3 thoughts on “Charge do Duke

  1. Fundamentação de FAVRETO para soltar Lula, livra da prisão também o líder do PCC MARCOLA, o megatraficante FERNANDINHO BEIRA-MAR e a todos os demais criminosos condenados do Brasil, que requeiram a soltura, com fundamento no “fato novo”: a condição de pré-candidato:

    A absurda alegação do desembargador nomeado por Dilma Rousseff, Rogério FAVRETO, em seu equivocado despacho de soltura do ex-presidente Lula, na manhã de ontem (Domingo, dia 8 de julho de 2018), segundo publicado hoje pelo jornal “O MUNICÍPIO”, em sua página 5: “também cita, como “fato novo”, a condição de pré-candidato à Presidência dele”, poderia soltar qualquer preso que afirme ser candidato.

    Assim, prevalecendo a vontade de Favreto –

    que foi filiado ao PT de 1991 a 2010 e procurador-geral da prefeitura de Porto Alegre/RS na gestão do prefeito Tarso Genro (PT) nos anos 1990 e posteriormente assessor da Casa Civil no governo Lula (sob o comando inicial de José Dirceu e, em seguida, de Dilma Rousseff) e do Ministério da Justiça, quando Tarso Genro era ministro (também no governo daquele a quem concedeu soltura) –

    se o líder da organização criminosa Primeiro Comando da Capital – PCC, MARCOLA (Marcos Willians Herbas Camacho) se declarar pré candidato, será solto, bem como o megatraficante FERNANDINHO BEIRA-MAR e a todos os demais criminosos condenados do Brasil, que requeiram a soltura, com fundamento no “fato novo”: a condição de pré-candidato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *