Bolsonaro disputa com covid-19 para ver quem ganha o troféu do vírus mais perigoso.

Bolsonaro e o coronavírus

Charge do Duke (dukechargista.com.br)

Vicente Limongi Netto

O falante ministro-general Eduardo Ramos, que chefia a Secretaria de Governo, repudia golpe militar. Mas alerta, como quem sabe o que diz, para a oposição “não esticar a corda”. Trocando em miúdos, o governo namora com um golpe faz tempo. Dependendo de Bolsonaro, o noivado já estaria formalizado e o casamento seria para ontem. Aliás, o presidente adora participar e incentivar movimentos inconstitucionais, favoráveis ao fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal.

Bolsonaro está avançando o sinal nas redes sociais, ao incentivar apoiadores para que extrapolem o limite da civilidade. Com o coronavírus matando brasileiros por minuto, dizimando famílias, Bolsonaro mandou a população invadir postos de saúde e hospitais, para verificar e filmar se o vírus realmente mata com tanta intensidade.

FESTAS E AGLOMERAÇÕES – Ainda de quebra, o presidente da República desmoraliza normas e leis de condomínios, permitindo e incentivando festas, bagunças, bebidas e aglomerações. O chefe da nação parece que só dorme feliz no dia que xinga, ameaça e insulta jornalistas.

O “mito” não sossega o facho.  Segue atropelando o bom senso como caminhão desgovernado. Por ele, o repugnante ministro da Educação trocaria reitores como bem entender. Para o super-homem de plantão no Alvorada, o uso da máscara de proteção contra o coronavírus é uma bobagem atroz. Bolsonaro também despreza esclarecimentos e a importância da Organização Mundial da Saúde. Essa é a tônica da cartilha presidencial.  Só presta quem concorda e acha graça das parlapatices dele.

DISPUTA DO TROFÉU – Mete os pés pelas mãos no trato com os governadores. Manda o Ministério da Saúde esconder e divulgar números da pandemia. A população não pode saber a verdade. Precisa continuar atordoada. Acusou o ex-ministro Luis Mandetta de inventar números.

Na visão do presidente, o comércio já estaria aberto faz tempo. Síntese: Bolsonaro disputa com a covid-19 para ver quem ganha o troféu do vírus mais perigoso.

6 thoughts on “Bolsonaro disputa com covid-19 para ver quem ganha o troféu do vírus mais perigoso.

  1. Olha aí o James Pimenta e o Marcelo, dois coitados radicais bolsonaristas que não têm quaisquer argumentos ou capacidades para debaterem o assunto do artigo. Então levam para o lado pessoal tentando desqualificar o autor do texto. Que papelão ridículo, héin?!

  2. O BOLSO-VIRUS compete com o Covid-19, como antítese ou farsa, Enquanto o Covid-19 mata 70% de velhinhos. estes mesmos velhinhos deixarão de receber a aposentadoria, Pela ação do BOLSO-VIRUS, o caixa da Previdência será reforçado.

    Posemos afirmar que,,, a farsa só se repete como história

  3. Marco Antonio Villa alerta que está em preparação um golpe que lembra muito o de 10.nov.1937, com a decretação da ditadura do Estado Novo.
    Realmente não acredito nem um pouco no sucesso de uma aventura desse tipo. O mundo hoje é totalmente diferente, na época, era mais fácil contar nos dedos aonde existia democracia, ditadura era o que não faltava, dá para citar pelo menos umas 5 de memória, começando pelo nazismo na Alemanha, o fascismo na Itália e também em Portugal e Espanha, a ditadura comunista de Stalin e várias outras que nem vale a pena citar.
    Levando-se em consideração a estupidez do Bolsonaro eu não duvido que essa seja a verdadeira intenção desse boçal. Só que o buraco hoje é muito mais embaixo, prá começar não vejo nenhuma potencia internacional que apoiaria uma maluquice dessas. Muito menos apoio financeiro/economico. Popular também não, duvido que passaria de uns 20% da população e pelo menos uns 50% seriam ferozmente contra.
    Uma tentativa dessas seria muito mais parecida com a do tresloucado militar espanhol que em 23.fev.1981 tentou dar um golpe fechando o Congresso espanhol. Foi um ato que caiu no ridiculo e a partir daí a democracia na Espanha só se fortaleceu.
    No fundo já estou até torcendo que um idiota bolsonarista faça um ato tresloucado desse, para mim, a chance é muito maior de termos um novo 1981 do que um 1937. Aí sim seria um motivo mais do que suficiente para colocar todos esses insanos para fora do poder, aliás motivos é que não faltam já na atual situação.

  4. OPOSIÇÃO COVARDE;DESAFIEM ESTES GENERAIS ,PAGUEM PARA VER ,DESAFIE-OS.A COMEÇAR PELO PRESIDENTE TODOS COVARDES.JÁ PASSOU DA HORA DE ACABARMOS COM AS FORÇAS ARMADAS NESTA CRISE ESTÃO SERVINDO PARA QUE E TAMBEM DESMILITARIZARMOS A SEGURANÇA PUBLICA.

Deixe uma resposta para Juca Valo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *