One thought on “Charge do Duke

  1. São eles! são eles!

    Mais uma proeza, conseguiram acabar com o trabalho “escravo” nos navios de cruzeiro e diminuir drasticamente de 20 para 6 embarcações com tendência a zerar.
    Outra idéia etílica e radical sem “direito” ao contraditório em que as empresas teriam que passar a utilizar 40 navios, um para os turistas e outro para os “escravos” que recebiam a partir de mil dólares mensais (3.334 reais) durante 8 meses de trabalho com 4 de descanso.
    Dai fica assim: cidades turísticas diminuição de empregos e ex “escravos ” correndo atrás de empregos de 880 reais (880 + 880 + 880 + 694 = 3.334).

    É o resultado que dá estar sempre entre os últimos colocados no Pisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *