5 thoughts on “Charge do Alpino

    • Estou com o Sr. Iaco Silva .
      O leão virou hiena… a farra continua com a “nossa” grana… “desviada” em bilhões de reais dos impostos que os brasileiros pagam e que deveriam ter destino mais condizente com as necessidades do Brasil.
      Dinheiro público, desperdiçado, “afanado” nos “banheiros” do excelente Alpino.

  1. É sempre o mesmo o modus operandi das grandes empreiteiras, que sugam o nosso suado dinheiro, em formação de quadrilha, digo, de consórcios, em conluio com a politicalha: contratos bilionários superfaturados, usam material de 5ª, constroem a passo de cágado, descumprem prazos reiteradamente, para exigirem ‘adendos’ aos contratos firmados e assaltarem o cofre da viúva e, ao invés de serem penalizados com multas pedagógicas que doam no bolso e proibição de participarem de quaisquer negociatas, perdão, licitação do governo, continuam livres, leves, soltos e fagueiros, vivendo nababescamente com o sangue e o suor dos pagantes de impostos escorchantes desse país! São sempre os mesmos, que vivem eternamente no bem-bom, à custa do Tesouro/BNDES/BB/CEF, etc, ou seja, dos nossos impostos. Ontem morreu mais um pedreiro que trabalha na construção de uma dessas ‘arenas’ para a copa; o jeròme está ‘inconsolável’ com o passamento: qual! No final das contas (superfaturadas sempre!) trabalhamos para sustentar os privilegiados “amigos do rei”, independente de partido político porque, aos cinquenta anos de vida (tenho a mesma idade e nasci no mesmo mês do golpe de 64), ainda não vislumbrei nenhum partido que tenha um Programa sério para colocar o Brasil na posição que ele deve ocupar entre as nações nem para dar qualidade de vida ao povo (numa retribuição lógica aos impostos escorchantes que pagamos e ao altíssimo custo de vida!) Todos os presidentes, senadores, deputados federais, estaduais, vereadores, governadores, prefeitos só tem UM único projeto de vida, quando entram para a política: se dar muito bem, à custa da miséria do povo: Poder! roubar o máximo possível, se possível durante toda a sua vida (in)útil, como o caso de alguns que são políticos de profissão, nunca trabalharam na vida, a não ser pendurados em alguma sinecura! e isso vem desde o brasil colonia: existem famílias na politicalha desde as capitanias hereditárias (principalmente certas famílias nordestinas) para perpetuarem esse modelo homicida que lhes é inteiramente vantajoso, passando de pai para filhos, netos, bisnetos, tetranetos e toda a árvore genealógica, cuja seiva vital é arrancada do povo há 514 anos!

  2. Sou Advogada. O prédio da 2ª Instância Cível aqui do RJ foi construído pela ‘manjada’ Delta. Pois bem, após o término da construção, caríssima, como sempre, a obra ficou sob suspeita de ter problemas na estrutura: durante várias semanas, ficou interditado, carros de reportagem na porta…. depois, como sói acontecer por essas bandas de cá, a coisa esfriou, a globo deixou prá lá e não se falou mais no assunto. Sempre que vou interpor algum recurso na 2ª Instância, cuja distribuição fica no 4º andar da Lâmina I (mais antiga), fico olhando as várias passarelas, corredores, arranjos (alguns bem feios) – as várias lâminas construídas (II,III,IV…) são ligadas à lâmina I por passarelas suspensas – que ligam os vários prédios, remendos, etc. Por fora são palácios de vidro até bonitos, para quem aprecia o gênero, mas por dentro….não sei, não. Sempre ando naqueles corredores com um certo receio de que exista algo no ar, além dos aviões de carreira….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *