“Carinhoso”, uma obra eterna de Pixinguinha e Braguinha, dois parceiros geniais

Imagem relacionada

Braguinha, um carioca da gema

Paulo Peres
Site Poemas & Canções

O compositor carioca Carlos Alberto Ferreira Braga (1907-206), conhecido como Braguinha ou João de Barro, fez uma belíssima declaração de amor ao colocar letra no famoso choro “Carinhoso”, um dos maiores clássicos da MPB, composto por Pixinguinha.  “Carinhoso” foi gravado por Orlando Silva, em 1937, pela RCA Victor.

CARINHOSO
Pixinguinha e João de Barro

Meu coração, não sei por quê
Bate feliz quando te vê
E os meus olhos ficam sorrindo
E pelas ruas vão te seguindo,
Mas mesmo assim foges de mim.

Ah se tu soubesses
Como sou tão carinhoso
E o muito, muito que te quero.
E como é sincero o meu amor,
Eu sei que tu não fugirias mais de mim.

Vem, vem, vem, vem,
Vem sentir o calor dos lábios meus
A procura dos teus.
Vem matar essa paixão
Que me devora o coração
E só assim então serei feliz,
Bem feliz.

3 thoughts on ““Carinhoso”, uma obra eterna de Pixinguinha e Braguinha, dois parceiros geniais

  1. Jean Chamorro é um músico catalão nascido para o jazz. Mantém uma escola em que reúne jovens talentos e, com eles, percorre vários países com suas magistrais apresentações. No vídeo abaixo, veremos o nosso “Carinhoso”, de Pixinguinha e João de Barro, na interpretação de Rita Payes, presença marcante na Sant Andreu Jazz Band. Sugiro aos amigos da música que explorem outros vídeos desse magnífico maestro e seus pupilos que encantam o mundo com a música brasileira em seu repertório…

    https://www.youtube.com/watch?v=OeGnMU3Z37s

Deixe uma resposta para César - Fortaleza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *