Bolsonaro se filia ao PSL e terá apenas 16 segundos na TV, se não fechar coalizões

Imagem relacionada

Bolsonaro precisa fazer alianças, mas está difícil

Carlos Newton

Nesta sexta-feira, bem cedinho, afirmamos aqui na Tribuna da Internet que o deputado Jair Bolsonaro, apesar de seu grande potencial como candidato a presidente da República, continuava no roteiro de Plínio Marcos, perdido numa noite suja, à procura de um partido. No início da noite, veio a confirmação de uma notícia da excelente colunista Daniela Lima (Painel da Folha) – Bolsonaro se encontrara com o presidente do PSL (Partido Social Liberal), Luciano Bivar, para fechar acordo e se filiar à sigla.

No xadrez eleitoral, Bolsonaro fez uma péssima jogada, porque seu partido anterior, o PSC (Partido Social Cristão), possui uma bancada forte (13 deputados federais e dois senadores. E o PSL, contando com sua filiação, tem apenas quadro três deputados, o que significa uns 16 segundos no horário gratuito e mal dá para imitar Enéas Carneiro e dizer incisivamente: “Meu nome é Jair Bolsonaro!!!”.

ANTICOMUNISMO – Bolsonaro rompeu com o PSC por causa da aliança que o partido fechou com o PCdoB no Maranhão nas eleições municipais de 2016. Quando soube da coalizão, Bolsonaro foi à sede da sigla no Rio de Janeiro e, aos gritos, disse que não admitia esse tipo de coligação.

Ficou tão irredutível que acabou brigando com o dono do PSC, pastor Everaldo Pereira, presidente do PSC e um dos líderes da Assembleia de Deus, ex-candidato na eleição presidencial de 2014, quando teve apenas 0,75% dos votos.

Bolsonaro se deixou levar pela emoção, que quase sempre é uma péssima conselheira. Ele considera que o programa político do PCdoB, que defende bandeiras como a descriminalização do aborto e do consumo de maconha e apoia o casamento gay, seria incompatível com seu perfil.

RADICALISMO – Apesar de ser um dos deputados mais antigos, Bolsonaro continua sem jogo de cintura e suas posturas radicais o conduzem ao isolamento. Agora, precisa desesperadamente de um partido com mais espaço no horário eleitoral, mas não está conseguindo.

Se Lula da Silva abandonasse a disputa, seria mais fácil para Bolsonaro, que assumiria a liderança das pesquisas e poderia conseguir alianças. Mas Lula não vai jogar a toalha, quer aparecer na televisão até ser impugnado pelo TSE.

O pior é que a campanha de 2018 não deverá ter Fundo Eleitoral e vai ser mais difícil “comprar” coligações, como sempre aconteceu. E somente dois candidatos estão com dinheiro sobrando para distribuir – Henrique Meirelles (PSD), que conta com recursos próprios e o apoio de grandes empresário e banqueiros, e Michel Temer (PMDB), que está de posse da chave do cofre da viúva.

###
P.S. 1Bolsonaro tem chance concreta de ganhar a eleição, especialmente se conseguir algumas alianças que lhe aumentem o tempo na TV. Mas está muito difícil. Um dos fiéis da balança é o DEM, que oportunisticamente só vai se decidir em cima do laço e pode até apoiar o deputado/capitão.

P.S. 2Bolsonaro certamente será beneficiado pela divisão de votos entre Alckmin, Meirelles e Temer, que vão se devorar entre si.

P.S. 3Da mesma forma, Ciro Gomes (PDT) também tem possibilidades, porque certamente será beneficiado pela saída de Lula, na reta final.

P.S. 4 – E Álvaro Dias (Podemos) é uma incógnita, que pode até surpreender, se conseguir mais tempo na TV, o que também é muito difícil, por falta de recursos.

P.S. 5 – Quanto aos demais candidatos, incluindo Marina Silva (Rede), seguramente não têm chances, exceto Joaquim Barbosa, que pode vir pela coligação PSB-PPS e mudar totalmente o quadro da sucessão. (C.N.)

21 thoughts on “Bolsonaro se filia ao PSL e terá apenas 16 segundos na TV, se não fechar coalizões

  1. Newton,

    Apesar da falta de tato de Bolsonaro, achei que ele foi coerente em não aceitar a junção com o PCdoB pelo partido que disputaria a presidência da República, o PSC.

    Em princípio, Bolsonaro é conhecido pelo seu combate ao comunismo, logo, se o seu partido estiver coligado com esse regime político, a incoerência seria demais, como continua sendo uma agremiação que se diz cristã ao lado dos comunistas, ateus!

    Percebe-se, desde já, a ânsia pelo poder, que aplaina arestas até mesmo religiosas e de fé!

    Nada contra quem é cristão ou ateu, claro, mas para salientar até onde a nossa política deletéria e abjeta é capaz de ir para sentar-se no Planalto.

    Olha, certamente haverá alianças pelo Brasil afora do PT com DEM, PSDB com PT, PMDB com PSP … os caras querem o poder de qualquer jeito e maneira.

    Um abraço.
    Saúde e paz.

    • Ele fala mal mas se uniu aos socialisatas pois o psl é socialista cara demagogo cinico politiqueiro é um luladrao só que da dita direita …..

  2. Se Bolsonaro tiver mesmo apenas 16 segundos na TV, deixo de graça o seu slogan, que, a meu ver, fará sucesso:

    “Se não votarem em mim, fim”.

  3. Desde quando querer preservar os bons costumes e manter suas posições de forma autêntica é considerado ser radical?
    Ele mesmo disse, se não for desse jeito, não contem comigo…

  4. Ele critica socialisatas mas se uniu ao partido socualista cara demagogo cinico e radical sevdiz direita mas foi do pp depois do psc e agora do socialista psc….hahaha pobre pais. Este cara nunca fez nada em quase 30 anos é um lula da direita ops….direita aonde se esta no partido socialista quanta hipocrisia e cinismo

  5. Cerca de 70% da população do Brasil continua indignada com o show de horrores do partidarismo eleitoral, do golpismo ditatorial e dos seus tentáculos, velhaco$, dos quais somos todos vítimas, reféns, súditos e escravos, há 128 anos, e dos quais urge nos libertarmos, e não será nenhum Lula, Bolsonaro, Meirelle$, JB, Ciro, Marina, ou coisa equivalente que fará a nossa libertação, mas, isto sim, apenas e tão-somente o projeto novo e alternativo de política e de nação nesta terra e, sobretudo, Deus. Portanto, nada contra que o Bolsonaro tb, mais uma “puta velha” do $istema político podre, como se diz no meio político, que faz do militarismo político militante o seu curral eleitoral, tenha tb uma sigla partidária para chamá-la de sua, faz parte do show do continuísmo da mesmice do $istema podre, mas o que nos deixa indignados é a inexistência de pelo menos um Partido de verdade, com P maiúsculo, idealistas, corajoso, desprendido, em condições de levantar a bandeira do Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, com Democracia Direta e Meritocracia Eleitoral, como deseja cerca de 70% da população do Brasil que, em Junho de 2013, saiu às ruas aos gritos de “sem partidos, sem partidos, vocês não nos representam”.

  6. Bem, a produção parlamentar de Bolsonaro é pequena mesmo. Mas pelo fato de 90% (talvez, até mais)de seus “colegas “serem bandidos. Acho interessante pesquisar os pls do Bolsonaro e avaliar..
    Atenciosamente

  7. Ahuauauashshshs..
    Vania “Vaninha”…. Te dou permissão para sofrer…!!!!
    Está autorizada!!! Ahahahahaha!!!
    Sofre!!!
    Mas…..é bom JAIR se acostumando.
    Bonsonaro MITO presidente eleito em 2018 governará o Brasil de 2019 em diante.
    Na lei!
    Chora criança! !

    • Bolsonaro, alguém disse aí em alguma lugar que vc é o Lula da direita. Será igual a bateria que tem dois polos, positivo e negativo, que, juntos, fazem até motores pegarem na partida ? Tô achando que na hora em que o Leão da Revolução Redentora encurralar os dois, para enrabá-los nas urnas, por medo do Leão vocês vão acabar se junto igual as velhas brigas políticas entre coronéis no interior de SP e do Brasil, são inimigos só para enganar os otários do gado deles, daí quando chega um “Fodão” para desbancá-los elle$ se juntam para não perder o poder para a Terceira Via de Verdade. Assim estão parecendo o Capitão Bolsonaro e o Coronel Lula.

  8. “Bolsonaro só ganha a eleição se um tusiname do Chui ao Oiapoque varrer o Brasil deixando todos os brasileiros malucos”. É a mesmissíma situação de Temer, só um tusiname para deixar o povo brasileiro maluco.
    A situação dos malamados do Bolsonaro é de internos em hospício. “As redes sociais estão chamando os eleitores de Bolsonaro para um suicídio coletivo se ele perder a eleição” Já pensaram: Milhões de fanáticos mortos e caidos nas sarjetas e praças do Brasil? Será de estarrecer. Aquele monte de gente caido no chão como moscas. Já ouvi dizer que não é brincadeira. É para valer.

  9. Muitos que atacam Bolsonaro com ofensas pessoais ou delírios pseudointelectuais, na verdade estão estremecidos em suas prisões de casulos velhacos que até hoje pós 85, não se depararam com um homem, sem partido, sem marqueteiro, sem estrutura de base parlamentar, sem financiador até o momento. Vai ser bom ou ruim só o tempo dirá, todavia a esquerda chora, pois não podem chamá-lo de ladrão até o presente momento.

  10. O quê?
    Mudou de partido novamente?
    KKKKKKKKKKKKKKKKKK

    O radicalismo de direita é irmão gêmeo do de esquerda. Cegos, surdos e falastrões, consideram correto TUDO que seus chefinhos fazem! TUDO querem justificar, caindo sempre no vazio!

    A verdadeira eleição de que precisa o Brasil DISPENSA esses dois polos antagônicos e , ao mesmo tempo, tão semelhantes entre si!

    Nem Lula nem Bolsonaro!

    Acorda Brasil!!!

  11. Alex que não é Alex. Bolsonaro é honesto??????????????????????????. Tu deve ser um dos já estão mortos. És um morto que caminha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *