentesco com o do Rio, mas eu acho que não.
    Mato a cobra e mostro o pau: https://www.conjur.com.br/dl/prisao-preventiva1.pdf

    • E esse caso é velho, já tinha sido mostrado na mídia, que os espertos botaram fogo no mato pra tirar fotos, eu na minha ingenuidade acredito que até não fizeram por má fé, e nem em local perigoso e possivelmente de pequena monta e que foi apagado rapidamente por eles mesmos, mas que fizeram essa besteira fizeram pois tem o vídeo circulando com os próprios se justificando. Se queriam propaganda conseguiram

  8. -Quanto a opinião dele, ele sempre falou o que lhe dá na telha, o que a maioria dos políticos pensa, mas não tem coragem de dizer.
    -Quanto a licitação, é preciso ver a legislação.

    PS: ontem vi em uma banca de jornais, um pacote plástico com 3kg de Folha de São Paulo por apenas 17 reais.
    Segundo a capa do pacote, deveria ser utilizado para o “pet” urinar e xxx.
    Mas deve também prestar para forrar o piso, no caso de pintura.

  9. Eu só leio o New York Times. Mas leio por necessidade pois sonho em ser embaixador do Brasil nos States. E acho um sonho normal já que uma besta foi nomeada ministro do STF sem nem mesmo ter capacidade para ser coveiro. Eu, pelo menos, sei fazer hamburguer!

  10. É deplorável e primária a atitude de quem apoiou o bozo e hoje, hipocritamente, diz-se surpreendido.
    Ele está fazendo tudo que sempre disse que faria
    Beleza, os governos que virão depois farão o mesmo..
    Sem mimimi.

  11. É para lá de contra-senso, e é caso de má fé, Bolsonaro e os bolsonaretes que frequentam ou não esta TI , dizerem que a Folha de São Paulo distorce notícias em desfavor do presidente, e daí, numa suposta retaliação, o presidente vai recomendar às bolsonaretes que não assinem nem comprem ou anunciem na Folha de São Paulo. Alguns (algumas) bolsonaretes mais exaltados (as), chegam a falar que a Folha de S. Paulo emite fake news para derrubar o presidente.

    Esta não é a história da Folha, que é um jornal investigativo sério, como se nota abaixo. Quem precisa ser bloqueado são os criminosos-laranjas do PSL , sejam eles bivaristas ou bolsonaristas, porque continuam fazendo o ilícito das “rachadinhas” e crimes afins, como uso de dinheiro público desviado em candidaturas laranjas.

    Vamos cotejar a investigação da Folha de S. Paulo logo abaixo, reportada na TI , com as baixarias ditas contra a Folha de S. Paulo por Bolsonaros, bolsonaretes e outros partidários de uma extrema-direita mentirosa :

    Excerto da reportagem de hoje da Folha de S. Paulo;

    “No dia 11, um dia após a publicação da reportagem, a empresa, no endereço constante na Receita Federal, amanheceu de porta aberta. Numa sala pequena com duas mesas, não havia máquinas para impressão em larga escala. No imóvel informado na Receita, localizado no número 345 da avenida Santos Dumont, há um café instalado no térreo e um espaço para aulas de reforço. Ao ser questionada, a empresa, por meio do advogado, não informou onde o material da candidata havia sido rodado.

    REPASSE – No dia 13 de fevereiro, a Folha revelou ainda que Bebianno liberou R$ 250 mil de verba pública para a campanha de uma ex-assessora, que repassou parte do dinheiro para uma gráfica registrada em endereço de fachada. Já no dia 14 de fevereiro, a Folha mostrou que uma gráfica de pequeno porte de um membro do diretório estadual do PSL foi a empresa que mais recebeu verba pública do partido em Pernambuco nas eleições —sete candidatos declararam ter gasto R$ 1,23 milhão dos fundos eleitoral e partidário na empresa da cidade de Amaraji, interior de Pernambuco”.

  12. Otavio Frias (o publisher), deve estar gritando do túmulo: O que fizeram com o jornal que eu tornei o melhor do país enquanto eu estava vivo? Aquele que tinha o rabo preso só com o leitor?. Agora comentário meu, quem em sã consciência compraria algo de um inimigo declarado, que vai usar o valor recebido dessa venda para comprar armas para atacá-lo, destruí-lo? Acho que ninguém!

  13. O homem é atacado dia e noite. Agredido com matérias tendenciosas de grupos e mais grupos da mídia tradicional, dentre os quais, com bastante destaque, vários pontos à frente, está a dona Folha. Outro político não faria o que o presidente Bolsonaro faz. Usaria de linguagem polida, leia-se gordas verbas publicitárias.
    Os ataques cessariam, imediatamente, como de fato cessavam e em páginas e páginas seria decantado em versos e prosa.
    Estamos atentos. Chega desse papo furado e reiterado de procurar apontar defeitos sem a responsabilidade de apresentar soluções.
    Todos diziam que Bolsonaro não seria eleito e trabalharam intensamente para isso, inclusive dona Folha.
    Agora, que colha os frutos que plantou, na mesma moeda, longe do “politicamente correto”, com o qual sempre se beneficiaram e praticaram política de terra arrasada no jornalismo.

  14. Não vi até hoje um político que arrumasse confusão com à imprensa e a história terminasse bem. 4 poder! Imprensa livre é FUNDAMENTAL para qualquer democracia. Se ficar até o fim saíra em 2022. Podem apostar !

  15. Não é fácil para aqueles que votaram na esquerda disfarçar o transtorno que a derrota lhes causou.

    Como já escrevi, o esquerdismo é uma religião que, como tal, determina o certo e o errado, independente estar conectado com a realidade dos fatos.
    E uma doença mundial. Incurável.
    Só entra em hibernação, quando seus líderes e sacerdotes estão no poder. para roubar e até matar.

    Se nos EUA, o presidente de lá , que reduziu o desemprego a 3,5%, sofre ataques constantes da esquerda de todos os tipos para derrubá-lo, aqui , nem se fala, ainda mais com o país destruído por essa mesma esquerda e pasmem, quer voltar ao poder para fazer mais.

    • Ps. No quesito religião nada tenho contra as cristãs, embora eu seja ateu, mas nelas ainda sobra lugar para o bem verdadeiro com a filosofia Daquele que a inspirou, o Cristo, em que pregava a melhora da sociedade pelo despertar do amor, da caridade, pelo desapego no indivíduo e não pela mudança de governos ou instituições, como quer o socialismo, pela ilusão de que elas podem melhor o ser humano com sua repressão como se comprovou em países que colocaram em prática o socialismo..
      Só para lembrar, os EUA é Cristão.

  16. A bem da verdade, Bolsonaro colhe o que plantou quando em campanha para presidente, pois afirmava que iria cortar verbas publicitárias principalmente da Globo, e que eram verdadeiras fortunas para que falassem bem do governo.

    Claro que o atual presidente foi quixotesco nessa sua aventura, imaginando que a mídia fosse o monstro que deveria aniquilar, e não o desemprego, a miséria, a pobreza e o endividamento do cidadão para o sistema financeiro.

    Mal aconselhado, mal orientado por assessores medíocres, Bolsonaro não foi devidamente alertado que precisaria muito da imprensa, ainda mais em início de governo, e para diminuir os rótulos que trouxe consigo quando eleito.
    Teimoso, burro, as cartas que tinha na mão nem o jogador mais frio e calculista apostaria contra a mídia, ainda mais do tamanho da Rede Globo.

    Resultado:
    Os Marinho tiveram a solidariedade dos demais veículos de comunicação, e o presidente jamais teve paz na sua administração até os dias de hoje.
    O bombardeio de críticas, comentários incisivos, ironias, acusações, denúncias, impedirão qualquer medida de satisfação popular, pois a teimosia de Bolsonaro o fará cada vez mais se manter distante da imprensa, logo, devemos pensar que haverá muito mais dificuldades para o governo federal que os protestos da oposição, haja vista que se somarão aos editoriais dos maiores jornais brasileiros as críticas permanentes e contundentes.

  17. Bolsonaro tem a mente de ditador, a verdade para o presidente é apenas quando elegia seu governo, falar dos seus erros, que não são poucos é mentira.

  18. O Presidente está certo. A Folha que trate de se profissionalizar e com competência vender o seu jornal. Porque precisa de dinheiro público? O governo tem coisas mais importante para utilizar o dinheiro dos contribuíntes.

    • Havia submundo para “quase” tudo, agora sabe-se que há também um submundo de decrépitos amestrados pela ignorância, verdadeiras amebas nefastas, que apóiam qualquer palhaço que lhes exerça algum domínio.
      O limbo do ralo começa a borbulhar….

  19. No auge do regime militar,Único jornal independente era essa tribuna da imprensa,(papel),do jornalista Hélio Fernandes…

    Hélio,nunca cedeu.
    Seus textos eram contundentes contra o regime e o puxa saquismo da Globo..

    Não recebia verba pública dos milicos,para fazer propaganda..

    Porém,alguns milicos mal intencionados,resolveram estrangular o jornal tribuna da imprensa,começaram ameaçar e perseguir os anunciantes do jornal mais lido,mais concorrido,onde só tinha craques.
    Paulo Francys,Sebastião Nery,Carlos Chagas,Tarcísio Holanda,Oliveira Bastos,Pedro Porfilio,CN,e outros..

    Como,se vê,Bolsonaro,reencarna o espírito do mal Medeiros,Ustra cia.

  20. Luiz Fernando, favor incluir-me entre os outros.. da saudosa Tribuna da Imprensa impressa. Tenho, guardo, artigos meus todos cortados pela estúpida censura instalada na redação . Só deixavam os títulos e meu nome. Época de horrores. Hélio preferia deixar os espaços cortados pelos censores, para salientar a censura brutal que o jornal sofria. Mas enfrentava. Nessa linha, o Estadão também sofreu. Optou por colocar poemas ou receitas culinárias nos espaços censurados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *