Brasil precisa perder o complexo de vira-latas porque no existe nenhum paraso aqui na Terra

Unsere Autoren: Philipp Lichterbeck

H 12 anos no Brasil, Lichterbeck diz como a Alemanha

Jos Vidal

H pouco li um artigo sobre a Alemanha, onde o autor fala sobre os mitos daquele pas e como nos desqualificamos com nosso eterno vira-latismo, personificado pela bajulao a outros pases. O nosso patriotismo se resumindo adorao aos smbolos e palavras ao vento.

Sim, a Alemanha um grande pas, mas tem as suas falhas. Esse pas onde tudo funciona e planejado com perfeio, no qual no h corrupo nem desonestidade, obviamente s existe na imaginao de muitos brasileiros, diz o colunista

###
OS EQUIVOCADOS E PERSISTENTES MITOS SOBRE A ALEMANHA

Philipp Lichterbeck
Agncia DW

Uma coisa precisa ser dita: todo alemo no Brasil tem que aguentar de tempos em tempos uma conversa esquisita. bizarro, mas algumas pessoas acreditavam estar sendo simpticas ao elogiar Hitler para um alemo. Mas esses brasileiros esto muito enganados. Hitler no foi um lder genial, que queria tornar a Alemanha grande. Foi um paranoico e histrico homem cheio de complexos que destruiu a Alemanha.

Por sorte, nos ltimos anos a conversa sobre Hitler deu lugar ao papo sobre “na Alemanha tudo funciona”. Por trs disso est, claro, essa estranha disposio, bastante atual, dos brasileiros para a autoflagelao, o complexo de vira-lata, que leva crena de que na Europa tudo melhor.

TUDO FUNCIONA? – Posso tranquilizar os brasileiros: tambm na Alemanha nem tudo funciona direito. E h muitos mitos que no tm nada a ver com a realidade. A seguir, uma pequena amostra.

Para comear, o mito de que os alemes planejam tudo perfeitamente. Eis alguns exemplos que dizem o contrrio. Este ano foi inaugurado o novo aeroporto de Berlim com nove anos de atraso, pois deveria ter comeado a funcionar em 2011.

Quando a obra comeou, os custos estimados eram de 1,9 bilho de euros. Acabou saindo por cerca de 7 bilhes. A obra durou 14 anos. Em comparao, Braslia inteira precisou s de quatro anos para ser construda.

ESCADA-ROLANTE – A construo do aeroporto foi marcada por inmeras panes de planejamento, o que no se poderia mesmo esperar de um pas to orgulhoso de seus arquitetos e engenheiros. A minha favorita a escada-rolante para lugar algum: na hora de encomendar as escadas-rolantes, os planejadores informaram as medidas erradas, e algumas vieram muito curtas. Corrigiram o problema colocando trs degraus de mrmore no comeo da escada.

A corrupo tambm desempenhou um papel na construo do aeroporto de Berlim, o que nos traz ao segundo mito: o de que na Alemanha no h corrupo. Um diretor-tcnico foi desmascarado como corrupto, e um administrador recebeu propina na beira de uma rodovia.

verdade que a corrupo na Alemanha mais discreta do que no Brasil. Isso ocorre tambm porque a nota mais alta de euro de 500. Ningum precisa de malas grandes, caixas ou cuecas para esconder o dinheiro.

CAIXA 2 ELEITORAL – Assim como no Brasil, a corrupo tambm existe nos meios polticos da Alemanha. Muitos brasileiros no sabem, mas a CDU, o partido da chanceler federal Angela Merkel, foi vrias vezes culpada de receber doaes ilegais milionrias. O partido manteve at mesmo contas secretas. Entre os principais envolvidos no ltimo escndalo estava o antigo chanceler federal Helmut Kohl. Ele levou para o tmulo o nome dos doadores ilegais, ao estilo de um chefo da mfia.

Outro mito o da honestidade alem. Este ano, a empresa de pagamentos Wirecard entrou em insolvncia porque no seu balano constavam 1,9 bilho de euros que no existiam. Eles haviam sido simplesmente inventados pelos chefes da Wirecard. O escndalo foi um duro golpe para a credibilidade do mercado financeiro alemo pois a Wirecard estava cotada na bolsa de valores.

Um escndalo que ainda pesa o das montadoras alems, que veio tona em 2015. Elas usaram softwares para ocultar que seus carros no respeitavam as regras de emisses de gases de vrios pases.

ALEMES POLUIDORES – Outro mito persistente o da proteo ambiental exemplar da Alemanha. verdade que a maioria dos alemes no joga lixo em qualquer terreno, como muitos brasileiros fazem, e que as ruas no so to sujas. Porm, todos os anos a Alemanha subsidia com 46 bilhes de euros a explorao de carvo e a queima de petrleo e gs, muito prejudiciais ao clima. Em mdia, cada alemo responsvel pela emisso de quase nove toneladas de CO2. A mdia brasileira de apenas duas toneladas.

A dita pontualidade alem outra que volta e meia vem tona. Em 2018, de cada quatro trens da Deutsche Bahn, nem trs conseguiram ser pontuais. Juntos, eles acumularam entre 3 milhes e 4 milhes de minutos de atraso ou 2.570 dias que passageiros na Alemanha tiveram de esperar.

Outra ideia equivocada dos brasileiros a dos alemes trabalhadores e dedicados. O “ndice de dedicao” da empresa de consultoria Kienbaum, que questiona empregados de 20 pases, concluiu que a dedicao dos trabalhadores alemes fica pouco abaixo da mdia mundial e bem abaixo do ndice alcanado por indianos e chineses.

MENOS CERVEJA – Dois mitos que me irritam em especial so os de que alemes esto o tempo todo bebendo cerveja e comendo carne. Para mim, eles se explicam pelo predomnio da cultura da Baviera na imagem que os brasileiros tm da Alemanha.

Na verdade, h, na Alemanha, muitas regies produtoras de vinhos excelentes, e em especial o vinho branco alcana uma categoria de ponta. H milhes de alemes que nunca estiveram numa Oktoberfest de Munique, no veem motivo para um dia estar e preferem passar seu tempo livre num dos inmeros belos restaurantes das regies vincolas alems.

E cada vez mais alemes so vegetarianos ou veganos. Pesquisas dizem que 10% dos alemes no consomem carne, e a tendncia ao vegetarianismo est em forte alta. Mais da metade dos alemes diz que consome cada vez menos carne ou apenas carne de melhor qualidade, ou seja, da produo orgnica.

COMIDA VARIADA – Ao mesmo tempo h nas cidades alems hoje mais restaurantes com comida rabe, turca, grega, italiana, tailandesa, vietnamita ou peruana em vez da tradicional culinria alem. O meu prato favorito, alis, arenque frito com batatas, tpico do norte da Alemanha e do qual a maioria dos brasileiros provavelmente nunca ouviu falar.

Portanto, queridos brasileiros: nem tudo ruim no Brasil, como s vezes parece. E nem tudo to perfeito na Alemanha, como muitos pensam.

20 thoughts on “Brasil precisa perder o complexo de vira-latas porque no existe nenhum paraso aqui na Terra

  1. Menos, menos. Daqui a pouco iro dizer, principalmente os que acham que subtrair dinheiro pblico normal: “Viram ? Na Alemanha igualzinho aqui no Brasil”.

  2. Entendi perfeitamente bem o artigo postado pelo Vidal, meu conterrneo, e um dos alicerces desse blog incomparvel.

    No existe pas por mais desenvolvido que seja que no tenha seus problemas, logo, a Alemanha no poderia ser diferente.

    A transcrio do texto de autoria de um alemo, onde especifica os problemas germnicos em comparao com os nossos, sinceramente, qualquer coisa de surreal!

    As falhas alems seriam acertos nossos!

    Se a ideia louvvel animar o povo brasileiro diante da tragdia que nos assola, assim como a Alemanha foi destruda na Segunda Guerra por obra de um maluco, Hitler, esse perodo os germnicos o sobrepujaram com muito trabalho, organizao, planejamento e objetivo.

    Em compensao, o Brasil a cada quatro anos vem elegendo um Hitler, que nos rouba, explora e manipula, e ainda nos mata de fome ou violncia ou por falta de sade pblica, ou seja, a tragdia deles terminou, a nossa no tem fim.

    Por outro lado, o guri fala de barriga cheia.
    Basta vermos o ndice IDH alemo e o nosso;
    o PIB daquela nao com a nossa;
    os servios pblicos oferecidos e o que nos dado pelo governo;
    a educao germnica e a brasileira;
    a segurana alem com a nossa, e no vou citar o Rio de Janeiro porque eu acabaria com a discusso!

    Enquanto a bela Munique, antes palco de tentativas de golpes, hoje caracterizada pelas suas excepcionais cervejarias e o Oktober Fest, desenvolvimento, segurana, uma cidade aprazvel, o brasileiro toma a sua cerveja em biroscas nas periferias das grandes cidades e, ainda por cima, chacinado!!

    Se os trens alemes atrasam que pena! – no sabemos o que significa andar nesse coletivo, e o nosso pas tem dimenses continentais.

    O articulista no comentou os gastos dos nossos poderes constitudos com os alemes.
    Se, em carter de idiotice, estupidez, passividade e irresponsabilidade de um povo, o brasileiro, lgico, o nosso parlamento muito mais bem pago que o alemo, assim como os juzes nacionais.
    A lamentar, que tais dados no sirvam como exemplo do quanto somos desenvolvidos, pelo contrrio:
    Enquanto o povo passa fome, morre de doenas, morre atravs da violncia exacerbada, desemprego que leva pessoa ao desespero, magistrados e parlamentares ganham apenas duzentas vezes mais que um trabalhador nesse pas!
    O alemo no tocou nessa questo.

    Muito menos ousou comparar a nossa corrupo com a deles, pois ele cairia em desgraa consigo mesmo.

    Enfim, um tipo de artigo escrito por um estrangeiro que desconhece por completo tanto a sua nao de origem, quanto o pas que o hospeda atualmente.

    Digo mais:
    Precisamos saber do que se passa conosco e com o Brasil.
    Aliviar o sentimento de frustrao, de decepo, de impotncia que nos caracteriza, definitivamente no vejo como complexo de vira-lata, pelo contrrio, constato que existe uma conscincia crtica, um senso de discernimento, que temos uma rdua tarefa de reconstruo nacional!

    Assim como fizeram os alemes, aps o fim daquele que foi o maior conflito da Humanidade, e hoje desfrutam uma posio privilegiada no mundo, cabe a ns fazer o mesmo.

    Admito que no temos um Konrad Adenauer, que conduziu a Alemanha para o desenvolvimento, mas poderamos usar a nossa fora eleitoral para escolher o prximo presidente com mais responsabilidade conosco e com o Brasil, deixando de lado a ideologia que est nos desintegrando como nao, e rompendo a unidade nacional!

    O articulista Philipp foi demasiadamente ingnuo certamente explica um aspecto desse povo brilhante, que o alemo, ter sido usado por um austraco e simples Cabo do Exrcito.

    O correspondente do DW est sentado na sua Mercedes Benz, confortavelmente instalado no potente e seguro veculo alemo e que teve um pneu furado, enquanto andamos em Braslias queimando leo, sem freios, pneus carecas, marchas escapando por problemas na caixa, sem estofamentos, sem faris e sinaleiras, lataria enferrujada, suspenso inexistente, porm nos dizendo que o seu maravilhoso carro tambm tem seus defeitos.

    Ah, Philipp, hol etwas Kokosnuss auf den Asphalt, geh!

    • O viralatismo dentro do Brasil surreal!

      Graas a nossa imprensa, a elite, nossa classe de “intelectuais” universitria, etc etc etc, o viralatismo hoje um cncer no pas.

      Nenhum vira-lata brasileiro quer de verdade, REALMENTE, conhecer e entender o Brasil!

      Para os nossos vira-latas o Brasil resumido assim:

      Pas corrupto desde a sua colonizao feita pelos portugueses; a formao do nosso pas foi feita a base de estupros (?!); foram os imigrantes italianos, alemes e japoneses que nos trouxeram crescimento e desenvolvimento; etc etc etc

      Quando se d ouvidos para os Eduardo Buenos da vida, o famoso copia e cola nos seus “estudos” da histria do Brasil, a moral do brasileiro vai caindo e com o tempo o brasileiro no tem porque lutar pelo seu pas, j que ele foi (des)ensinado que sempre foi uma merda!

      Afinal, por que o brasileiro vai lutar por um pas em que desde pequeno ele foi doutrinado em acreditar que uma porcaria?!

  3. E um simples artigo de meia pgina, este Chucrute falou de quase todos os problemas mais gritantes na Alemanha.
    Se fosse analisar esta zona de Pas em que vivemos atualmente, ou melhor, sempre vivemos, gastaria, no mnimo, umas trs geraes, toneladas de papel e milhares de gales de tinta para descrever os problemas que enfrentamos devido, principalmente, m gesto de tantos canalhas, estpidos, desonestos e incompetentes que elegemos continuamente…
    Esta a nossa vergonha, Sr. Chucrute!

  4. A tendncia aumentar, com nmero de alcolatras crescente! At antes de inventarem as latinhas, o consumo de bebidas j era elevado, que batizou, inclusive, nome de aeroporto: Viracopos. Com a industrializao e reciclagem das latinhas, Vira-Latas t mais na moda do que nunca!

  5. Que maravilha, o Brasil sendo comparado a Alemanha, e ainda mais, por um alemo, que mora no Brasil.
    Ele cita um escndalo poltico acontecido por l, e vejam bem, envolve justamente o “reunificador” da Alemanha, Helmut Kohl, mas isto j passa longe de uns vinte anos, talvez neste meio tempo, no tenham acontecidos outros, porque ele lembraria.
    Ns por c, temos sempre a certeza que a cada dia, surgir um novo escndalo, ou as vezes at mais de um.
    Fui uma vez a Alemanha e fiquei impressionado como as coisa so por l.
    Um dia, percorramos uma estrada rural, e deparamos com uma carreta de trator parada a beira da estrada, com vrios sacos de batatas e que tinha apenas uma placa onde dizia, KARTOFFEL, mostrava o preo de cada saco e uma caixinha de madeira, onde continha o dinheiro e ningum para vender a mercadoria.
    Perguntei ao meu cicerone, que era brasileiro e vivia a muitos anos l, como era possvel aquilo.
    Ento ele me explicou, que quem se interessar por adquirir as batatas, deposita o dinheiro na tal caixinha, faz o seu prprio troco e vai embora.
    Agora vem o dito cidado alemo a dizer que o Brasil bastante parecido com a Alemanha.
    Quem puder, que v at l, e depois faa as suas comparaes.

    • Che, mas tenho de rir, e muito.

      Ainda bem que as batatas estavam sendo vendidas numa estrada rural.
      Eu queria ver as batatas sendo oferecidas em cima de uma carroa ou qualquer outro veculo, se haveria essa histria relatada.

      Nem carroa, nem batatas, nem caixinha e, muito menos dinheiro, se o produtor fizesse isso numa cidade!

  6. Coloquei esse artigo de um alemo apenas com a inteno de refletirmos. Quando nos comparamos aos outros pases, sempre procuramos nos diminuir ainda mais, ressaltando apenas as coisas negativas. As positivas passam ao largo.

    Com esse comportamento nosso esprito nacionalista minado. Assim, muitos de ns pensamos algo como: as instituies de outros pases so uma maravilha, perfeitas e as nossas as piores. O nosso sistema de sade o pior do mundo. Nossas empresas so incapazes, o melhor mesmo vender tudo, pois nosso pas s progredir quando tudo for vendido.

    E assim vamos, com o esprito de vira-latas sobressaindo, matando qualquer iniciativa para nos desenvolvermos verdadeiramente.

    Sim, temos de melhorar e muito, mas devemos ser mais nacionalistas. De sermos mais patriotas, com aes concretas, no apenas com palavras. Os pases que se desenvolveram seguiram esse caminho.

  7. Faltou apontar o maior crime de lesa-ptria produzido pela irresponsvel ,Angela Merkel,ao abrir as porteiras do territrio alemo para “refugiados” islmicos.

    PS-Sei,por relatos de casais gachos amigos,que vivem e trabalham na Alemanha,a grande imprensa e mrdia em geral,nada dizem sobre essa realidade trgica.

    PS2-Mulheres alems so estupradas em bairros
    de periferia e nas estaes de metr,por jovens muulmanos,como ato de rotina.E as “autoridades alems nada fazem.

    PS3-Os “refugiados” islmicos,quase a maioria,
    vive s custas do governo em tudo (alimentao,moradia,sade,…).Alm do governo alemo construir milhares de mesquitas,para que
    a cultura religiosa dos “refugiados” se mantenha.
    Pode?

    PS4-ngela Merkel fazer o que fez,no de estranhar,porque ela est totalmente aliada aos globalistas (leia-se:Nova Ordem Mundial).

    PS5-Para cada alemo que nasce,nascem 6 muulmanos.Em pouco menos de 25 anos,sero
    a maioria quase absoluta da populao.
    O pas se transformar na Repblica Islmica da Alemanha.

    PS6-A ttulo comparativo de governo,o exemplo perfeito do Japo.O governo japons proibiu qualquer acolhimento ou imigrao de refugiados
    islmicos.Zero.Nenhum islmico em territrio japons.

    PS7-Na Inglaterra,Na Frana,ustria,(…),a tragdia a mesma.
    “Refugiados” muulmanos,tomaram conta de bairros de periferia,onde a lei da Sharia manda.
    E nenhuma autoridade de governa entra.

    (…)

    • Tambm tenho amigos que trabalham na Alemanha.
      Pelo que sei, a imigrao de vrios pases, inclusive dos EUA e do Brasil, a soluo para manter o crescimento econmico do pas, j que a taxa de natalidade baixa.

      Apenas um partido da extrema direita (e que gosta de fabricar fakes news) contra a imigrao.

      • Prezados, vou a Alemanha todos os anos, exceto este, bvio, meus dois filhos moram l.

        O mais novo, 36 anos, formado em engenharia mecanica e especializao pela Universidade Tecnica de Darmstad, trabalha na Roche h mais de 8 anos, reside h mais de 18 anos l.

        O mais velho trabalha na Bombardier e est na Alemanha h mais de 7 anos.

        Segurana: cansei de deixar o carro aberto a noite para encontr-lo intacto, inclusive com os documentos dentro do porta-luvas.

        99% dos alemes falam ingles. Boa refeio por 15 euros. To logo me aposente vou morar l. Meus filhos tem dupla nacionalidade.

        Carlo Germani no sabe o que fala.

        • De pleno acordo Xar Miguel.
          Tambm conheo a Alemanha e se trata de um Pas fantstico.
          A educao a maior jia da “Coroa ” alem…
          Um povo educadssimo…
          Sds.
          Ricardo Lemos.

          • Pois Xar, entendo que na Europa vive-se melhor na Alemanha, h menos turistas – exceto Berlim e algumas rotas – que no resto continente.

            E no Brasil, embora gacho, tenho preferencia por Belo Horizonte…tenho um apto no Santo Antonio.

            Queijo canastra, Walls e entrecote no Verdemar…hum. Abrao!

        • Ricardo,

          No precisas de um motorista, mordomo, faxineiro, jardineiro …?
          Sou especialista em dirigir carros alemes e conheo como poucos a flora germnica.

          Aceito qualquer proposta!!!

          Abrao.
          Sade e paz.

          • Venham os dois para BH e sero muito bem recebidos, quando poderemos ir em alguns butecos tradicionalmente alemes como o HOFBRAUHAUS (famoso HB ), que na Amrica Latina s tem em BH e a propsito fica bem pertinho do Apto do Xar Miguel e, quanto aos carros alemes, caro Mr. Bendl, vou ficar devendo, pois nunca consegui ter um bom !!!
            Apenas os VW, do povo n?
            KKKKKK…
            Abrao forte para vocs.
            Ricardo Lemos.
            Obs : a ltima apario de Hitler em pblico, foi em um HB em Munchen.
            S por coriosidade…

        • Ricardo Miguel (?) !

          Voc dizer que no sei o que escrevo,no mexe com meu pulso.

          1) Pelo visto voc no entendeu absolutamente nada do escrevi.

          2) Sugesto: quando voc questionar ou criticar algum escreva seu nome por inteiro.

          3) Sugesto 2: No esquea de sugerir o nome MOHAMED para os futuros netos.

          Aquele abrao!
          Carlo Germani

  8. Quanto s preferncias do Xar Miguel, posso testemunhar que tem um gosto muito apurado e conhece a fundo a terrinha aqui.
    Moro no Lourdes, pertinho do Tip Top e do Santo Antonio.
    Abrao, amigo.
    Aparea…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.