Bovespa sobe e renova máxima histórica com expectativa para novo governo

Resultado de imagem para bolsa bate recorde

Logo na abertura, a Bovespa bateu seu recorde histórico

José Carlos Werneck

A festa é geral e a Economia comemora a vitória de Jair Bolsonaro, suas indicações para os principais postos do governo e as medidas que serão tomadas. Uma onda de otimismo tomou conta de todos os que trabalham e geram riquezas para o País. E isso é uma excelente sinalização. Só os vagabundos e os desordeiros protestam.

O principal índice da bolsa brasileira, a B3, opera em alta nesta quinta-feira, acima de 88 mil pontos, renovando o recorde intradia e os agentes financeiros estão na expectativa de novos anúncios sobre a equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro, além dos planos para a Economia.

89 MIL PONTOS – O Ibovespa chegou a superar 89 mil pontos. Às 13h03, o Ibovespa, principal índice de ações do mercado acionário brasileiro, subia 1,25%, a 88.520 pontos. Na máxima, chegou a 89.017 pontos, renovando a máxima histórica intradia. Até então, a pontuação mais alta foi alcançada no pregão de segunda-feira: 88.377 pontos. O maior valor de fechamento é de 87.652 pontos em 26 de fevereiro deste ano.

Conforme análise técnica do Itaú BBA, o Ibovespa segue em tendência de alta e poderia ganhar “novo impulso em direção a 91.700 e 95.300 pontos” se conseguisse superar os 88.400 pontos.

CONVITE A MORO – O mercado acionário acelerou o ganho após a confirmação de que Sérgio Moro aceitou o convite para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Ontem, o Ibovespa subiu 0,62%, aos 87.423 pontos. Em outubro, o Ibovespa acumulou ganho de 9,85%, tendo o segundo melhor desempenho mensal do ano -em janeiro, subiu 11,3%, segundo a agência de notícias Reuters.

Enfim o país parece que está no caminho que lhe é destinado e desejado por todos os brasileiros que acreditam na democracia e no trabalho e querem dias melhores.

3 thoughts on “Bovespa sobe e renova máxima histórica com expectativa para novo governo

  1. O sistema financeiro reagiu à indicação do Super ministro Sérgio Moro anticorrupção como um sinal positivo para o ambiente de negócios principalmente com a entrada de capitais estrangeiros.

    A reação furiosa dos perdedores mostra que Bolsonaro fez mais um gol de placa na formação de sua equipe de notáveis.

  2. É muito bom que o Mercado aprove o Plano Econômico do Governo BOLSONARO e de maneira geral seu Ministério.

    Deve o Presidente BOLSONARO cuidar em reduzir o tamanho do Estado. Se vender uma Empresa Estatal lucrativa para uma Empresa Nacional com Matriz no Brasil, isto ė muito produtivo. Se vender para uma Empresa com Matriz no Exterior ( Multi-Nacional Estrangeira), a nosso juįzo, o País perde mais do que ganha, porque as Multi-Nacionais estrangeiras não desenvolvem Tecnologia Nacional e nem Capitalizam 100 p c aqui dentro.

    As ideias do Dr. PAULO GUEDES de maneira geral já foram implantadas na República Argentina no Governo MENEN ( 1990 – 1998 ) através Ministro da Fazenda Dr.DOMINGOS CAVALLO, e por terem Privatizado na maior parte para MultiNacionais
    estrangeiras, e aberto em demasia o Mercado, especialmente o Financeiro, tiveram um voo de galinha nos primeiros 4 anos e altíssimo Desemprego +- 20 p c no segundo Governo MENEN, não fizeram o sucessor que foi Presidente FERNANDO DE LARUA ( UCR), que devido a má herança não chegou ao fim de seu primeiro Mandato, caindo a Argentina em caos Politico-Econômico do qual só saiu com o heterodoxo Governo KIRCHNER, que também não fez o sucessor que está com o Presidente MACRI ( Cambiemos – UCR), que está falido e nas mãos do FMI.

    O Presidente BOLSONARO deve estudar com todo o cuidado a História recente Argentina, de MENEN (1990) para frente para evitar grandes prejuízos para o Brasil. Fazer o que deu certo e evitar o que deu errado.

    Temos no Brasil muitos Economistas, Políticos, Militares especialmente EMPRESARIOS NACIONAIS, estudiosos que poderão assessorar nosso Presidente.

    Uma coisa a prática nos mostra, se a Política Liberal LAISSEZ-FAIRE desbragada fosse boa para Países sub-Desenvolvidos como o Brasil, a Argentina não estaria na crise Econômica em que está.
    O Chile, País mais desenvolvido e alfabetizado da América do Sul
    e que de forma geral segue uma Política de viės Liberal Laissez-Faire COM CUIDADO, já deu meia-volta em muita coisa, inclusive na Previdência por Capitalizacao.

    Em resumo:
    Devemos LIBERALIZAR, mas com muito CUIDADO.
    Estudar cuidadosamente o que deu errado na Argentina para evitar aqui.

    No fundo, no fundo, como dizia o grande Gov. CARLOS LACERDA, ” Capital Bom ė CAPITAL NACIONAL”.
    Ainda bem que o Presidente BOLSONARO tem o apoio geral das FFAA, um Poder Moderador, Patriota e muito experiente.

  3. Repito a nota:

    “Uma onda de otimismo tomou conta de todos os que trabalham e geram riquezas para o País. E isso é uma excelente sinalização. Só os vagabundos e os desordeiros protestam.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *