Cabralzinho: “Ganho no primeiro turno, certo”

É o que tem dito, na maior tranquilidade. Considera que a desistência de Garotinho não favorece Gabeira. Em relação a este candidato, só se refere de forma eleitoralmente desprezível: “Não tem voto, a não ser para deputado”.

A luta pelo Senado

Cabral diz, “com meu apoio, Picciani está eleito”. Este, que está certo da vitória, fica furioso e, em particular, afirma: “Estou eleito, mas não preciso dos votos dele”.

Picciani nem diz o nome de cabralzinho. Há tempos tiveram briga tão violenta que Picciani teve “derrame facial”, ficou deformado longo tempo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *