Cerveró, Youssef e Fernando Baiano enfim são incriminados

Deu no Estado de Minas

A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal (MPF) protocolou denúncia contra o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró. Ele responderá pela prática de dois atos de corrupção e 64 atos de lavagem de dinheiro. Além do ex-diretor da estatal, o MPF pede a condenação do doleiro Alberto Youssef, Júlio Gerin de Almeida Camargo e Fernando Antônio Falcão Soares, conhecido como Fernando Baiano, apontado nas investigações como o operador do PMDB, pelos crimes de corrupção, contra o sistema financeiro nacional e de lavagem de capitais. O MPF protocolou a denúncia na Justiça Federal do Paraná.

Na denúncia, que foi apresentada no noite deste domingo, 14, o MPF pediu, ainda, o ressarcimento no valor de aproximadamente R$ 156 milhões, sem prejuízo do confisco de aproximadamente R$ 140 milhões provenientes de crime. Busca-se, assim, um retorno aos cofres públicos de R$ 296 milhões.

Os desvios cometidos pelos acusados teriam ocorrido entre 2006 e 2012. De acordo com a denúncia do MPF, em 2006, o então diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró e Fernando Baiano acertaram com Julio Camargo o pagamento de vantagens indevidas no valor aproximado de US$ 15 milhões para que fosse viabilizada a contratação, pela Petrobras, do Navio-Sonda Petrobras 100000 com o estaleiro Samsung Heavy Industries no valor de US$ 586 milhões.

EM ÁGUAS PROFUNDAS

O navio seria utilizado para perfuração de águas profundas na África. Após as negociações – e confirmada a promessa de pagamento da propina -, Cerveró adotou as providências necessárias, no âmbito da diretoria internacional, para que a contratação do navio-sonda fosse efetivada. A partir de então, Fernando Soares passou a receber a propina combinada e, em seguida, a repassar uma parte dos valores para Cerveró.

No ano seguinte foi acertado entre Soares, Cerveró e Camargo o pagamento de vantagens indevidas no montante aproximado de US$ 25 milhões para a viabilização da contratação do Navio-sonda Vitoria 10000, que operaria no Golfo o México, com o estaleiro Samsung Heavy. Tal contratação foi estimada em US$ 616 milhões.

PROPINAS

A par dos US$ 40 milhões que seriam repassados, a título de propina, para Fernando Soares e Nestor Cerveró, Júlio Camargo receberia da Samsung outros US$ 13 milhões por ter viabilizado os negócios.

Em um segundo momento, depois de ajustado o esquema criminoso, foi providenciado um sistema para lavar o dinheiro oriundo da corrupção e de crimes contra o sistema financeiro.

Desse modo, o dinheiro chegaria “limpo” para os beneficiários. De acordo com o MPF, foram realizadas múltiplas e complexas operações de lavagem de ativos, a exemplo de depósitos em contas bancárias no exterior, em nome de offshores e de pessoas interpostas, da simulação de contratos de câmbio e de investimento e da celebração de empréstimos bancários fraudulentos. Para a lavagem de parte deste valores, lançou-se mão aos serviços do operador financeiro do mercado negro Alberto Youssef.

3 thoughts on “Cerveró, Youssef e Fernando Baiano enfim são incriminados

  1. Guilherme Almeida, discordo de esses nada respeitáveis senhores serem bagrinhos. É organização criminosa. Cada qual tem seu papel. O deles foi, Deus pai!, bem executado.Que falta o chefão, já sabemos desde o mensalão, isso falta. Mas o dia dele há de chegar. Como também há de chegar o dia em que esse sr. Cerveró vá conhecer as instalações da hospedaria da PF em Curitiba. E não pode demorar, sr. ministro Teori.

    • Prezada Mara,

      Meu ponto de vista é que Cerveró, Youssef e Fernando Baiano só conseguiram operar por que às Vossas Excelências, de todos os partidos, também se locupletaram com esta situação e fazem parte da quadrilha. Corre na Rádio Peão que mais de 70 Vossas Excelências envolvidas sem ter seus nomes divulgados na imprensa devido foro privilegiado (roubar pode mas o nome não pode ser divulgado!).

      Se os políticos tivessem cumprido o discurso de suas campanhas, Cerveró, Youssef e Fernando Baiano, não conseguiriam jogar dentro da Petrobras nem os 2 minutos do primeiro tempo. Basta ver quem indica a pessoa para o cargo de Presidente e diretores da Petrobras.

      Continuo com meu ponto de vista que o maior Câncer deste país são as Vossas Excelências, no lugar de policiarem os dinheiros públicos, estimulam e forçam desvios até do Bolsa Família e Merenda Escolar.

      O maior exemplo é a Vossa Excelência Maluf, na lista de procurados pela Interpol não pode sair do país, se sair vai preso.

      Palavras do Lulanóquio:

      “Ser honesto é mais do que apenas não roubar e não deixar roubar. É também aplicar com eficiência e transparência, sem desperdícios, os recursos públicos focados em resultados sociais concretos”.
      (Presidente Lula, Posse 2003)

      “É exatamente por isso que eu quero ser reeleito, porque eu tenho certeza de quando souber, punirei. O problema é que durante muitos e muitos anos neste país ninguém sabia porque as coisas não aconteciam. Porque tinha corrupção, jogava embaixo do tapete.”
      Lula, debate com Alckmin
      Fonte:
      08/10/2006

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *