Charge do Duke

Charge O Tempo 30/12

One thought on “Charge do Duke

  1. Caro Jornalista,
    Segue esse texto apenas por curiosidade.

    “A durao do ano em diferentes mundos

    o que vai acontecer mais uma vez neste prximo dia 31 de dezembro: termina o ano de 2013 desde o nascimento de Jesus Cristo e inicia o ano de 2014.

    Do ponto vista astronmico, um ano o perodo de tempo que um planeta precisa para dar uma volta completa em torno da estrela que orbita.
    No caso da Terra esse perodo de 365,4 dias.
    Vnus, mais prximo do Sol que a Terra, tem um ano de equivalente a 224,7 dias terrestres, enquanto em Marte, mais distante do Sol, esse perodo de 687 dias da Terra.
    Como a durao do ano da Terra fracionada, ou seja, soma 365 dias e seis horas, a cada quatro anos um dia acrescentado ao calendrio e ento temos o excepcional 29 de fevereiro, em vez do tradicional 28 que encerra esse ms.
    o chamado ano bissexto.

    Um ano, o perodo de tempo que a Terra precisa para completar uma volta em torno do Sol. Mas os horrios variam de acordo com a posio do Sol sobre um ponto da superfcie da Terra. E isso faz com que a meia noite em dado ponto de um lado do mundo corresponda o meio dia num ponto do hemisfrio diametralmente oposto.
    Isso faz tambm com que o ano chegue primeiro no Japo, que, por exemplo, no Brasil.
    O Sol nasce no Oriente, da a palavra orientar-se, que significa procurar uma localizao pelo Sol, ainda que no uso cotidiano das palavras, nem sempre um falante se d conta do que elas significam.

    A durao do ano e mesmo do dia faz com que a contagem do tempo para naves espaciais que vo para outros planetas do Sistema Solar seja feita em sis. Assim, uma nave pousada em marte tem seu Sol 1, Sol 2, Sol 3 e, assim, sucessivos sis.
    A durao do dia da Terra e em Marte, no entanto, tem 37 minutos de diferena.
    O dia mais longo em Marte que na Terra, mas isso no cria um descompasso muito grande, ao menos em comparao com o que acontece em Vnus, por exemplo.
    Em Vnus, a durao do dia mais longa que um ano e equivale a 243 dias da Terra.

    Com anos mais longos em comparao ao que ocorre na Terra, seramos mais jovens em Marte que na Terra? A resposta sim, mas apenas como formalismo.
    Na realidade, de acordo com a relatividade geral, em um corpo com menor massa e, portanto, menor gravidade, o tempo passa mais rapidamente que numa corpo de gravidade mais poderosa.
    Assim, o tempo passa mais rapidamente em Marte que na Terra, o que pode fazer com que, no futuro, potenciais colonos mais vaidosos preferiam permanecer na Terra, em vez de se mudar para Marte.

    A propsito, quando algum nos pergunta, na portaria do hotel, na delegacia de polcia, ou no consultrio mdicos, a idade que temos (quantos anos voc tem?) o que deseja saber, embora no tenha conscincia clara disso, quantas voltas j demos em torno do Sol.
    E isso exatamente porque um ano significa uma volta inteira da Terra em torno do Sol.
    Se voc responde, ou escreve na ficha da portaria do hotel, que tem 30 anos, por exemplo, significa que j deu 30 voltas em torno do Sol.
    Quer saber a distncia que percorreu nesta caminhada em torno da estrela, sem nunca ter se dado conta de que se deslocava em alta velocidade?
    Ento multiplique sua idade por 950 milhes de quilmetros que , aproximadamente, o comprimento da rbita da Terra em torno do Sol.
    Deu 9,5 bilhes de quilmetros?
    Pois isso que voc j viajou em torno de nossa estrela-me.
    Quer saber a que velocidade voc tem orbitado o Sol, desde que nasceu?
    Divida 950 milhes por 365,4 dias e voc ter a resposta: aproximadamente 108 mil quilmetros por hora, o que significa mais de 100 vezes a velocidade de um avio a jato comercial…
    Mas voc viajou mais que isso.

    Na verdade, o Sol, levando junto seu colar planetrio, tambm se desloca no brao de rion, no corpo da galxia em que vivemos, velocidade de 72 mil quilmetros por hora.
    Esse movimento, descoberto por William Herschel, um msico que se transformou no maior astrnomo de sua poca, o sculo 18, chama-se pex solar.
    Mas mesmo o espao est se expandindo, como um balo de aniversrio inflado pelo ar pressionado pelos pulmes de uma pessoa.
    Tudo est em movimento no imenso salo do Universo, onde galxias, aglomerados galcticos e superaglomerados, danam impulsionados pela ao da gravidade.

    Quando for comemorar o ano que chega, despedindo-se do ano que vai, considere que no Universo tudo est repleto de movimento e por isso mesmo no faz qualquer sentido aceitar a idia de que sua vida possa ficar paralisada, bloqueada, destituda de movimento por maior que seja o obstculo que voc tenha que enfrentar.
    E aceite os cumprimentos e desejos de Feliz Natal e um maravilhoso Ano Novo por parte de toda a equipe que faz cada uma das edies de Scientific American Brasil.
    Por Ulisses Capozzoli.”

    Felicidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.