Caso Moreira Franco certamente irá ao plenário do Supremo, avisa Gilmar Mendes

Gilmar elogia Mello e diz que há nuances, caso a caso

Eduardo Bresciani
O Globo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes afirmou que o caso envolvendo a nomeação de Moreira Franco como ministro da Secretaria Geral da Presidência da República “certamente” ainda será debatido pelo plenário da Corte. Decisão monocrática do ministro Celso de Mello devolveu a Moreira o status de ministro e o foro privilegiado. No ano passado, Gilmar deu uma liminar que impediu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de tornar-se ministro de Dilma Rousseff.

— Certamente o caso do ministro Celso, do Moreira Franco, irá a plenário. Porque ele é ministro e continua. No caso do presidente Lula, o plenário entendeu que estava prejudicado porque perdera o objeto — afirmou Gilmar.

HÁ NUANCES – Gilmar Mendes disse que uma discussão em plenário, porém, teria dificuldade de fixar uma regra definitiva para o caso de pessoas investigadas que viram ministro porque haveriam nuances em cada caso.

— É difícil ter um entendimento sumular porque as situações têm nuances, tem aspectos que precisam ser distinguidos, de um caso e do outro — afirmou, acresentandonão ter lido ainda a decisão de Celso de Mello.

— Não tive tempo de ler. Mas se é do Celso, deve estar certo — disse Gilmar Mendes, que concedeu entrevista no Tribunal Superior Eleitoral, presidido por ele, que se reuniu com presidentes dos partidos para debater projeto em tramitação na Câmara que visa tirar poder da Justiça Eleitoral e liberar o funcionamento por tempo indeterminado das comissões provisórias das legendas.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGGilmar Mendes tem razão. Não há como estabelecer jurisprudência em situações desse tipo. No caso de Lula, por exemplo, havia a evidência da gravação de Dilma sobre o “Bessias” e a prova material do termo de posse falso e antecipado. No caso de Moreira Franco, as nuances são muito diferentes. E as primeiras informações liberadas sobre as delações da Odebrecht indicam que Moreira não recebeu propinas nem operou doações, quem operava era o atual ministro Eliseu Padilha, que também possui foro privilegiado. (C.N.)

7 thoughts on “Caso Moreira Franco certamente irá ao plenário do Supremo, avisa Gilmar Mendes

  1. Tudo jogo de cena, todos do STF se uniram, e fazem parte do mesmo projeto espúrio de poder.

    O STF, Congresso e Temer, formam um único corpo, para dar seguimento ao projeto de manietação total do povo brasileiro.

    Certamente por trás das reformas trabalhistas e previdenciárias, estão interesses de grupos, que transformarão o povo brasileiro numa legião de neo escravos.

    Infelizmente o Brasil acabou!

  2. A questão moral é de natureza inata ao ser humano, por isso o assunto Moreira é tão difícil de se explicar o inexplicável a qualquer ser humano com senso de justiça. Este caso é um deles, a maioria vê dois pesos e duas medidas, alguns tentam mudar uma questão que não pode ser mudada: a moral e o imoral. Poderiam ao menos ser sinceros, ao invés de tentar enganar à todos, dizendo que o que prevalece é o que me convém e não a justiça. CN, não é querer defender o PT, é que é impossível ficar quieto diante de tantas injustiças e absurdos, somente possível em países de terceiro mundo e colônia como o nosso, quer dizer : “deles”.

  3. “###
    NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Gilmar Mendes tem razão. Não há como estabelecer jurisprudência em situações desse tipo. No caso de Lula, por exemplo, havia a evidência da gravação de Dilma sobre o “Bessias” e a prova material do termo de posse falso e antecipado. No caso de Moreira Franco, as nuances são muito diferentes. E as primeiras informações liberadas sobre as delações da Odebrecht indicam que Moreira não recebeu propinas nem operou doações, quem operava era o atual ministro Eliseu Padilha, que também possui foro privilegiado. (C.N.)”
    Prezado Carlos Newton,
    Mais que perfeito!

  4. Como a N/R afirma a todo o momento e com tanta certeza que o Angorá e o Soninho Todo Puro só receberam caixa 2 , se há 192 processos ocultos e o sigilo das premiadas foram fatiados ? Mãe Dinah ?

  5. Numa análise fria, fico com a nota do Blog muito bem analisada.
    No tempo em que Moreira Franco foi candidato a governador pelo Rio de Janeiro, havia um slogan que dizia:o povo não esquece Moreira é PDS, desde então, nenhuma admiração pelo Moreira Franco.
    O Caso do Moreira Franco e do Lula é totalmente diferente, não tem nada de similar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *