Boris Johnson pode cair por dar uma festa, Bolsonaro mito por viver de festa em festa

No Reino Unido, aps crise, ministros renovaram apoio a Boris Johnson

Boris Johnson deu azar por no ter nascido no Brasil…

Eliane Cantanhde
Estado

Esses ingleses so mesmo esquisitos. Bastou uma festinha de 40 pessoas nos jardins de Downing Street (sede do governo), no pico da pandemia e do lockdown, cada um levando seu prprio vinho, para os britnicos, a oposio e at parlamentares do partido se mobilizarem para pedir o afastamento do primeiro-ministro Boris Johnson.

Ok, grave, mas isolado. E um certo presidente, alm-mar, que na pandemia no toma vacina, faz churrasco na residncia oficial, filmado em uma aglomerao atrs da outra, diverte-se em atos golpistas, abraa idosos sem mscara antes das vacinas, arranca mscara de criana na rua e probe em palcio, descumpre as leis do DF e processado por governos estaduais por suas motociatas?

FOSSO CULTURAL – Entre Reino Unido e Brasil h diferenas do regime, parlamentarismo e presidencialismo, e um fosso cultural e poltico. Apesar de um tanto dmod, com reis, rainhas, coroas…, a monarquia britnica slida, o parlamentarismo confere estabilidade e o regime prev a troca do primeiro-ministro, sem crise, quando ele incompetente ou perde a maioria.

J no presidencialismo brasileiro o poder de abrir ou no um processo de impeachment contra o presidente da Repblica est nas mos de um nico personagem, o presidente da Cmara. Se esse personagem aliado e esperto, d prioridade a seus prprios interesses e aos do seu grupo poltico. O habitante do Planalto pode fazer festinhas, aglomeraes e absurdos vontade.

E os cidados britnicos brindam Boris Johnson com adjetivos como pattico, hipcrita e mentiroso, pela festa, as desculpas esfarrapadas e o contraste: o povo em lockdown e o primeiro-ministro se esbaldando com amigos. E no Brasil? O Pas chorando seus primeiros 10 mil mortos pela covid e o presidente de jet-ski no Lago Parano; a Bahia afundando em dor e lama e o presidente de jet-ski nas guas afrodisacas de Santa Catarina.

RIR OU CHORAR – E da? L, os britnicos cobram responsabilidade do primeiro-ministro. C, milhes de brasileiros tratam como mito um presidente que ataca a democracia, mscaras, isolamento, vacinas e faz propaganda de cloroquina para covid! para rir ou para chorar?

Um recente relatrio da entidade internacional Human Rights Watch replica as concluses da CPI da Covid e cobra os ataques democracia no Brasil, mas s para ingls ver e eleitor refletir.

As consequncias jurdicas para Jair Bolsonaro so nulas. Aqui, a festinha de Boris Johnson na pandemia fichinha. O Brasil uma festa!

6 thoughts on “Boris Johnson pode cair por dar uma festa, Bolsonaro mito por viver de festa em festa

  1. A autora do artigo, ou, Gr-fina de Narinas de Cadver, a Catanhede uma iconoclasta de um mito s. Seus artigos to difundidos aqui, uma festa, so sem tirar nem por, variaes sobre o mesmo tema levados a exausto, sempre.
    Comer pastel de feira com caldo de cana festa, imagino se fosse birinaite, whisky, lagosta, caviar iraniano, vinho premiado, bacalhau noruegus e camaro sem casca.
    A Eliane est igual o cara que batia na mulher e se justificava, ela sabe porque est apanhando.

  2. Bolsonaro isso a, quem j comeu rao enlatada, rancho em acampamento e nas longas marchas, acabanado na selva, injetado com vacina pra malria e febre amarela, (eu tomei) comer um pastel de feira com caldo de cana um legitimo banquete digno de um Dionsio.
    Mas as festas do calcinha apertada no d ibope.

  3. Catanhande, vamos falar de coisas srias, por exemplo:
    — dvida pblica de quase seis trilhes de reais,
    — pagamentos de juros da dvida pblica alcanando 39,4 % do oramento do pas,
    — falta de polticas para quase tudo,
    — homens pblicos de pssimas qualidades tentando aparentar ser polticos quando no estudam nem a histria do Brasil,
    — jornalistas em conluio que tm a mesma opinio sobre todos os assuntos,
    — situao administrativa catica com uso dos recursos pblicos para bancar salrios e benefcios de funcionrios preguiosos,
    — alta de vacinas,
    — inflao galopante,
    –juros extorsivos de bancos privados e estatais,
    – crise social que se arrasta por sculos,
    — etc.
    Vamos levar o Brasil a srio.

Deixe um comentário para ANTONIO Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.