Bolsonaro é avisado da resistência à indicação de Mendonça para o Supremo

O ministro da Justiça, André Mendonça

André Mendonça é terrívelmente evangélico, mas….

Deu na Coluna do Estadão

Jair Bolsonaro já foi avisado: existem resistências no Senado à provável indicação do advogado André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ainda assim, o presidente estaria disposto a correr o risco, porque os laços de amizade dele e da primeira-dama Michelle com o atual AGU são fortes, fundidos pelo hábito de orarem juntos.

Vale lembrar a promessa: Bolsonaro ficou de indicar alguém “terrivelmente evangélico”. Um dos focos dessa resistência a Mendonça está na Comissão de Constituição e Justiça, comandada por Davi Alcolumbre (DEM-AP).

“COURO GROSSO…” – No entorno de Bolsonaro, já há quem defenda um cavalo de pau nos pré-requisitos dos cotados: mais importante do que a opção religiosa, o indicado deve ser alguém com “couro grosso” para suportar o jogo bruto da Corte, por onde passa o futuro do clã e também do governo.

Não é bem esse, até onde se sabe, o perfil de André Mendonça. E fazer uso da Lei de Segurança Nacional contra críticos do presidente não ajuda Mendonça no Senado.

E Alcolumbre é um dos que veem com bons olhos o nome do ex-palaciano Jorge Oliveira, que esteve cotado para a vaga assumida por Kassio Nunes Marques.

TRATORAÇO – Para os defensores de Oliveira, ele tem o “couro grosso”. Como a Coluna mostrou, ele vai relatar ao menos um dos casos do tratoraço no TCU.

Para o major reformado da PM, a falta de um currículo robusto pesou contra lá atrás. Agora, ele adquire o status de ministro do TCU. No meio jurídico, porém, ainda há restrições ao nome dele.

E ainda esperançoso de ser o indicado ao STF, o presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, marcou a escolha das vagas de desembargadores no STJ só em agosto. Mas não precisaria entrar nesse fogo cruzado, se pode ser indicado para o STF em julho, quando Marco Aurélio Mello aposenta.

E o procurador-geral Augusto Aras ainda corre por fora e tem a simpatia de alguns ministros do STF.

6 thoughts on “Bolsonaro é avisado da resistência à indicação de Mendonça para o Supremo

  1. Para ser ministro do STF tem que ser adivogadu, de preferencia com mestrado em Salamanca, ou ser fervoroso discipulo de Mateus ou ser amigo da primeira dama ou ser puxa-saco do PT ou ser primo de um ex presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *