Bolsonaro avisa que Petrobras perderá mais R$ 30 bilhões nesta segunda-feira na Bovespa

Charge do Jota A. (portalodia.com)

Pedro do Coutto

O presidente Jair Bolsonaro, no final da tarde de sábado, após um culto evangélico em Manaus, afirmou ser inadmissível que a Petrobras obtenha lucros na escala que tem alcançado enquanto os preços dos combustíveis atingem a população do país. Jair Bolsonaro acentuou que, na sexta-feira,  a Petrobras já tinha perdido outros R$ 30 bilhões em valor de mercado com a queda de suas ações na Bolsa de Valores.

Hoje, segundo ele, perderá outros R$ 30 bilhões. O valor de mercado da Petrobras, vale frisar, está subestimado. Uma empresa que atua no campo da consultoria econômica, segundo revelou a GloboNews na tarde de sábado, calculou o valor de mercado da empresa em R$ 403 bilhões. Na minha opinião esse valor é muito baixo. Basta dizer que são na realidade US$ 30 bilhões.

QUEDA DAS AÇÕES – Comparado com o que Elon Musk ofereceu pela compra do Twitter, US$ 44 bilhões, não é nada. Mas o assunto Petrobras no Brasil ganhou contornos impressionantes, a começar pela fala do presidente da República que antecipou a queda das ações da principal empresa brasileira hoje no mercado e acrescentou que a perda de hoje será decorrente do anúncio da instalação de uma CPI que ele pediu ao presidente da Câmara, Arthur Lira, para investigar de onde vem os lucros da Petrobras.

A CPI investigará o que Bolsonaro chamou, na tarde de sábado, de atuação da Petrobras Futebol Clube. Para Bolsonaro, já há número suficiente na Câmara para a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito. A CPI também examinará o fato de não serem tributadas as exportações brasileiras de petróleo bruto, enfoque assinalado pelo deputado Altineu Côrtes, líder do PL na Câmara. No O Globo, a reportagem é de Dimitrius Dantas e Mariana Muniz. Na Folha de S. Paulo, reportagem de igual importância de Ítalo Nogueira e Nicola Pamplona.

ACIONISTA – Surpreende em tudo isso a iniciativa escolhida por Bolsonaro para atingir a Petrobras através de uma CPI do Poder Legislativo. O presidente da República, digo, não levou em consideração que o governo federal é o principal acionista da empresa e, como tal, tem todas as condições de investigá-la e examinar seus balanços, contas, compromissos, exportações e importações.

Não há necessidade de CPI, medida legislativa, uma vez que o Bolsonaro é o chefe do Executivo e pode determinar a auditoria das contas da Petrobras. Impressiona também o fato de Bolsonaro ter praticado um lance que afeta a rentabilidade do seu próprio governo que tem na Petrobras um dos seus braços mais fortes.

DIFÍCIL DECOLAGEM –  Reportagem de Lauriberto Pompeu, edição de sábado, o Estado de S. Paulo, revela que tanto o MDB quanto o PSDB, teoricamente bases partidárias de Simone Tebet, encontram-se divididos na luta pelos governos de 16 Estados e mais Brasília entre Lula da Silva e Jair Bolsonaro. A matéria apresenta a relação dessas divisões.

O MDB de Simone Tebet está apoiando Lula nos Estados de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pará, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Piauí e Amazonas. Ao que se refere ao alinhamento com Bolsonaro, pré-candidatos aos governos de Roraima, Acre, Rio de Janeiro, Paraná e Brasília encontram-se alinhados com o Planalto.  

As divisões do PSDB são também expressivas. Os tucanos caminham para ampliar Lula em Alagoas, Maranhão, Pará e Rio de Janeiro. Em Mato Grosso do Sul, estado de Tebet, o candidato do PSDB Ricardo Riedel disse estar fechado com Bolsonaro. O presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, acha que Simone Tebet crescerá e será a grande novidade da eleição.

Mas, as tendências partidárias não acreditam nesse caminho e como revelou Lauriberto Pompeu já se articularam com Lula e Bolsonaro, deixando Tebet sem espaço. O Globo publicou também sobre a aproximação dos candidatos com Lula e Bolsonaro através de uma reportagem de Gustavo Schmitt e Sérgio Roxo.

22 thoughts on “Bolsonaro avisa que Petrobras perderá mais R$ 30 bilhões nesta segunda-feira na Bovespa

    • O principal acionista da Petrobrás é o Governo Federal, alem de ficar com a maior ftia dos assaltos praticados, é ele que nomeia o presidente e os conselheiros da referida Empresa.
      As pessoas Jurídicas de direito Público internos são civilmente responsáveis por atos de seus agentes que nessa qualidade, causem danos à terceiros.
      Art. 37 da Constituição. Perante isso, querendo abrir a CPI da Petrobrás, estaria Bolsonaro fazendo mea-culpa com o objetivo de purgar alguns pecados e com isso, limpar sua barra perante Jesus Cristo? Acredito que não.
      Será que Bolsonaro é insano suficiente para querer investigar a si mesmo e todo seus parceiros? Acredito que não.
      Portanto, isto de CPI e todo seu piti, é mais im jogo de cena, puro marketing.
      Na realidade, com tais lucro e o recebimento dos dividendos, com certeza esta em êxtase, pois sabe que não faltarão recursos para bancar Emendas do Relator, Orçamento Secreto e seu Cartão Corporativo.
      Estes saltimbancos com seus espetáculos já não enganam mais a maioria dos cidadãos, continuam s enganar apenas um punhado.
      No passdo, os coiotes assaltaram os cofres da Empresa, hoje, as raposas usam a Empresa para surrupiar os brasileiros de forma direta e indireta.
      Vamos lembrar, que a inflação de dois dígito que hoje corroe a vida de grande parte dos brasileiros, foi criada pelo próprio governo através dos reajustes de Tarifas administrada pelo mesmo, para comprar e bancar a estrutura que o protege no Poder, mesmo que seu governo seja nefasto.

  1. Que caiam as ações e que o governo compre todas elas na baixa e que a Petrobras seja 100% do povo brasileiro, por razões óbvias e ululantes.

  2. O povo olha para a situação dos combustiveis e o que vê? Vê Bolsonaro lutando sozinho para baixar o preço dos combustiveis.

    Petrobrás faz algo? Não! Faz ao menos pelo social? Não?
    Governadores apoiam? Não! Fazem algo? Não!
    Imprensa apoia? Não! Faz algo? Não!
    PT, PSOL e Aliados apoiam? Não! Fazem algo? Sim, votam contra!

    No final da história, quando o governo vencer este embate (e vencerá!) o povo vai dar crédito a Bolsonaro. Verdade seja dita, o Presidente da camara esta apoiando e fazendo algo e isso também será lembrado em outubro.

  3. Primeiro: CPI NUNCA resolveu nada.
    Segundo: Todos parlamentares gostam de CPIs. Durante semanas ganham holofotes, fazem pronunciamentos bombásticos e são aplaudidos.
    Terceiro: Depois de algum tempo o barraco perde audiência e interesse e é enterrado = encerrado.
    Conclusão: Neste caso mais uma vez Bolsonaro cria um barraco e sai de fininho como se não tivesse nada com isso.

  4. E pensar que mesmo com esse último reajuste a Petrobrás ainda pratica preços defasados. Imagina se conseguissem privatizar, como querem o mito, o Conje, a Landau, seria como está hoje pra pior.

  5. “Brasil patético: Bolsonaro quer – pasmem – uma CPI para investigar a Petrobrás, que é parte do governo que ele chefia. Bingo. Como explicar? Tentarei: o sujeito mata o pai e a mãe e depois, no júri, pede clemência por ser órfão!” (Lenio Streck, jurista

  6. Senhores, não estou falando em causa própria. Meu trabalho sempre foi na área de produção e se a Petrobrás contratar hoje aqui no Brasil, obras on/offshore, só gerará trabalho no chão de fábrica nos estaleiros, daqui a aproximadamente três anos e como já tenho 73, estarei com 76 anos e se não estiver do outro lado, provável não ter colocação no mercado, mesmo com minha experiência.
    Falo pelos Milhares de soldadores, montadores, carpinteiros, pintores, engenheiros, e etc. que hoje sub empregados, entregam quentinhas ou são motoristas de aplicativos, vivendo em sub escravidão.
    As obras que foram para o exterior, são financiadas pelos construtores e serão pagas com óleo no futuro próximo. Todo o $$$ que a PB não usa, vira lucro e é por isto que hoje aparece este lucro astronômico. No governo petista, mesmo tirando os desvios, grande parte era em produção de plataformas, gasodutos (hoje doados), oleodutos e investimentos em formação de quadros técnicos nas terceirizadas.
    Se o ‘tosco’ quisesse realmente fazer algo, movia campanha para voltarmos a construir no Brasil. Isto sim, seria Nota Dez. Mas, isto teria um problema ‘para eles’, desenvolveria o Brasil.
    PS: Em Pernambuco, estado sem história de construção naval/offshore, foi construído um estaleiro, o Atlântico Sul, foi construído paralelamente um navio petroleiro e um Lower Hull, casco da plataforma da P-55 que foi levado para Rio Grande, RS para seu término e hoje, 20/06/2022 está contribuindo com a extração de mais de 150000 (cento e cinquenta mil) barris de óleo por dia no pré sal e fora o gás.
    150000 x US$100,00 = US$15.000.000,00 (quinze milhões de dólares americanos por dia e só em óleo.
    PS2: Por favor verifiquem e corrijam se for o caso.
    PS3: Obra, P-55 feita inteiramente por brasileiros e deixando seus salários aqui no Brasil.

    • Concordo, mas parece que muitos não enxergam essa obviedade.
      A lava jato, em vez de só punir os culpados (pessoas físicas), acabou com empresas. Isso foi bom para poucos e ruim para muitos.

  7. O presidente da Petrobrás renunciou ao cargo nesta manhã.
    A pressão por CPI soprada pelo Bolsonaro contra uma empresa do governo, portanto, tiro no pé e que Arthur Lira, o presidente da Câmara embarcou imediatamente na pressão contra a maior empresa brasileira.
    Com a saída do presidente, reduz a possibilidade de CPI.
    Na verdade, toda essa celeuma é uma tentativa de estancar a perda de votos do Mito,noite causa do aumento dos combustíveis e seus reflexos amargos para a reeleição.
    Estamos vivendo os tempos das diligências, quando o ativismo do Executivo atinge todas as áreas dos Três Poderes.
    Querem ser o xerife, o dono do Banco, da Estação de Trem, do Salão de Jogos, das Forças Federais, enfim, todo aquele cenário dos tempos do Faroeste, só que aqui é o faroeste cabloco.
    Tem até, o mandante do indígenista, que o xerife diz, que foi ação individual do facínora, sem relação com o esquema do garimpo e pesca ilegal do Piracuru para a Colômbia e da exportação de madeira nobre para a Europa.
    Essa grita toda da Petrobrás serve para dois objetivos: Reeleição e a morte do Bruno e Dom que tomou conta do noticiário.

  8. Um vírus na volúpia para manter sua existência mata seu próprio hospedeiro.
    É exactamente isso que ocorre com Bolsonaro e sua turma no Poder.

  9. A candidatura Simone Tebet não consegue avançar, nem mesmo no seu Partido, o MDB.
    Se nem mesmo, o timoneiro das Diretas Já, o deputado Ulisses Guimarães conseguiu unir o MDB, quando se candidatou a presidente e foi abandonado pelos caciques estaduais, principalmente em São Paulo, com a traição do então governador Orestes Quercia.
    Sinceramente, acho muito difícil a decolagem dessa candidatura, que está presa na pista sem combustível e autorização da política de pesos e contrapesos.

  10. Grato Pedro do Coutto. Gostaria de entrar em contato com o senhor em função de uma pesquisa que faço sobre a professora Olympia do Couto, primeira normalista do Brasil.

  11. Só lembrando que lucros e dividendos distribuídos aos acionistas incluí a União Federal, a maior acionista da empresa.

    Portanto, o que o Governo Federal está fazendo é lesando a empresa com sua caçada às bruxas lançando discursos com objetivo de causar dano à imagem impactando nos valores das ações e futuramente vender a tese de que melhor privatizar… quando as ações voltam então a subir.

    É preciso ficar de olho em quem está ganhando nessas horas.

    Como maior acionista, a maior parte dos 100 bilhões em dividendos foi para União, que poderia ela própria com a verba subsidiar preços menores…

  12. Assisti a entrevista do programa Roda Viva da última segunda feira, disponível no YouTube, do sertanista Sidney Possuelo, aos 82 anos, em plena forma na defesa dos povos indígenas.
    Sidney trabalhou com os irmãos Vilas Boas e foi presidente da FUNAI no governo do presidente Fernando Collor.
    Sidnei entregou sua medalha de Honra ao Mérito pela defesa dos Índios, logo após Bolsonaro receber a mesma medalha. Possuelo argumentou, o absurdo, depois do presidente afirmar que a nossa Cavalaria foi incompetente em comparação com a Cavalaria dos EUA, que teria exterminado os indígenas americanos.
    Acho que vale a pena assistir o que o sertanista disse ao longo do programa.
    A mais importante foi a afirmação, já comprovada cientificamente sobre a ação das comunidades indígenas na preservação da floresta em pé, com os ventos rebatendo no paredão congelado da Cordilheira dos Andes e provocando as chuvas no Sudeste e no Sul.
    A morte do jornalista Dom e do sertanista Bruno foi um recado das quadrilhas e dos mandantes do bárbaro crime hediondo, com requintes de crueldade, que ninguém deverá impedir o faroeste, a devastação da área no entorno do Rio Javari.
    O objetivo ali, é ganhar muito dinheiro com exportação de madeira, garimpo, pesca ilegal, grilagem de terras e comércio de Armas e Drogas.
    O Estado brasileiro abandonou o seu papel de preservação da Lei e da Ordem e do combate sem tréguas ao tráfico de drogas.
    É praticamente impossível, que os pistoleiros, facínoras miseráveis, tenham agido por livre iniciativa. O Pelado, bandido covarde e mentiroso mudou de versão três vezes. Então, como os investigadores podem afirmar, que ele agiu em carreira solo.
    Será que pensam, que somos idiotas, que não sabemos contar dois mais dois?
    Tudo indica, que não irão atrás dos mandantes, porque não interessa ao governo, em época de eleição.
    Lamentável sob todos os aspectos.
    O Brasil vai perdendo sua identidade em velocidade avassaladora. Estamos ficando violentos e sem alma humana. E ainda falam em Deus, em vão. Estão muito longe da cristandade. Parece até, que crêem, com a repetição a toda hora do nome do criador, venham angariar votos dos evangélicos na corrida eleitoral.

  13. Na maioria dos crimes de pistolagem, há uma regra básica: siga o caminho do dinheiro.
    Somente numa minoria de crimes passionais ou praticados por psicopatas, essa regra fica descartada.
    No assassinato covarde do indígenista Bruno e do jornalista Dom, há indícios de cenário de faroeste. Lembro então, de dois filmes específicos: O Homem que Matou o Facínora e Terra Sem Lei.

    Sempre está em jogo, o comércio ilícito, voltado para o garimpo de ouro, grilagem de terras, roubo de gado ou cavalo e abastecimento de água.
    O manda chuva da área, rico e truculento, não admite perder dinheiro, logo, manda eliminar qualquer forasteiro, que ameace os seus negócios. Nos filmes de faroeste, o xerife, o juiz, os donos de salões, o banqueiro, todos são indicação deste coronel da aldeia. Quem for contra seus métodos ou é enforcado ou assassinado pelos capangas.
    É no mínimo, brincar de investigar, insinuar, que um traficante peruano, mandou matar. Também, nessa área, um poderoso, que não aparece na foto, puxa os cordéis do tráfico.

    O que acontece na bacia do Rio Javari, o clima de vale tudo por dinheiro, não é de hoje. Mas, se sentiram a vontade para executar, na certeza da impunidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.