Carlos Bolsonaro declara que “ONGs vagabundas” estão atacando seu pai, e as entidades debocham

PF identifica Carlos Bolsonaro como articulador em esquema criminoso de  fake news | Política | Valor Econômico

Carluxo continua usando as redes para provocações

Gabriela Oliva
O Globo

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), usou o Twitter na noite desta segunda-feira para criticar as ONGs, na véspera do discurso do pai na 75ª Assembleia Geral da ONU.

Todas as ONGs vagabundas se organizando nas redes sociais para orquestrar panelaço contra o Presidente amanhã em seu discurso para a ONU. Este tipo de MOVIMENTO ORQUESTRADO jamais será investigado e nem será motivo de inquérito, óbvio! O LÍDER ELEITO DA NAÇÃO é alvo”, completou.

CONTRA-ATAQUE – As entidades contra-atacaram a declaração do vereador pela rede social. O Observatório do Clima — rede de 37 entidades formada com o objetivo de discutir as mudanças climáticas —   respondeu, em tom de deboche, Carlos Bolsonaro. “Ói o Carluxo, que luxo, ajudando a chamar pro panelaço”.

Bolsonaro abriu na manhã de terça-feira, às 10h, o encontro virtual da Organização das Nações Unidas (ONU). Em seu discurso, o presidente fez uma série de declarações polêmicas. Entre elas, afirmou que o Brasil é vítima de brutal campanha de desinformação sobre Amazônia e Pantanal, além de declarar que índios e caboclos são responsáveis pelas queimadas.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG –
Os dias de comemoração acabaram para Carluxo Bolsonaro. Investigado no inquérito do Supremo sobre atos antidemocráticos, ele vai se arrepender de ter menosprezado seu mandato de vereador e ido morar em Brasília, para chefiar o “Gabinete do Ódio” no terceiro andar do Palácio do Planalto, ao lado do gabinete presidencial. Por causa dessa atuação de Carluxo, auxiliado pelos irmãos Zero Um e Zero Três, o pai poderá fica sob ameaça de impeachment. (C.N.)

7 thoughts on “Carlos Bolsonaro declara que “ONGs vagabundas” estão atacando seu pai, e as entidades debocham

  1. Matéria idiota! O número de ONGs segue diminuindo, dinheiro público foi cortado, conselho da Amazonia esta tomando as redias de tudo na região e o numero de militares e operações cresce a cada ano. Quem ri e debocha das das ONGs são Bolsonaro e as Forças Armadas.

    • O dinheiro foi cortado das ONGS e foi para o gabinete do ódio divulgar as fake News, bem como para pagar os robôs para aplaudir toda e qualquer m@rda que o clã bolsomiliciano fala.

    • Carlos Marchi (via Facebook)

      A FASCINAÇÃO POR DINHEIRO SONANTE

      A última é que o deputado Eduardo Bolsonaro usou R$ 150 mil em dinheiro vivo para pagar dois apartamentos na zona sul do Rio.
      Os apartamento foram comprados em 2011 e 2016, segundo o jornal O Globo.
      O que salta à vista, além da fascinação da família por dinheiro vivo, é a repetida aplicação da grana em imóveis.
      E salta mais ainda a comprovação de que a criação da nota de R$ 200,00 é pra ajudar a movimentação financeira da família.
      Cabe urgentemente que seja informado à sociedade brasileira quantos imóveis cada membro da família tem em seu nome.
      Os que estão em nome de cada um e os que estão em nome do laranjal.

      https://www.facebook.com/carlos.marchi.3/posts/5230004657016980

Deixe uma resposta para Renato Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *