Bolsonaro compartilha vídeo com famosa frase atribuída a Mussolini

Charge do Simanca (chargeonline.com.br)

Mariana Carneiro e Guilherme Seto
Folha

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilhou no domingo, dia 31, um bordão popularizado na Itália por Benito Mussolini e fez com que o ditador fascista chegasse à lista de assuntos mais comentados do Twitter.

“Melhor viver um dia como leão que cem anos como cordeiro”, publicou Bolsonaro. Durante o período em que o movimento fascista teve mais força na Itália, entre as décadas de 1920 e 1940, um dos bordões entoados por Mussolini e seus seguidores era o que foi compartilhado por Bolsonaro —no original, “meglio vivere un giorno da leone che cento anni da pecora”.

VÍDEO – A mensagem aparece no final de um vídeo compartilhado por Bolsonaro em que um senhor italiano esbraveja e diz que a “liberdade vale mais do que a morte” e que “a liberdade não tem preço”. Em contraste com a mensagem que conclui o vídeo, o senhor exalta Gennaro Capuozzo, um menino que foi herói da resistência italiana contra a Alemanha nazista, e pergunta quantos italianos morreram combatendo os nazistas.

“Em 1 minuto o velho italiano resumiu o que passamos nos dias de hoje”, legendou Bolsonaro. No livro “La Forza del Destino: storia d’Italia dal 1796 a oggi”, Christopher Duggan escreve que o bordão “Melhor viver um dia como leão que cem anos como cordeiro”, assim como outros popularizados por Mussolini, como “crer, obedecer e combater”, foram pintados em muros de toda a Itália no período fascista.

POLÊMICA – Ainda que a origem da frase seja incerta, sua apropriação pelo movimento fascista foi amplamente documentada. Com a publicação da mensagem por Bolsonaro, o termo “Mussolini” chegou aos trending topics do Twitter.

Neste domingo, dia 31,  dia em que o presidente compartilhou a mensagem nas redes sociais, apoiadores de Bolsonaro e manifestantes em defesa da democracia entraram em confronto na Avenida Paulista.

ESTOPIM – Em entrevista à CNN Brasil, o secretário-executivo da Polícia Militar de São Paulo, coronel Álvaro Camilo, afirmou que pessoas que portavam bandeiras de cunho neonazista entre os apoiadores do presidente foram o estopim do tumulto nas manifestações. Em 2016, o presidente norte-americano, Donald Trump, retuitou a mesma frase que Bolsonaro, e por isso foi alvo de críticas.

8 thoughts on “Bolsonaro compartilha vídeo com famosa frase atribuída a Mussolini

  1. ” Durante a tomada de Montese houve uma homenagem singular prestada a três soldados brasileiros que, em missão de patrulha, ao se depararem com toda uma companhia do exército alemão, tendo recebido ordem para se renderem, se recusaram e morreram lutando. Como reconhecimento à bravura e à coragem daqueles soldados, pela forma como combateram, os alemães os teriam enterrado em covas rasas e, junto às sepulturas colocado uma cruz com a inscrição “drei brasilianischen helden” (três heróis brasileiros). Eram eles – Arlindo Lúcio da Silva, Geraldo Baeta da Cruz e Geraldo Rodrigues de Souza , existe hoje no pátio de formatura do batalhão a qual pertenciam um monumento que os reverencia.”
    WIKI

    Esses, eram os militares de ontem. Antifascistas.

  2. Este nosso Brasil “véio de guerra”, anda mesmo na base do: “Se cercar é hospício mas se cobrir, vira circo”.
    As “famosas” torcidas organizadas dos times de futebol paulistas, foram convocadas para denunciar o governo Bolsonaro como fascistas.
    Pelo mensageiro, já se imagina o conteúdo da mensagem.
    É aquela velha história, passarinho que acompanha morcego, dorme de cabeça pra baixo.

    • O presidente Jair Bolsonaro publicou um vídeo em sua página no Facebook que cita uma frase popularizada pelo ditador fascista Benito Mussolini.

      A gravação mostra um idoso italiano gritando sozinho na rua que “a liberdade vale mais que a morte”. Em determinado momento, o manifestante solitário diz: “É melhor um dia como leão do que 100 como ovelha”, frase que já existia antes do fascismo, mas que foi propagandeada por Mussolini em sua escalada autoritária.

      Ao fim do vídeo, a sentença é reproduzida em português, com uma pequena variação na tradução: “É melhor viver um dia como leão que cem anos como cordeiro… Mais vale morrer lutando com honra pela liberdade do que ficar escondido sem a coragem de ajudar seu país”.

      Além disso, Bolsonaro escreveu que “o velho italiano resumiu o que passamos nos dias de hoje”. A mesma frase de Mussolini também já havia sido citada por Donald Trump durante a campanha eleitoral de 2016.

      https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/64970/bolsonaro-publica-video-em-italiano-com-frase-usada-por-mussolini

      • Que coisa ! Vou ter parar de comer Pão italiano. Ouvi dizer, que Mussolini adorava pão italiano; vou pedir também para minha parar de “citar” Mussolini, e não me chamar mais de bambino (ele usava esse termo).

  3. O General Ramos disse que comparar Brasil com a Alemanha nazista é no mínimo inoportuno e infeliz, porem pelas manifestações do Comandante, aqui referidas, não me parece IMPRÓPRIO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *