11 thoughts on “Charge do Sponholz

  1. FHC quer ajudar o Aécio a se eleger , é a velha união do café com leite,mas as mentiras são facilmente detectadas. Para lembrar: Plano Real foi implantado em fevereiro de 1994; O governo FHC foi de 1995 a 2003. Portanto , dos 20 anos do plano real, só 8 correspondem ao governo PSDB.

  2. Como privatizar com inflação altíssima ? Usando estratégia para diminuir as incertezas ( os boatos acabaram como que por encanto) que o capital detesta. Banqueiros, financistas internacionais e seus prepostos nacionais, comentaristas econômicos todos unidos para acabar com a inflação que tanto os enriqueceu. O plano real permitiu que os negócios fossem realizados sem problema causados pela fragilidade da moeda. A economia estabilizou para poderem comprar a Vale a preço vil e logo vender o ferro para China.

  3. Cesar – Fortaleza,
    Infelizmente não dei ao FHC o valor que ele merecia na época. Hoje me penitencio.
    Graças a ele aquelas irritantes maquininhas pararam com o frenesi da remarcação: as vezes 2 vezes por dia! Era insano. Meu pai colecionava moedas sem valor. Era um balde cheio.

    Mas votei no Don Lulone, essa fraude ambulante, apesar dos avisos que recebi.
    Quanto mais vejo os fanáticos do lulo-petismo vociferando, mas me arrependo de um dia ter acreditado nesses esquerdinhas. Nunca mais, garanto!
    Grande arrependimento.

  4. Simplesmente brilhante a charge do sponholz.

    O “mula” poderia, pelo menos agradecer ao FHC a estabilização da moeda e a aniquilação da hiperinflação, dando condições de governabilidade para os presidentes seguintes.

    A verdade é dura para a oposição.

  5. REINALDO DE AZEVEDO

    ……………

    Guerra de propaganda

    Os vinte anos do Plano Real estão a merecer, certamente, um trabalho de fôlego. É impressionante que os tucanos tenham perdido a guerra de propaganda para o PT nos últimos, vá lá, 14 anos — já que o governo FHC ficou sob intenso bombardeio nos dois anos finais.

    Lembre-se de que, um ano antes do Real, o então ministro da Fazenda FHC adotou um conjunto de 58 medidas para criar as precondições da estabilização da economia — de pronto combatidas por Lula (vejam abaixo frase de janeiro de 1994).

    Como todo mundo sabe, o partido não ficou só na retórica: votou contra a MP do Real no dia 29 de junho de 1995. Foi além. Recorreu ao Supremo com uma ADI (Ação Direita de Inconstitucionalidade) contra o plano. E voltou ao tribunal para tentar derrubar a Lei de Responsabilidade Fiscal. Abaixo, um pouco do que disseram alguns patriotas.
    *
    Lula
    “Esse plano de estabilização não tem nenhuma novidade em relação aos anteriores. Suas medidas refletem as orientações do FMI (…) O fato é que os trabalhadores terão perdas salariais de no mínimo 30%. Ainda não há clima, hoje, para uma greve geral, mas, quando os trabalhadores perceberem que estão perdendo com o plano, aí sim haverá condições” (O Estado de S. Paulo, 15.1.1994).

    “O Plano Real tem cheiro de estelionato eleitoral” (O Estado de S. Paulo, 6.7.1994).

    Guido Mantega
    “Existem alternativas mais eficientes de combate à inflação (…) É fácil perceber por que essa estratégia neoliberal de controle da inflação, além de ser burra e ineficiente, é socialmente perversa” (Folha de S. Paulo, 16. 8.1994).

    Marco Aurélio Garcia
    “O Plano Real é como um “relógio Rolex, destes que se compra no Paraguai e têm corda para um dia só (…) a corda poderá durar até o dia 3 de outubro, data do primeiro turno das eleições, ou talvez, se houver segundo turno, até novembro” (O Estado de S. Paulo, 7.7.1994).

    Gilberto Carvalho
    “Não é possível que os brasileiros se deixem enganar por esse golpe viciado que as elites aplicam, na forma de um novo plano econômico” (“O Milagre do Real”, de Neuto Fausto de Conto).

    Aloizio Mercadante
    “O Plano Real não vai superar a crise do país (…) O PT não aderiu ao plano por profundas discordâncias com a concepção neoliberal que o inspira” (“O Milagre do Real”, de Neuto Fausto de Conto)

    Vicentinho, atual líder do PT na Câmara dos Deputados
    “O Plano Real só traz mais arrocho salarial e desemprego” (“O Milagre do Real”).

    Maria da Conceição Tavares
    “O plano real foi feito para os que têm a riqueza do País, especialmente o sistema financeiro” (Jornal da Tarde, 2.3.1994).

    Paul Singer
    “Haverá inflação em reais, mesmo que o equilíbrio fiscal esteja assegurado, simplesmente porque as disputas distributivas entre setores empresariais, basicamente sobre juros embutidos em preços pagos a prazo, transmitirão pressões inflacionárias da moeda velha à nova” (Jornal do Brasil, 11.3.1994).

    “O Plano Real é um arrocho salarial imenso, uma perda sensível do poder aquisitivo de quem vive do próprio trabalho” (Folha de S.Paulo, 24.7.1994).

    Gilberto Dimenstein
    “O Plano Real não passa de um remendo” (Folha de S.Paulo, 31. 7.1994 ).

    Por Reinaldo Azevedo (Blog Veja on line)

  6. Ótimo, Sr. Mauro Julio Vieira. Por aí se tira a conclusão do monte de imbecis que estão a nos governar.

    É um monte de débil mental e pelego entulhando a máquina pública administrativa.

    Esse povo entende é de revolução social-comunista. De criar celeuma. Não gostam de estudar e trabalhar, não.

    Pelegada!!!

  7. Srs. e Srªs, façamos JUSTIÇA, o PAI DO PLANO REAL FOI O PRESIDENTE ITAMAR E A COMISSÃO QUE ELE INDICOU PARA ENCONTRAR À SOLUÇÃO PARA TRAZER A INFLAÇÃO A PERCENTUAL BAIXO, ACABANDO COM A HIPER.
    O nosso Congresso corrupto, acaba de “pagar” a maior ingratidão, endeusando, a quem foi mero executor do “Plano de Itamar e Comissão”, esquecendo de o NOMEAR, (PANE DO MINEIRO CANDIDATO ATUAL, CONTRA UM MINEIRO DIGNO, ou MÁ FÉ!?!?.
    FHC, doou o Patrimônio publico com as privatizações, o governo PT, disfarça com as “concessões”, aí chegamos a conclusão: QUE PAÍS É ESSE!???
    A cada dia que passa, pelo panorama de candidatos, para 05/10, não vejo LUZ no fim do túnel, está difícil, avaliar perante tanta hipocrisia.
    FHC, agravou a corrupção, com a lance da compra da reeleição, que está na condição de um grande cancro nacional, pois, o primeiro mandato, está como base para o segundo, uma verdadeira mixórdia, o PT governo, deu continuidade, levando a corrupção a patamares vergonhosos.
    Em meus 84 de vida, nunca vi tanta podridão, hipocrisia e farisaísmo!!!
    Rui Barbosa, a Prece ” DEUS” que criaste, dirigida à “POLÍTICOS”, deveria estar na “cabeceira das camas” dos politiqueiros, como alerta, para eles se transformarem em “POLÍTICOS”.
    Por um Brasil decente e justo.

  8. O enigma da esfinge: Decifra-me ou te devoro. Ele com nove vale mais que o outro com 10. É mole. É Luis Inacio, ele vale muito mais que fhc. Certo, a esfinge orgulhosa pela inteligência do viajante disse, pode passar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *