Bolsonaro encosta em Lula, mas quem vence são os indecisos, brancos e nulos

Resultado de imagem para pesquisas charge

Charge do Sponholz (sponholz.arq.br)

Carlos Newton

A revista Veja publica pesquisa realizada pela Ideia Big Data, que confirma levantamentos anteriormente do Ibope, Datafolha e outros institutos, demonstrando que a eleição ainda não começou. A rotina se repete, monotonamente, no mais importante quesito da apuração – a chamada pesquisa espontânea, em que o entrevistador faz a pergunta principal ao eleitor: “Em quem você vai votar?”. Os outros quesitos são todos induzidos, mediante apresentação de listas, e o eleitor então escolhe um nome, são pesquisas de muito menos precisão.

O resultado do Instituto Ideia Big Data é impressionante. Mostra que 43% (quase maioria absoluta dos eleitores) continuam indecisos, e outros 21% já decidiram votar nulo ou em branco. Juntos, são 64%, um índice próximo à maioria de dois terços.

TRADUÇÃO SIMULTÂNEA – Em meu ponto de vista, o resultado da pesquisa espontânea é o único confiável e que deve ser levado em consideração. Mostra que o índice de rejeição à política (brancos e nulos) está dentro do esperado – 21%.

O índice que realmente surpreende e espanta é o número de indecisos, os eleitores que ainda pretendem escolher um candidato e votar nele. São 43%, algo nunca visto tão próximo à eleição.

Aliás, 43% é percentual que indica votação vitoriosa em segundo turno. Se a legislação brasileira não levasse em consideração apenas os “votos válidos”, a eleição de 2018 estaria como séria candidato à anulação, devemos reconhecer que a desmoralização da classe política no Brasil é realmente arrasadora.

LULA EM BAIXA – Outro dado impactante é que, apesar de toda a campanha nacional e internacional pela “vitimização” de Lula, para isentá-lo dos crimes cometidos e transformá-lo em “perseguido político”, a apuração do Ideia Big Data mostra que o suposto candidato petista está em baixa.

A “pesquisa espontânea”  mostra Lula descendo (17%) e Bolsonaro subindo (14%), já em empate técnico. Os demais candidatos, como dizem os turfistas, nem aparecem no photochart – Ciro Gomes tem 2%, enquanto Alvaro Dias, Geraldo Alckmin e Marina Silva empatam na quarta colocação, com 1% cada um. Os demais fazem apenas figuração.

O resultado confirma a tendência de que Bolsonaro, nas atuais condições de temperatura e pressão, deve ir ao segundo turno. Como Lula não será candidato e a própria pesquisa Ideia Big Data calcula que ele conseguirá transferir apenas um terço de seus votos, a outra vaga no segundo turno está em aberto. Então, façam suas apostas.

###
P.S
1 – Na minha Lapa querida, onde trabalhei por cerca de 30 anos na TVE e na Tribuna da Imprensa, houve neste sábado e na madrugada de domingo um formidável ato público, o “Festival Lula Livre”, com apresentações de Chico Buarque, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Jards Macalé, Ana Cañas, Beth Carvalho, Chico César, Noca da Portela, Nelson Sargento, Odair José e mais e mais, como diria Jacinto de Thormes, codinome jornalístico do nosso grande amigo Maneco Muller, o criador da crônica social no Brasil.

P.S. 2Chico e Gil cantaram sua parceria “Cálice”, uma verdadeira obra-prima, composta em repúdio à censura no regime militar. Por sua vez, Odair José cantou sua obra-prima “Eu vou tirar você deste lugar”, e alguns espectadores acharam que ele estava dizendo que iria tirar Lula da cadeia. (C.N.)

10 thoughts on “Bolsonaro encosta em Lula, mas quem vence são os indecisos, brancos e nulos

  1. “Odair José cantou sua obra-prima “Eu vou tirar você deste lugar” ”

    -Realmente, a música é adequada… O ídolo do grupo transformou o Brasil em um
    enorme puteiro.

  2. 1) Pensamento do dia:

    2) Confúcio (551-479 aC): “Quão dignos de regozijos são esses príncipes pais do povo ! Quando um príncipe ama aquilo que o povo ama e não gosta do que o povo não gosta, então é o que se chama pai do povo”

    3) Obrigado Confúcio, o povo gosta de saúde, bons hospitais públicos; ótimos transportes coletivos a preços acessíveis; emprego para todos (as); segurança pública eficiente.

  3. Lula é inelegível e pegará penas adicionais com outros processos que estão sendo tramitados na Justiça.
    Só os tolos, imbecis e lobotomizados ficam enaltecendo o nome de um condenado que arrasou o país por muitos anos.

  4. Lamentável como a classe que se diz “artística” se reúne para fazer um “formidável ato público” em defesa de um ladrão. A presença desse pseudo-compositor, Chico Buarque (pois ele mesmo admite que comprava as letras das canções), não causa nenhuma surpresa. Adora ser vermelhinho, mas ir morar em Cuba que é bom, nem pensar. Como li recentemente, ele e seus comparsas pensam como Marx, governan como Stálin e vivem como Rockfeller, este último, então, como pleno vigor! Hipócritas!!! O mais triste é que essas pessoas têm influência sobre milhões de outras, ou o “gado” como bem definiu Zé Ramalho. Todos os artistas citados estavam lá sabendo do motivo, ou seja, pedir a soltura de um psicopata, alcóolatra e ladrão. Impressionante como a idolatria a esse sujeito cega as pessoas, assim como aconteceu na Alemanha. Tomara Deus que esses comunistas nunca mais assumam o poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *