Cabralzinho: “Foi minha última eleição”

Helio Fernandes

A mais satisfatória do dia, se fosse verdadeira. Mas nada no governador reeeleito pode ser tido como verdadeiro. Como já disse que cabralzinho é o Jogador Macunaíma, começou a jogar com 4 anos de antecedência.

Na verdade, governador eleito e reeleito, sobraria em 2014 para cabralzinho a eleição certa para o senado. (É da tradição brasileira, governador se eleger senador). Mas cabralzinho já esteve na capital 4 anos, passou inteiramente desprezado e desconhecido, não tem discurso para Brasília, é muito primário.

Então o que pretende? Mais do que evidente, a última jogada, ou o enterro político sem velório, seria a cremação eleitoral. Se isso acontecer, nem os comunistas (muito criativos), poderiam repetir a recomendação de 1965, para o governo da Guanabara: “Vote em Negrão com o lenço no nariz, mas vote”. Agora, se tivessem oportunidade, diriam na certa: “Mesmo com o lenço no nariz, não vote em cabralzinho”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *