Bolsonaro diz que hidroxicloroquina o ajudou a se curar da Covid-19 : “Tomei num dia, no outro já estava bom”

“Se foi coincidência ou não, não sei”, diz Bolsonaro sem certeza alguma

Thays Martins
Correio Braziliense

O presidente Jair Bolsonaro fez nesta quinta-feira, dia 30, sua primeiro habitual live após testar negativo para a covid-19. O presidente começou a transmissão agradecendo ter se curado da doença e atribuindo o resultado à hidrocloroquina. “Agradeço primeiro a Deus. Depois o medicamento. A hidrocloroquina. Eu tomei num dia, no outro já estava bom. Se foi coincidência ou não, não sei”, afirmou.

O presidente divulgou que testou negativo para a doença no sábado, dia 25, após ter três testes positivos para a infecção. O primeiro resultado positivo do presidente foi em 7 de julho. Desde então, Bolsonaro disse que começou a tomar a cloroquina. Para isso, o presidente estava fazendo dois exames para monitorar o coração por dia.

COMPROVAÇÃO – A hidrocloroquina tem sido estudada para saber se de fato tem efeitos contra a covid-19. Na semana passada, dois novos estudos apontaram que o remédio não tem eficácia contra o coronavírus e que apresenta riscos de efeitos colateráis, como no coronação e no fígado. Um desses estudos é brasiileiro e foi o maior no país conduzido sobre esse assunto.

30 thoughts on “Bolsonaro diz que hidroxicloroquina o ajudou a se curar da Covid-19 : “Tomei num dia, no outro já estava bom”

  1. Qualquer cidadão pode se candidatar a presidente, o que é uma incoerência por se tratar de uma posição crítica para o país: Uma canetada mal dada pode afetar milhões de brasileiros – para o bem ou para o mal.
    Pois bem, o presidente tem demonstrado em várias ocasiões que não serve nem para lidar com mulas – o homem é genuinamente idiota, burro (burro e mula não cruzam!)
    Verdade é que só apelar para a ofensa não resolve nada. O povo deve ser liderado a rejeitar esse muar antes que ele estrague de vez o país com suas idiotices.

  2. Nosso excelentíssimo presidente testou covid-19 em um dia, no outro tomou seu comprimidinho de hidrocloroquina e no terceiro dia, curado, para manter o seu perfil e histórico de athleta já estava praticando a sua meia flexão diária. Tenha a santa paciência… Realmente imaginei que após Sarney, Collor, FHC, Lula, Dilma e Temer mereceríamos outro ITAMAR FRANCO e me surge Bolsonaro, em quem votei, praticando tudo o que pregou que poria fim em sua gestão. Pobre Brasil.

  3. Aqui, no Brasil, os candidatos deveriam assinar um documento, de valor público, contendo todo o seu pensamento, sua agenda, sobre segurança, educação, saúde e outros itens.
    Caso não cumprisse suas promessas, perderia o mandato.

    O que acontece é que se fala o que quer, a gente vota em cima das propostas e quando assume, o presidente é outra coisa.
    Para mim, isso é fraude eleitoral.

  4. Bom dia , leitores (as):

    Senhora Thays Martins ( Correio Braziliense ) , Senhores Carlos Newton e Marcelo Copelli , acontece que o Presidente Jair Bolsonaro é um ” MENTIROSO NATO ” e de corpo todo , portanto o que ele fala não se escreve , ele continua rindo e debochando do povo Brasileiro , diante dessa crise médico / sanitária porque estamos passando .

  5. Por favor, asistam o vídeo dos médicos do Paraná defendendo o tratamento precoce e tirem suas próprias conclusões. Trata-se de salvar vidas.

    – Itália: 5000% de aumento da venda de cloroquina;
    – Brasil: 800% …
    – Marselha: vidas salvas pelo tratamento precoce;
    – Madrid: idem;
    – Índia: idem;
    – Porto Feliz: idem.

  6. Uma paródia sobre a mais importante obra de Luís Vaz de Camões
    (Que Camões e os portugueses me perdoem, assim como os bem letrados)

    Os Lusíadas, Canto I, estrofe 3

    Cessem do sábio Grego e do Troiano
    As navegações grandes que fizeram;
    Cale-se de Alexandre e de Trajano
    A fama das vitórias que tiveram;
    Que eu canto o peito ilustre Bolsonariano,
    Eu que com a cloroquina estou curando.
    A quem Neptuno e Marte obedeceram:
    Cesse tudo o que a Musa antiga canta,
    Que outro valor mais alto se alevanta: Com duas doses, os vírus desapareceram
    Numa cura que médicos não perceberam.
    .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *