One thought on “Charge do Duke

  1. Kkkkkk… essa veio a calhar. XÕ SATANÁ$ E SEU BANDO, BRASIL LIVRE JÁ, BASTA, CHEGA DOS ME$MO$, FORA TODO$, DEMOCRACIA DIRETA JÁ, é o grito entalado na garganta de milhões de brasileiros, cerca de 70% da população, que desde Junho de 2013, imploram por mudanças de verdade na política e no estado brasileiro: sérias, estruturais e profundas. MUDANÇAS que atingiram o estágio D tem que ser agora ou nunca mais, face às eleições que ai estão. INDIGNAÇÃO popular essa que, para acabar com a agonia da espera por mudanças que nunca virão do partidarismo eleitoral, do golpismo ditatorial e nem dos seus tentáculos, velhaco$, agora chegou a hora de ser convertida em atitudes, começando por dizer um gigantesco e peremptório NÃO ao continuísmo da mesmice do $istema podre, NÃO a se tornar expresso nas urnas e nas eleições via votos brancos, nulos e abstenções, levando o NÃO-VOTO à vitória insofismável sobre o $istema podre, e ato contínuo à conquista do poder, mediante rendição pacífica ou não dos derrotados mas urnas e nas eleições, à moda basta, chega dos me$mo$, fora todo$, você$ não nos representam. E a Hora é agora. BASTA de sacrificar gerações e mais gerações de brasileiros e brasileiras obrigados a suportar a maldição das heranças malditas do partidarismo eleitoral, do golpismo ditatorial e dos seus tentáculos, velhaco$, que perfazem o $istema político podre e a plutocracia putrefata dos me$mo$ com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia, que mantém a política, o estado, o mercado e a população capturados, dominados e manipulados por bandidos mancomunados, sob falsas promessas de mudanças e dias alvissareiros que nunca chegam, dos quais urge nos libertarmos há 128 anos, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o projeto novo e alternativo de política e de nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, que há cerca de 20 anos pede passagem contra o continuísmo da mesmice do Sataná$ e seu bando. http://www.tribunadainternet.com.br/charge-do-duke-1433/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *