4 thoughts on “Charge do Alpino

  1. Não, não achei o Levi uma besta, ele foi objetivo, direto defendeu sua posição diante dos temas e citou artigos da constituição que norteavam as suas posições, creio que a besta é outro.

  2. Concordo com o leitor Júlio… o candidato Levy deu a sua opinião a uma pergunta marota da candidata Luciana Genro, e se estrepou por que disse a sua verdade… mas, não pode ser apedrejado por conta de seus princípios, que constitucionalmente estão garantidos.
    Depois, cada um têm sua opinião sobre o tema, como firmou o chargista Alpino… embora sujeita a duas interpretações. A primeira, na charge, o personagem concordando com a homofobia e condenando Levy; a segunda, admitindo que o Levy foi uma besta, por dar sua opinião no debate.
    Entre um e o outro, comungo com o comentado pelo senhor Júlio.

  3. O “politicamente correto” criado por vigaristas ideólogos está transformando opiniões em preconceitos.
    Daqui a puco, quem gostar do azul e falar que o amarelo não é legal, será acusado de amarelofobia.
    E assim vão solucionando os graves problemas e distorço~es sociais com cotas, sorteios e bolsas.
    E a escola pública continua no caminho da lixeira.

  4. Uma besta foi quem o provocou.
    Creio que ele foi um pouco agressivo, mas, verdadeiro.
    Há uma patrulha do politicamente correto que quer por no paredão
    aqueles que pensam de forma conservadora e é logo tachado de reacionário.
    Existem tantas bestas aí falando bobagens, Fidélix não é, e ainda vai faurar
    em cima da indelicadeza da Penélope Charmosa, digo, Luciana genro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *