Chávez: ditador, enganador, devastador, desolador

Não engana ninguém mas se existissem dúvidas, desapareceriam com seu último ato: combater a inflação com repressão policial. Toda a Venezuela, e Chávez (e não a Venezuela) recebido no Mercosul. Mas sua entrada não está definitivamente sacramentada.

O que ele quer e precisa mesmo é palanque, microfone e qualquer forma que seja para exibir o autoritarismo. E contra o seu próprio povo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *