Bolsonaro, o cisne negro na politica brasileira, demonstra impressionante resistncia

Candidato a presidente Jair Bolsonaro

Charge do Duke (O Tempo)

Luiz Carlos Azedo
Correio Braziliense

O escritor Nassim Nicholas Taleb um libans que resolveu escrever sobre probabilidades e incertezas aps deixar o emprego de “trader” de derivativos na Bolsa de Chicago. Seu livro A lgica do Cisne Negro (Best Seller) faz muito sucesso entre os executivos, porque trata de eventos raros e da necessidade de estar preparado para lidar com eles.

O ttulo do livro decorre do fato de que todos os cisnes eram brancos, at a “descoberta” da Austrlia. A novidade do cisne negro foi uma demonstrao da fragilidade do conhecimento humano. O presidente Jair Bolsonaro um cisne negro na poltica brasileira. Sua eleio era altamente improvvel, mas aconteceu. O mesmo ainda pode se repetir em 2022.

BUSCAMOS EXPLICAES – O cisne negro existia, antes de ele ter sido visto pela primeira vez por um explorador do Ocidente. Taleb destaca que eventos dessa ordem ocorrem com muito mais frequncia, mas no estamos preparados para perceb-los. Depois que tomamos conhecimentos deles, buscamos explicaes que muitas vezes so fantasiosas, porque isso melhor do que admitir que no estamos entendendo nada.

Nossas opinies formadas sobre tudo, como diz a cano, nos impedem de compreender o que contraria aquilo em que acreditvamos.

Taleb trabalha com dois conceitos criados por ele; digamos, so “tipos ideais”, moda de Max Weber. O primeiro o “mediocristo”, que se baseia na mdia de eventos observados; o segundo, o “extremisto”, aquelas coisas que no seguem um padro. Por isso, a racionalidade pode virar uma armadilha diante de situaes imprevisveis.

GRANDES TRANSFORMAES – Cisnes Negros so os eventos que causam grandes transformaes cognitivas. No chamado “mediocristo”, os fatos imprevistos so controlveis, seu impacto no altera significativamente a mdia; no “extremisto”, o impacto sai do controle, porque extrapola o aspecto fsico e muda o comportamento.

A eleio de Bolsonaro mudou o comportamento das pessoas. Em todo lugar, nos surpreendemos com o ativismo poltico de gente que at ento no queria saber de poltica. assim na famlia, entre colegas de trabalho e nos mais diversos ambientes sociais.

A ascenso de Bolsonaro Presidncia teve um impacto na vida nacional que est muito fora da curva, em todas as reas. Nas polticas pblicas, isso fica mais evidente diante dos indicadores de sua gesto, que confrontam os paradigmas at ento consensuais na sociedade. So os mortos da pandemia de covid-19, a queda de participao nos exames do Enem, o aumento vertiginoso das vendas de armas, as taxas de morte no trnsito, os ndices de desmatamento etc.

FORA DA LEI – A transgresso ordem estabelecida estimulada de cima para baixo, em toda a franja da economia formal, das milcias de Rio das Pedras, no Rio de Janeiro, aos garimpeiros do Rio Madeira, no Amazonas.

um erro imaginar que Bolsonaro deixou de ser um cisne negro nas eleies de 2022. No morreu nem mudou de plumagem. Os levantamentos apontam o favoritismo do ex-presidente Luiz Incio Lula da Silva, a no aprovao do governo federal, a alta rejeio do presidente da Repblica, seu confinamento ao eleitorado mais conservador e diretamente beneficiado por suas decises de carter ideolgico ou econmico.

Entretanto, Bolsonaro continua sendo um cisne negro, porque estrategicamente no se sente derrotado. Beneficia-se do fato de que qualquer governo, mesmo o mau governo, a forma mais concentrada de poder: arrecada, normatiza e coage. E usa em benefcio prprio a mo pesada do Estado, no limite de suas possibilidades.

UM OUTRO CISNE – Bolsonaro resolveu implementar na marra sua agenda de costumes e de ideologia, em todos os rgos do governo, para agradar sua base eleitoral, que est sendo fortemente assediada pela pr-candidatura do ex-ministro da Justia Sergio Moro, que pode tomar-lhe o lugar de cisne negro nas eleies do prximo ano.

A aliana de Bolsonaro com o Centro uma fora eleitoral robusta. A chave da preservao dos seus redutos eleitorais nos grotes do pas essa associao com o Centro, particularmente no Nordeste. A traduo dessa aliana o chamado “oramento secreto”, que chega a R$ 30 bilhes em emendas parlamentares ao Oramento da Unio, com destinao no-esclarecida at agora.

O esquema parlamentar encabeado pelo presidente da Cmara, Arthur Lira (PP-AL), a reencarnao do velho coronelismo patrimonialista. Pesquisas de opinio no captam com preciso o comportamento dessa fatia do eleitorado, principalmente nas cidades com menos de 50 mil habitantes, que esto sendo alcanada por Bolsonaro por meio de uma cadeia de pequenas rdios do interior sob controle do governo e das igrejas evanglicas.

9 thoughts on “Bolsonaro, o cisne negro na politica brasileira, demonstra impressionante resistncia

  1. Daqui a pouco vai haver gente tachando o termo “Cisne Negro” de racista… assim como esto fazendo em relao a vrios outros termos e frases como “a coisa est preta”, “escurecer”, denegrir etc. Tem uma apresentadora chata pra caramba com essas coisas no SporTV. Toda vez que levanta o assunto eu mudo de canal.

  2. J Venezuelanos faz tempo, mas insistem em no enxergas a realidade do Tucanisto.
    Enquanto isso na Ilha Paradisiaca Francesa, o Ministro Banqueiro no quer investir seu dinheirinho na Caixa Econmica Federal, prefere por no Banco Pirata, rende mais.
    A Fabiana Caviar, pega seu jatinho adquirido junto ao Desgoverno do Luladro com dinheiro pblico e vai para Miami passar alguns dias ….

    DOENTES DE FOME
    Sem comer, pessoas desmaiam em filas de postos de sade de So Paulo e pedem comida nas consultas

    https://tab.uol.com.br/edicao/doentes-de-fome/#page1

  3. Collor e Bolsonaro foram apadrinhados de toda a grande imprensa. De todas as Federaes do Comrcio, e Indstria. De grande parte das religies inclusive a catlica.
    Venceram as eleies.
    Mas no deu certo. Apostaram no cavalo errado.
    Bolsonaro talvez chegue ao segundo turno.

  4. Excelente artigo!

    PS. H quem no queira ver que o BROXAnaro do B:

    MoroBolso, santos cruzes(!) e mandetta: trs ex-sinistros do criminoso Narcomilicomiliciano velhos cmplices do entreguismo s confirma que:

    MoroBolso 2.0 o crime continuado de broxanaristas (falso) “arrependidos”.

  5. H anos o povo vem sendo espoliado pelos maus governos.

    Seus planos econmicos vero, Bresser e Collor, s favoreceu aos banqueiros e a burguesia.

    Essas pessoas de alto poder aquisitivo, so religiosos, empresrios “liberais”,foras armadas,setor de inteligncia, veculos de comunicao e escribas amestrados,cientistapolticos,advogados e economistas donos de consultoria luxuosas,todos ligados ao capital transnacional.

    Qual o candidato que representam os seus intersses ????

    PS: Causa me espcie, um escriba velhote,s agora ter nojo de polticos..

    ,mamata acabou pra ti.

Deixe um comentário para Armando Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.