Candidato próprio do PMDB e debate franco

Márcia Bittencourth
”Helio, aqui da Paraíba, minha satisfação pelo teu belo artigo e exigência do candidato próprio para presidente do meu PMDB. Não tenho voz nem voto, mas o que não me falta é esperança. Sou muito moça, não é que eu ache que devemos esperar, mas pelo menos tenho tempo”.

Comentário de Helio Fernandes
Notável, Márcia, o que o Brasil precisa mesmo é de tempo. Quer dizer, tempo aproveitável. Tempo perdido e esbanjado existe de forma lamentável. Deviam obrigar os partidos a terem candidato próprio. E a lerem a carta de Pero Vaz de Caminha.

Valdir Stédile
”Desejo que o governador Roberto Requião consiga a façanha de vencer as manobras da cúpula do PMDB, tendentes a fazer aliança com o PTL (Partido dos Trabalhadores do Lula), e possa ser candidato a presidente, servindo de exemplo para que o PDT também lance candidato próprio a presidente. Nós não queremos o governo para dizer amém a tudo, vamos cooperar para que o presidente Lula erre menos”.

Comentário de Helio Fernandes
Obrigado, Valdir, o que você e seu irmão Valmor tem contribuído para revelação e esclarecimento de fatos históricos, inimaginável.

Tenho que agradecer também a muitos outros, como Aquino, Werneck, Rubem César, e mais e mais, por tudo que tem trazido a público. O objetivo deste blog (que já foi identificado como “o mais instigante”, por permitir o debate franco e aberto) é exatamente esse: debater sem hostilidade, sem obrigação de elogiar uns aos outros, mas também sem a necessidade de agredir.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *