Cardozo não tem mais condições de continuar ministro

José Eduardo Cardozo tem obrigação de se demitir

Jorge Béja

A notícia que o Dr. José Carlos Werneck nos traz é grave: o ministro da Justiça, autoridade máxima da Polícia Federal, pretendia deixar a pasta em razão da pressão do PT e dos empreiteiros envolvidos na Operação Lava Jato para interferir nas investigações da Polícia Federal. Pretendia, não pretende mais e vai continuar ministro.

Isso é bastante grave, Dr. José Carlos Werneck. O ministro revela que sofre pressão do PT e dos empreiteiros para interferir na ação da Polícia Federal que ele próprio comanda. É evidente que não se trata de pressão para agir com isenção e energia, e sim com parcialidade e frouxidão, a fim de beneficiar o PT, os empreiteiros e dificultar o trabalho da Justiça, mais precisamente do Juiz Sérgio Moro. Não há outro significado, outro entendimento, outra tradução. Pela notícia, Cardozo foi até explícito. Nem precisava e nem precisou dizer mais nada. O que disse é suficiente até demais.

PREVARICANDO…

Ainda assim, sem tomar as medidas legais que lhe competiam contra os que tentam corrompê-lo (tráfico de influência, direta ou indireta e assédio para perverter autoridade são crimes ), Cardozo decide continuar ministro!!! Cardozo torna público o crime contra ele tentado, aponta os criminosos (PT e empreiteiros), ameaça deixar o cargo, volta atrás, continua ministro e prevarica por omissão, por não comunicar ao Ministério Público Federal o assédio que diz sofrer por parte do PT e dos empreiteiros.

Constato que Cardozo não tem mais condição de continuar ministro. Essa agora foi longe demais. Tudo isso é muito cínico. Fico a imaginar que reação teria o Juiz Sérgio Moro, se Sua Excelência sofresse a mais leve pressão para afrouxar a condução das ações penais que preside. Ameaçaria deixar a presidência? É claro que não. Continuaria juiz de todos esses feitos e oficiaria à Promotoria Pública Federal para abrir inquérito ou mesmo ações penais contra os que tentaram corrompê-lo? É claro que sim. Estamos falando de um Juiz de verdade, de envergadura, independente, sábio e forte.

3 thoughts on “Cardozo não tem mais condições de continuar ministro

  1. Prezado Dr. Béja
    Permita-me opinar. Nada mais pode estranhar as pessoas de bem, quanto a ocupação de cargos de confiança . Afinal, vivemos em um país (ainda será?) onde a falta de caráter, de vergonha na cara e de princípios, notadamente daqueles que ocupam os maiores e principais cargos da administração pública, tornou-se uma coisa normal.
    Cardozo só pode ser ministro da justiça em governos petistas ou de igual qualidade! É enrolado e enrolão,
    Aliás, para participar de um governo corrupto, o sujeito não pode possuir princípios.
    Abraço e saúde.

    • Obrigado Fallavena por ter lido e lançado comentário contundente e irretocável. Depois que um ministro da Justiça declara que preferia morrer a cumprir pena nos cárceres brasileiros, sendo ele ministro de governo cujo partido está há mais de 12 anos no poder, é o autorreconhecimento de uma administração ineficaz. E que se descobriu corruptississississísssssima, para usar o estilo de reagir do nosso querido Hélio Fernandes. E com esta declaração, feita no momento oportuno e preciso, beneficiou Pizzolato, cuja extradição para o Brasil está sendo dificultada pela Itália justamente pela situação das penitenciárias brasileiras. Cardozo ajudou Pizzolato, que ajudou o PT de Cardozo, que ajudou Pizollato. Esta semana o Banco do Brasil em Recife (salvo engano quanto à capital) vendeu um punhado de dólares falsos para quem foi à agência comprar a moeda americana!!!!! Querem mais?

  2. Todo esse governo eivado de corrupção precisa ser demitido. A sociedade bem que tentou mas a apuração secreta do Toffoli não deixou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *