Campanha de apoiadores pede Nobel da Paz para Bolsonaro, o entusiasta da cloroquina

Charge do Iotti (gauchazh.clicrbs.com.br)

Deu no Correio Braziliense

Uma campanha pela indicação do presidente Jair Bolsonaro ao prêmio Nobel da Paz tornou-se no começo da tarde desta quinta-feira, dia 9, o assunto mais relevante do Twitter brasileiro.

A #JairNobeldaPaz acumulava até as 12h30 mais de 40 mil menções, dividindo usuários entre os que defendem que o entusiasmo do presidente com a medicação hidroxicloroquina é digno de um Nobel e os que ironizam a campanha promovida pelos bolsonaristas.

BOLSOFATO – Entre os defensores do presidente, provocações do tipo “a esquerda está surtada” aparecem ao lado de piadas que reforçam a ligação entre o presidente Bolsonaro e a administração da cloroquina aos doentes da Covid-19. A frase “sou a favor de mudar o nome do medicamento para bolsofato de hidroxicloromito” tem sido tuitada muitas vezes.

Os bolsonaristas compartilham da crença do presidente de que a cloroquina pode ser parte da solução do problema gerado pelo coronavírus. Para um dos usuários, “Deus se agradou do nosso jejum, e haverá prosperidade no Brasil e nós iremos liderar o mundo através do nosso presidente Jair Bolsonaro”, em referência ao dia de jejum e oração que aconteceu, no último domingo, dia 5, incentivado pelo presidente.

IRONIA – Os críticos se referiram à campanha com sarcasmo. “Não tem como levar a sério uma rede social em que o trend é “JairNobeldaPaz”, escreveu um usuário. Outra usuária chamou a campanha de “piada do ano”. “Só se for o Nobel da Paz do mundo invertido”, tuitou.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
–  A matéria, candidata à Piada do Ano, apesar do tom irônico, reflete uma infeliz realidade, tendo em vista que milhares de apoiadores ainda acreditam piamente em tudo em que Bolsonaro diz e faz. Para esses, independentemente de base científica, de fatos ou mesmo se todo o resto do mundo  segue em um caminho, se Bolsonaro diz que a Terra é quadrada, continuarão a bater palmas para o insano dançar. Deve ser um dos únicos governantes do planeta que em meio a uma pandemia, aparece na TV sorrindo, fazendo piadas e, inerte, tem como saída culpar os outros pela situação atual. Recentemente foi publicado um vídeo na internet em que um grupo de idosos se aglomerou na rua convocando uma grande manifestação em defesa do presidente. Diziam que tudo isso é uma grande conspiração para tentar derrubar o mito. Precisa dizer mais ? Uma coisa é a ideologia, outra é a irracionalidade. Para tudo há limite. Pior do que torcer contra é apoiar as irresponsabilidades e os devaneios de um mandatário sem norte ou garantias. (Marcelo Copelli)

32 thoughts on “Campanha de apoiadores pede Nobel da Paz para Bolsonaro, o entusiasta da cloroquina

  1. Marcelo Copelli, tenho a impressão que dentro de pouco tempo estarão dizendo que esse pessoal que cerca as aparições de rua de Bolsonaro representa a versão atualizada do “pão com mortadela” …

    • Se o povo Brasileiro lesse uma bula de qualquer remédio, jamais o tomaria, de tantos efeitos colaterais possíveis.

      Então, é inútil ficar falando de possíveis efeitos colaterais da Hidroxicloroquina.

      Vamos ser razoáveis se o remédio cura, os efeitos colaterais tem outros medicamentos para contornar.
      A proposição do nosso presidente é de solucionar a questão mais grave que é o Covide 19.

  2. “…se Bolsonaro diz que a Terra é quadrada, continuarão a bater palmas para o insano dançar.”

    Falou tudo, Copelli.

    E complemento:

    ““O fanatismo é a única forma de vontade que pode ser incutida nos fracos e nos tímidos.”
    FRIEDRICH WILHELM NIETZSCHE

  3. Não precisa-se falar mais nada, a Nota de Redação do Blog disse tudo, Concordo plenamente e digo mais, repetindo o que disse o general Geisel: Bolsonaro não é uma pessoa normal

  4. “A Cloroquina não é paracetamol. Ela pode ter efeitos deletérios nos pacientes e aumentar o risco para o coração”, alerta a imunologista Françoise Barré-Sinoussi, codescobridora do vírus HIV e ganhadora do Prêmio Nobel de Medicina de 2008. “A eficácia da cloroquina não foi provada”, disse Françoise, que é presidente do comitê de pesquisa da Covid-19 da França, aos jornais locais. Ela pede aos médicos que sejam responsáveis.”

    Essa é para os autômatos.

  5. Era a mesma coisa com o Ladrão: tentaram inscrevè-lo para o Nobel da Paz, depois disseram que ele aceitaria ser presidente da ONU, depois do World Bank. E acabou na cadeia!
    São uns palhaços. O problema é que são brasileiros e nos envergonham lá fora.
    Quanto ao presidente, creio que ele esteja esclerosado.

  6. Obrigada por exporem suas opiniões! Nem tenho twitter, mas quando vejo essas loucuras no Facebook, fanatismo, alienação, uma paixão que beira ao ridículo, fico tão arrasada que saio procurando se ainda existe lucidez, para não achar que a demente sou eu. E quase sempre a encontro em algum lugar. Saúde!

  7. Bolsonaro é o flautista de Hamlim. Vai tocando a sua flauta e levando à loucura todos aqueles que ouvem a sua música. No final todos terminam na cova. Simples assim!

  8. O Nobel da Paz e nada são a mesma coisa do ponto de vista moral:
    -Enquanto os marines americanos matavam os iraquianos, o mandatário das chacinas recebia o tal prêmio.

  9. Renné y Alfinete,

    Declino, então, de qualquer mensagem tua neste sentido, de uma Feliz Páscoa, pois não quero levar uma espetada.

    Mas, por favor, aceita os meus votos de Feliz Páscoa, pois não odeio as pessoas, pelo contrário.

    Te cuida!

Deixe uma resposta para Fernando Albuquerque Lima Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *