Chamem o ladrão, porque a Polícia sumiu. Em 786 dos 853 municípios de Minas, as delegacias fecham às 18 horas e não funcionam nos fins de semana e feriados.

Carlos Newton

Parece brincadeira, mas está na hora de mandar os policiais para casa e entregar as chaves das delegacias aos criminosos. Em Minas Gerais, a Polícia Militar vive em greve, reivindicando melhoria salarial e aumento do efetivo, uma vez que, nos últimos sete anos, o número de policiais civis subiu apenas 15%, passando de 9.117 para 10.500 homens, o que sobrecarrega os PMs, obrigados a abandonar o patrulhamento para auxiliar os serviços de investigação, por causa do reduzido efetivo de agentes da Polícia Civil.

Parece brincadeira, mas a falta de policiais obrigou o governo estadual a restringir os plantões nas delegacias regionais – dos 853 municípios mineiros, apenas 67 terão unidades abertas após as 18 horas e nos fins de semana e feriados.

Cabe então a pergunta: o que fez Aécio Neves em seus 8 anos de governo? Com um detalhe, o atual governador, Antonio Anastasia, era Secretário de Estado de Defesa Social e deixou o problema se agravar até atingir esse ponto. Anastasia diz que conhece bem o assunto e acredita que hoje a segurança pública em Minas tem indicadores melhores. “No passado, estaríamos discutindo sobre motins em penitenciárias e índices crescentes de homicídios”, tenta desconversar. Mas é claro que delegacia fechada é sinal de caos social. Anastasia é um bobalhão.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *