Caso o Supremo arquive inquérito, Bolsonaro poderá indicar Ramagem para comandar a PF

Bolsonaro já disse que nomear Ramagem seria um “sonho”

Andréia Sadi
G1

Aliados do presidente Jair Bolsonaro avaliam, nos bastidores, que o presidente não desistiu de nomear Alexandre Ramagem para o comando da Polícia Federal – apenas aguarda uma solução jurídica para não “afrontar” o Supremo Tribunal Federal.

Ramagem, amigo da família Bolsonaro, foi o pivô da demissão de Sergio Moro do governo. Mas não assumiu o comando da PF por um veto do ministro Alexandre de Moraes. No entanto, Bolsonaro já disse publicamente que nomear Ramagem seria um “sonho” e que ele gostaria que fosse concretizado “brevemente”.

PACIFICAÇÃO – Assessores do presidente ouvidos pelo blog nos últimos dias afirmam que Bolsonaro só indicaria Ramagem se houvesse uma pacificação com o STF – e que a expectativa é que o STF arquive o inquérito da interferência política na PF, abrindo, assim caminho para essa possibilidade de Ramagem assumir a PF.

Nas palavras de um interlocutor de Bolsonaro, o presidente não vai assumir um novo desgaste nesse tema. Outra possibilidade, também em discussão, seria indicar Ramagem para o Ministério da Segurança Pública, que teria de ser criado. A Polícia Federal passaria a estar submetida à sua pasta.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Os assessores do Planalto não sossegam. É mais uma fake news que eles tentam plantar, para desviar a atenção sobre o inquérito que apura as tentativas de Bolsonaro interferir na Polícia Federal para proteger a família e os amigos, conforme ele próprio declarou na reunião ministerial de 22 de abril. O futuro de Bolsonaro e sua permanência como presidente da República estão nas mãos de Alexandre de Moraes, um ministro implacável, que parece destinado a entrar na História por sua independência, seguindo o exemplo de juristas de verdade, como Adaucto Lucio Cardoso. (C.N.)

6 thoughts on “Caso o Supremo arquive inquérito, Bolsonaro poderá indicar Ramagem para comandar a PF

  1. O antibolsonarismo de CN só não é maior que seu antipetismo. Afinal, quando de trata de Lula e dos últimos tempos de Jair as análises do editor não passam de expressões do seu desejo sem base nos fatos.

  2. Realmente o jornalista Carlos Newton se perdeu completamente no personagem, tudo agora se justifica em derrubar o Bolsonaro, até chamar de jurista o Kojak do STF.
    Como eu já vi muita gente falando o mais fanático não é o petista, nem tampouco é o bolsonarista, é o antibolsonaro, que não enxerga mais nada, parece acordar de manhã já xingando o Bolsonaro de alguma coisa….

  3. Apesar das muitas trapalhadas do JB, ele é o presidente. E o poder que tem lhe confere a COMPLETA subordinação da PF, da PRF, das Forças Armadas e de TODO o executivo. Porque não poderia indicar um chefe de polícia?

  4. Alexandre de Moraes implacável e independente? Kkk… esquece que tem um PCC no caminho.

    Alexandre Ramagem será o próximo ministro da justiça e seguranca pública. Ele nao vai comandar a PF. Ele vai comandar quem comanda a PF. Kkk…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *