Bolsonaro evolui bem e começa a ingerir comida pastosa, diz o boletim médico

Presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, na sexta-feira (8), no Hospital Albert Einstein — Foto: Divulgação/Presidência da República

Bolsonaro despachou sexta-feira com o ministro Tarcísio Freitas

Carlos Newton

O boletim médico divulgado neste sábado relata que o presidente Jair Bolsonaro permanece internado na Unidade Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, sem febre e com boa evolução clínico-cirúrgica. O quadro pulmonar está em regressão e houve melhora dos exames laboratoriais, diz o laudo assinado pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo, pelo clínico e cardiologista cirurgião Leandro Echenique e pelo diretor superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein. Miguel Cendoroglo.

O boletim acrescenta que, devido à evolução da movimentação intestinal e boa aceitação da dieta líquida, hoje foi iniciada uma dieta cremosa, com ótima aceitação. Segue com os antibióticos e a nutrição parenteral (via venosa). Estão sendo mantidas as medidas de prevenção de trombose venosa, realizados exercícios respiratórios e aumento dos períodos de caminhada fora do quarto. Mas, por ordem médica, as visitas permanecem restritas.

BOA EVOLUÇÃO – De forma clara, o boletim da equipe mostra que Bolsonaro vem tendo uma boa evolução, notadamente na parte gastrointestinal, com o começo da alimentação pastosa, última etapa antes de passar a ingerir alimentos sólidos, que melhorarão seu estado geral e fortalecerão sua imunidade a doenças oportunistas.

E dentro da estratégia de mostrar que está à frente do governo, o presidente publicou em rede social neste sábado (dia9) que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, vai anunciar medidas de ‘desburocratização e economia’ para o trânsito.

Segundo o site G1, Bolsonaro mencionou algumas medidas como a ampliação da validade da carteira nacional de habilitação (CNH) e fim da obrigatoriedade de aulas em autoescolas com simuladores. A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que tornou obrigatório o uso de simuladores pelas autoescolas é de 2015.

Sem dar detalhes das mudanças, o presidente também afirmou que “medidas que afetam caminhoneiros serão extintas ou revistas” e falou em simplificação do emplacamento.

13 thoughts on “Bolsonaro evolui bem e começa a ingerir comida pastosa, diz o boletim médico

  1. Boa notícia.

    Todos nós esperamos a recuperação integral do capitão/presidente para que volte a governar o país em buscas de melhores dias para nossa pátria.Assim desejo.

    Abraços

  2. Enquanto isso…

    Na alta cúpula da PGR, a análise sobre a delação de Antonio Palocci é a mesma da turma do MP de Curitiba, que rechaçou o acordo com o ex-ministro: muita conversa, com histórias rocambolescas, e poucos fatos.  

    Ou seja, nenhuma prova.

    https://goo.gl/fpEywH

      • Pergunte a qualquer um se numa equipe de trabalho um dos membros começa a professar posicionamentos contrários à filosofia da empresa se este elemento não será demitido sumariamente.

        O Mourão quase fez o Bolsonaro perder a eleição e depois dela prega tudo ao contrário do que pensa o governo e seus eleitores.

        Ai os inimigos espertamente ficam perguntando: “Por que o vice está sendo boicotado e afastado das decisões do governo? Tadinho que absurdo!”

        Ninguém é tolo muito menos Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *