Bolsonaro insiste em defender “tratamento precoce” e chama de “canalha” os que criticam a medida

Com suas mentiras, Bolsonaro mostra-se tão nocivo quanto o vírus

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender, nesta sábado (10/04), o que chama de tratamento precoce contra a covid-19 e chamou quem critica a medida de “canalha”. No entanto, as medicações como cloroquina, ivermectina e nitazoxanida não possuem comprovação científica contra o vírus.

A primeira, em março, teve o uso fortemente desaconselhado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A declaração do presidente ocorreu durante visita a uma família em São Sebastião, após ter sido questionado por uma das moradoras a respeito das ações do governo contra a pandemia.

“CANALHA” – “Tem muito médico que aplica o tratamento imediato, que é combatido por canalhas. Porque o canalha fala que não serve para nada, mas não aponta alternativa. Deixa o médico trabalhar. O médico tem liberdade para receitar o que ele achar que deve ser receitado com conhecimento e com concordância do paciente”, disse.

O chefe do Executivo reconheceu que ainda não existe medicamento comprovado contra a doença, mas alegou que alguns, por experiência de médicos, têm demonstrado ser válidos.

“Nós sabemos que não tem nenhum remédio com comprovação científica ainda [de eficácia contra a covid-19]. Nenhum; mas tem alguns que a experiência, a observação por parte de médicos, tem demonstrado que é válido. Então deixe o médico em paz, deixe de agir como canalha.”

“CALAR A BOCA” – Bolsonaro aconselhou ainda a quem não tiver remédios opcionais para indicar contra a doença “calar a boca” e deixar o médico trabalhar com as receitas “off label”. Ele voltou a citar como exemplo Chapecó (SC), onde esteve reunido no último dia 7 com o prefeito local, João Rodrigues (PSD). O mandatário elogiou Rodrigues por incentivar o uso do inexistente “tratamento precoce”, o qual disse ter sido o responsável por diminuir casos na cidade. Porém, a cidade catarinense aderiu ao lockdown por 14 dias, além de adotar medidas de distanciamento social, uso de máscara e álcool em gel.

“Esse canalha; se ele não tem um remédio para indicar, cale a boca, deixe o médico fazer o papel dele que eu não sou médico, nem você. Deixa o médico trabalhar. Temos informações de municípios, como estive em Chapecó lá, do prefeito João Rodrigues. Estive lá. Ele faz o tratamento imediato, os médicos têm liberdade, não são perseguidos e o índice de pessoas que vão para o hospital cada vez menor”, completou.

EXEMPLO – Por fim, afirmou novamente que Chapecó deve ser tomado como exemplo pelo resto do país e negou que as UTIS da cidade estejam cheias. Um boletim da Secretaria de Saúde municipal na semana passada mostrou que tanto os leitos de UTI público e privados estavam com 100% de ocupação.

“A imprensa mente quando diz que está tudo cheio lá em Chapecó. Não é verdade. O que está cheio são os hospitais que já existiam. Lá tem um centro de convenção que foi transformado em hospital está lá com dezenas de leitos pronto para receber possíveis paciente e está vazio. Então Chapecó, o João Rodrigues deu certo. Use isso no Brasil, deem liberdade para o seu médico trabalhar”, concluiu.

26 thoughts on “Bolsonaro insiste em defender “tratamento precoce” e chama de “canalha” os que criticam a medida

  1. É o único átimo de tempo que esse lixo deixa de ser CANALHA: quando ele vomita o CANALHA pela cloaca. Mas depois é regurgitado para fossa humana, donde foi expelido!

  2. Te cuida,

    Te cuida com as tuas mentiras, Te cuida, te cuida!

    Resido a 20km de Taquara, RS.
    As mortes nesta cidade BEIRAM CEM VÍTIMAS FATAIS!

    https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/jornal_cidades/2021/03/781352-centro-covid-de-taquara-tem-recorde-de-atendimentos.html

    Parte desta reportagem que te desmente, Te cuida:

    “Os números na cidade do Vale do Paranhana confirmam o que dizem os profissionais e técnicos da saúde. Nesta semana, estavam com o vírus ativo 185 pessoas e 117 pessoas suspeitas aguardavam o resultado.

    Em Taquara já são 78 óbitos confirmados por complicações da doença. Em um comparativo, no dia 25 de fevereiro, haviam 69 casos ativos e 65 óbitos.”

    “Nossos movimentos são para salvar vidas. E o mais importante de tudo é dizer que as pessoas não estão morrendo aqui em Taquara por falta de atendimento, estão morrendo tendo oxigênio, sendo entubadas. Estão morrendo porque a agressividade do vírus no sistema respiratório imunológico das pessoas jovens está sendo muito maior. Não vamos conseguir salvar todas as vidas, precisamos que as pessoas nos ajudem”, afirma a secretária de Saúde.”

    Mais cuidados, Te cuida, com as tuas afirmações, certamente advindas de Bolsonaro, o nosso assassino em massa da população!

  3. Outra mentira tua, Te cuida,

    “Na noite desta quinta-feira, a prefeitura de Santa Maria confirmou 19 óbitos em decorrência do novo coronavírus no município. Até agora, é o maior número de mortes anunciadas em um dia. Com isso, o total chega a 373 mortes de moradores de Santa Maria desde o início da pandemia.”

    https://diariosm.com.br/not%C3%ADcias/sa%C3%BAde/santa-maria-confirma-mais-19-mortes-por-covid-19-1.2315208

    A reportagem acima é de 25 de março de 2021.

  4. Tuia terceira mentira, Te cuida,

    Boletim municipal Coronavírus … – Prefeitura Municipal de Cristal

    http://www.cristal.rs.gov.br › pagina › boletim-municipal-coronavirus

    Informativo Epidemiológico. ATUALIZAÇÃO | 01 de Abril de 2021, 13:53.
    Casos confirmados: 597. Ativos: 61. Residência: 58. Recuperados: 525. Óbitos: 11.

    Esse tipo de falsas informações para uso político da pandemia deveria ser classificado como CRIME!!

    Não custa nada pesquisar, antes de se postar informações sem se constatar a sua veracidade.
    Esta conduta nefasta e nociva não ajuda, pelo contrário, agrava ainda mais a nossa situação frente ao Covid19, pois a mentira está ao lado da pandemia, menos em favor das vítimas fatais, hoje em 350 mil mortos!

    Respeito por essas pessoas que foram imoladas é o mínimo que se deve ter!!

  5. Tua quarta mentira, Te cuida,

    “Circula pelas redes sociais a informação de que a cidade de Chapecó, em Santa Catarina, “zerou as internações por Covid-19” e reduziu drasticamente os casos diários devido ao uso do “tratamento precoce” contra a doença.”

    É #FAKE.

    As mensagens atribuem a redução recente dos casos e mortes diários à adoção do tratamento precoce. Mas a informação contrasta com as medidas tomadas nos últimos meses e a evolução da pandemia na cidade.

    Em 4 de janeiro, a prefeitura decidiu disponibilizar os remédios do “tratamento precoce” nas redes pública e privada. Na mesma semana, houve flexibilização do comércio na cidade. No boletim divulgado aquele dia, havia 645 casos ativos da doença e 127 óbitos.

    Um mês depois, segundo o boletim divulgado em 5 de fevereiro, os números aumentaram: os casos ativos passaram para 1.017, e as mortes, para 143.

    O ápice aconteceu em meados de fevereiro. Na época, o prefeito João Rodrigues (PSD) declarou que Chapecó vivia “o pior momento da pandemia” e estava em estágio de “colapso” na saúde, com 100% dos leitos ocupados.

    No dia 21 de fevereiro, a cidade registrou 5.266 casos ativos da doença, oito vezes mais que em janeiro, e 326 mortes. E, no dia seguinte, a prefeitura adotou medidas de restrição da circulação de pessoas, como toque de recolher e fechamento do comércio e serviços não essenciais.

    O próprio prefeito, em um vídeo em que mostra uma enfermaria vazia em um hospital da cidade, no dia 31 de março, atribuiu a melhora momentânea a essa ação: “Nós fizemos a coisa certa. Nós paramos a cidade por 14 dias. Fizemos o chamado lockdown parcial”. Ou seja, nada de ‘kit Covid’.

    Segundo o boletim desta quinta-feira (8), a cidade tem 489 casos ativos e 550 óbitos.

    https://g1.globo.com/fato-ou-fake/coronavirus/noticia/2021/04/08/e-fake-que-chapeco-zerou-internacoes-em-utis-por-covid-19-depois-de-adotar-tratamento-precoce.ghtml

    Não preciso pesquisar uma por uma das cidades que registraste sem mortes porque usam o “tratamento precoce”.

    Não precisa ser inteligente para perceber que até a expressão é mentirosa!
    Fosse assim, haveria tratamento precoce para a esquizofrenia, insanidade, distúrbios da personalidade, perna que será possivelmente quebrada em jogos de futebol, problemas cardíacos no futuro, rins que não irão funcionar dentro de alguns anos …

    PREVENÇÃO só existe com VACINAS!!!

    • Não deturpes a tua própria postagem.

      Nada a ver com dívidas dos Estados, mas quanto aos teus dados falsos sobre a cura “milagrosa” deste famigerado e abjeto tratamento precoce.

      A verdade está na relação dos mortos, e atualizada diariamente.

      Não venhas agora com com outro assunto.

    • Outro erro teu, Te cuida, que me preocupa porque defendes essa visão deturpada sobre a pandemia:
      “Indústria da Morte”.

      Desde quando?

      O mundo registra três milhões de mortos pelo Covid!
      A economia global registra a sua maior queda da história, maior que os danos da quebra da bolsa americana em 29, e os custos da Segunda Guerra Mundial, quando terminou em 45.

      Quem está lucrando?
      Os laboratórios com as vacinas?
      Muita insensatez, falta de bom senso, e avaliação adequada.

      TODOS ESTÃO PERDENDO, Te cuida, todos, sem exceção.

      Os americanos estão beirando 600 mil mortes!
      Mais um pouco, e ultrapassam a sua maior tragédia histórica, que foi a Guerra da Secessão, que acusou 614 mil mortos naquele conflito interno.

      As mortes dos Estados Unidos em suas participações na Primeira e Segunda Guerras Mundias, Guerra da Coréia e Guerra do Vietnã, foram ultrapassadas nas suas totalidades!
      Falta a Guerra deles, a Secessão.

      Tu achas que os americanos estão lucrando??!!
      França com mais de 90 mil:
      Itália com quase 120 mil;
      Reino Unido com 127 mil;
      Índia com 166 mil;
      México com 206 mil mortos pela pandemia, quem está lucrando com esta “indústria da morte”??!!

      Para e pensa, antes de postares informações e alegações que se desfazem perante a verdade e números de vítimas fatais pelo Brasil e mundo!

      Ou, na tua ótica, três milhões de mortos e uma economia estagnada, isso quer dizer “dividendos”, lucros??!!

  6. Quem opta por tomar esse coquetel letal de Bolsonaro para “combater” Covid, apenas escolhe pra si uma outra causa mortis.
    Todos aqui deveriam seguir o exemplo do Sr. Francisco Bendl: Colegas que residem próximo de uma dessas cidades, relacionadas como livres de óbitos, na Fake News do Te Cuida, fIneza divulgarem um texto de fé pública, refutando essa farsa, que visa tão somente a induzir os incautos à morte.

  7. Mais outra mentira, tua, Te cuida,

    Fui procurar por informações sobre a cidade de Maxaranguape, no RN, a respeito do Covid.

    “Gabi Coelho, especial para o Estadão

    05 de abril de 2021 | 14h45

    Postagens nas redes sociais afirmam que Maxaranguape, cidade no Rio Grande do Norte, não registrou nenhuma morte pela covid-19 e não teve nenhum caso em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde meados de novembro de 2020, em razão do chamado “tratamento precoce” — kit com remédios sem eficácia comprovada contra o coronavírus, como a ivermectina. A informação é enganosa. Recentemente, o município registrou um novo óbito e duas hospitalizações em decorrência da covid-19.

    Dados divulgados no Facebook da prefeitura de Maxaranguape mostram que entre os dias 18 e 20 de março de 2021 uma pessoa morreu pela covid-19, totalizando quatro óbitos durante a pandemia.
    No dia 24 de março, o mesmo levantamento mostrou que o município registrou duas novas hospitalizações.

    https://politica.estadao.com.br/blogs/estadao-verifica/e-enganoso-afirmar-que-cidade-no-rn-zerou-obitos-e-internacoes-por-covid-19-com-tratamento-precoce/

    Uma das postagens mais perniciosas que li em quase onze anos de TI!

    Não digo que és o culpado por publicares esta lista, certamente forjada pelo governo federal, mas te acuso de imprudente, negligente, e um pouco irresponsável, se for possível ser um pouco apenas, em não verificares a verdade com relação ao tal tratamento precoce, que só existe na mente madura de Bolsonaro, onde constam apenas e tão somente más intenções!

    Procura pela verdade, Te cuida, antes de te expores dessa maneira, e caíres no ridículo.

  8. Da mesma forma te pergunto:
    De onde tirares esses dados sobre essas cidades mencionadas, se as informações que obtive são oficiais??!!

    Me surpreende a teimosia e estupidez, idiotice e imbecilidade – e não estou te acusando disso -, de serem feitos questionamentos com o sentido de unicamente desvirtuar a realidade nacional, que estamos diante de uma tragédia sem precedentes e por culpa – uma boa parte – de Bolsonaro e seu comportamento criminoso diante desta pandemia!

    O resto é papo furado, conversa mole, trolagem, como diz a gurizada.

    • Silvio,

      Lá pelas tantas não sei se seria mesmo desinformação ou contrainformação, o mais apropriado neste caso.

      Bolsonaro tem plena consciência que perderá as eleições para si mesmo, em razão da pandemia e sua conduta irresponsável e criminosa!

      Tenta, desesperadamente, adulterar a verdade, alegando que, se tivéssemos usado o seu “tratamento precoce” não estaríamos com esse contingente de milhares de óbitos.

      Quer se eximir da consequência do seu negacionismo, que a pandemia era uma gripezinha, que deixássemos de ser maricas … e por aí vai …

      O diabo, Sílvio, é que temos gente que acredita nessas mentiras e saem a divulgá-las como reais, intencionalmente querendo diminuir a gravidade da pandemia ou isentar o presidente da sua flagrante e indiscutível atribuição que foi omitida por ele mesmo, pela sua teimosia, ignorância e, lá pelas tantas, pelo fato de terem lhe dito ao pé do ouvido que Bolsonaro era um enviado de Deus!

      Pode até ser, mas não o Deus verdadeiro, mas o dele, fakenews!

      Abração, Sílvio.
      Saúde e paz.

  9. Outra tergiversação tua, Te cuida.

    Se não sabes, a pesquisa envolve investimentos, tempo, testes, novos testes, mudanças de rumo, novas pesquisas, tempo, muito tempo.
    Isso custa muito dinheiro.

    A pergunta que deverias fazer para ti mesmo seria:
    POR QUE OS GOVERNOS NÃO INVESTEM EM INDÚSTRIAS DE MEDICAMENTOS??
    Por que deixam nas mãos da iniciativa privada a cura de doenças que afligem a humanidade??!!

    Se quisermos diminuir os custos farmacêuticos, então tratemos de investir nessa área, menos acusar a indústria que ainda faz algo de bom, de prolongar as nossas vidas, enquanto nossos governantes têm como hábito e distração nos ver cair mortos como moscas!!!

  10. Depoimento: Eu, familiares(25 ao todo), colegas de trabalho, amigos e conhecidos fomos contaminados e tratados com Ivermectina, Azitromicina, Anita, Vitamina D e Zinco, Corticóides. Alguns chegaram a uma certa gravidade, mas ao fim dos tratamentos todos ficaram bem.

      • Sorriso,

        Se Upas e clínicas particulares usam esse tratamento precoce, por favor, nos informes quantos pacientes acudiram, quantos se salvaram e quantos morreram??!!

        Se for assim, posso afirmar que conheço inúmeras pessoas que não contraíram ainda a pandemia porque tomam chá de losna!

        Se eu tenho comprovação?
        Vou no embalo do que afirmaste acima, também sem comprovação alguma!

  11. É certo que também houve óbitos entre pessoas de minha convivência. Todos que tive conhecimento, conviviam com comorbidades propícias ao agravamento da doença. Também ao longo das internações e tratamentos hospitalares, foram tratados de maneira avessa aos protocolos relatados por mim acima, resultando numa mortandade injustificada.

  12. “Cuma”?
    Gana por averiguar os dados divulgados por Bolsonaro?
    Clima de terror?

    Te cuida, quem acreditar piamente neste governo tem algo de frouxo na sua mente.
    Neurônios a menos ou a mais;
    perturbação não identificada, enfim, razões que o impedem de considerar mentiras os dados fornecidos.

    E digo isso porque vocês – da turma de Bolsonaro – têm uma predileção especial para desacreditar a imprensa que critica o presidente.
    Nada do que ela afirma, noticia, informa, COMPROVA, é verdade.

    Ora, do mesmo jeito vou à procura dos fatos pois, se a mídia os omite, e as informações do Planalto não são confiáveis além de falsas, tenho a obrigação como cidadão saber o que se passa como o meu país e com aqueles 350 mil mortos, que deixaram milhões de pessoas entristecidas com seus desaparecimentos.

    Agora, me causa perplexidade absoluta, o que postaste acima:
    Quer dizer que NÃO ERA PARA ALGUM COMENTARISTA AVERIGUAR os dados que forneceste para a TI??!!

    Seria assim:
    – Vai lá, publica isso daqui porque ninguém lê mesmo. Mas vai surtir efeito para uns e outros.

    Como acredito piamente que a tua intenção ou a determinação que recebeste era mais ou menos assim, foste desmascarado!

    E, o curioso ou a tua má intenção mesmo, foi a tua surpresa desagradável que alguém foi verificar se publicaste verdades ou mentiras!

    Vergonhosa esta tua tarefa no blog, Te cuida, vergonhosa, para dizer o mínimo.
    Precisamos nos cuidar e muito, da “robozada” que infesta as redes sociais com este intuito, de enganar o povo brasileiro.

    • Começaste a apelar, né?

      Foste desmascarado, então não te resta outra maneira que não seja agredir, atacar, insultar, ofender.

      Atitudes típicas de pessoas sem caráter, bajuladoras, adoradores de homens ou que se vendem por tostões.

      De fato, a minha irmandade tem consigo a fraternidade.
      A tua, se caracteriza pela mortandade!

  13. Bolsonaro acusa outros de “canalha”.

    Sem dúvida, uma blasfêmia. A aplicação clara dos ensinamentos de Lênin: “Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é”

  14. Te cuida,

    Acho que assinaste a tua carta de demissão como robô bolsonariano.

    Na tua “volúpia” de defenderes um erro clamoroso de Bolsonaro com relação à sua invenção, o tal tratamento precoce, nos forneceste a senha do mal, da intenção deste governo assassino sobre a pandemia!

    Milhões de pessoas morrem anualmente no Brasil porque à espera de uma consulta para médicos especialistas ou exames mais sofisticados:
    tomografias, ecos, cateterismo …

    Dito isso, se a ideia de Bolsonaro com esta sua invenção com a cloroquina foi induzir o povo a tomar esse medicamento como prevenção, mais do que nunca esse bandido precisa ser impedido de continuar governando!

    Sabendo que não haveria hospitais para todos;
    que não haveria pessoal preparado para tantas UTIs sobrecarregadas:
    que não haveria respiradores suficientes;
    que não haveria fornecimento de oxigênio em caso de surto …

    Bolsonaro cria, então, um “tratamento popular”, ou seja, se vão morrer mesmo, que enganemos a população com esse medicamento “barato”, acessível ao bolso do povo, do pobretão, do cara que não produz!!!

    Se a senha para se abrir a caverna de Ali Babá e seus 40 ladrões era “Abre-te Sésamo”, o código do presidente para matar o povo com mais “docilidade” seria:
    – Tomem cloroquina!!!

    Che, mas eu me encontro indignado, revoltado, com teus comentários abjetos, que mostram o desprezo pela vida alheia, a negligência com o cidadão, a irresponsabilidade criminosa de apresentar um medicamento como se fosse VACINA, TENDO PLENA CONSCIÊNCIA que não seria jamais a indicação correta para se curar ou vencer o Covid 19!!!

    Se faltava o motivo para o crime ter sido feito, tu nos disseste:
    “tratamento que caiba no bolso do brasileiro”.

    Se vai resolver, funcionar, dar certo, é outra história.
    O “negócio” é contentar o orçamento do contaminado, logo, poderia ser até mesmo Sonrisal, paracetamol, uma colher de azeite de oliva, um copo de iogurte, chupar uma laranja a cada seis horas!

    Independente de seres um robô bolsonariano, programado para mentir, enganar, fazer de bobo o povo, causa-me espécie que tu, como pessoa, como cidadão, como ser humano, principalmente, aceita esse papel macabro, essa representação demoníaca, essa conduta traidora dos mais comezinhos princípios humanos de sobrevivência!

    Vergonhosa a tua participação, Te cuida.
    Agora, Te cuida, te cuida se fores contaminado pela pandemia porque o tratamento precoce de Bolsonaro vai te levar para o quinto dos infernos!!!

    Aliás, merecidamente.

  15. Tinha razão o dramaturgo e romancista Max Frisch quando escreveu que, mais cedo ou mais tarde, todo mundo inventa uma história que acredita ser sua vida. Nesse sentido — e apenas nesse sentido —, Jair Bolsonaro não é diferente do resto do mundo. Para manter sua vida ficcional vedada, ele precisaria “virar a página” de sua responsabilidade na tragédia brasileira. Não vai conseguir. Basta responder a uma pergunta de simplicidade cristalina que aponta a responsabilidade única do presidente da República no abandono do país: qual o único brasileiro que poderia ter mudado o curso da voracidade do vírus? A resposta independe das complexas deliberações do Judiciário e das tortuosidades do Legislativo. Ela se fundamenta no senso comum.

    Desde o início da pandemia, a parte dos brasileiros em condição de optar pelo iluminismo entendeu a seriedade do perigo, adotou medidas protetivas individuais, assumiu sua responsabilidade coletiva. Sempre se manteve decidida a não compactuar com o obscurantismo. Para que o combate à Covid-19 tivesse alguma chance de êxito ou racionalidade, teria bastado convencer o outro Brasil. Esse outro Brasil em estado de mitomania, aguerrido, porém fiel, teria seguido com disciplina religiosa qualquer ordem de distanciamento, uso de máscara ou confinamento emanada da boca do seu líder. Tamanho poder e privilégio somente o presidente tinha, com tudo à disposição — cadeia nacional de rádio e TV diária, se quisesse, redes sociais, confiança cega de seguidores. Nenhum ministro da Saúde, nenhuma sumidade científica, nenhum acadêmico, celebridade ou vencedor do “BBB” teria, sozinho (nem em conjunto), eficácia semelhante. O presidente da República preferiu incentivar o descarrilamento de vidas.

    Muito acima das lambanças generalizadas deste Brasil esgarçado, a responsabilidade de Bolsonaro é única. Apenas ele, sem precisar de mais ninguém, dado que o governo o seguiria, teve a chance de evitar o naufrágio. Nem sequer tentou. Optou pela morte.

    • Qual a diferença de morrer de covid ou dos supostas efeitos colaterais. Qual o medicamento que não tem efeitos colaterais. Só não sabe quem nunca leu uma bula de ibuprofeno por exemplo (aquele receitado pelos médicos céticos ao tratamento inicial).

Deixe um comentário para Francisco Bendl Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *