Bolsonaro entra em avião, é xingado e diz que quem o hostilizou devia andar de jegue

Bolsonaro tira fotos com apoiadores em avião e debocha de críticos no ES

Bolsonora foi fazer campanha no avião e quebrou a cara

Luiza Marcondes
G1 Política

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi vaiado e xingado ao entrar em um avião para cumprimentar passageiros nesta sexta-feira (11) no aeroporto de Vitória, no Espírito Santo. O presidente foi ao estado para uma cerimônia de entrega de casas populares.

Ao chegar ao aeroporto de Vitória, Bolsonaro entrou em um avião da Azul prestes a decolar para Campinas. Um vídeo gravado por uma passageira permite ouvir ao menos três pessoas aos gritos de “Fora, fora, fora Bolsonaro” e “genocida”.

SELFIES COM O MITO – Em outro vídeo, divulgado em uma rede social por Bolsonaro e também compartilhado pelo site bolsonarista “Foco do Brasil”, apoiadores do presidente tiram fotos com ele e o chamam de “mito”.

Ao ouvir os xingamentos do fundo do avião, Bolsonaro debochou dos passageiros que o criticavam: “Quem fala ‘fora, Bolsonaro’ devia estar viajando de jegue”.

A empresa Azul não se manifestou. A concessionária Zurich Airport, que administra o aeroporto, informou que “a visita do Presidente da República, bem como o trajeto da visita, é uma operação mantida em sigilo por questões de segurança”. 

9 thoughts on “Bolsonaro entra em avião, é xingado e diz que quem o hostilizou devia andar de jegue

  1. O imbecil, quebrou todas as regras de segurança da aviação!!

    Com que direito ele faz isso?
    A lei não é para todos?

    A companhia Aérea tem que ser punida.
    O Aeroporto também.

    Será que todos os que se envolvem nesses atos tresloucados do demoníaco bolsonaro, são todos pazuellos?

    Será que ele se acha um Superstar da morte? Já que tem um público de quase QUINHENTOS MIL MORTOS?

    Pelo amor… será que estamos pedindo de joelhos pra que chegue logo esse ditador?

    Tô começando a desconfiar que está sendo engendrada uma imensa concertación entre os três poderes.
    Deixar o maluco brincar de Circo mal- assombrado e congelar as eleições por um bom tempo até ele se cansar de brincar. Enquanto isso a caterva toda promove o maior assalto aos cofres públicos no futuro próximo, que aliás já começou.
    Não tenham dúvidas que o Mensalão e Petrolão será fichinha no pós bolsonaro.

    O arreglo final seria em 2026 ele sairia incólume (com o brasil saqueado) de todas as sacanagens que praticou e vai praticar.
    Não seria uma má ideia, pensando também que os que aí estão, teriam as benesses garantidas sem fazer a menor força.
    Acho que é isso! Vão deixar o maluco brincar de ditador até 2026.

    Quem viver verá…

    JL

  2. Vi as imagens e quase totalidade dos passageiros aplaudiu o Presidente, apenas uma se manifestou de forma contrária. A mídia imparcial e esquerdista diz que o presidente foi hostilizado pelos passageiros.
    Aguenta coração.

  3. Campanha Eleitoral (antecipada) quando devia estar à frente das ações de enfrentamento da Pandemia que já vitimou mais de meio milhão de brasileiros… Crime. Crime. E mais… Crime. Presidente Genocida…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *