Chefe da Lava-Jato decepciona o Planalto e diz que operação será intensificada 

Resultado de imagem para eugenio ricas

Ricas: Lava Jato vai avançar, ao invés de recuar 

Bruno Dalvi
O Globo

O novo diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal (PF) Eugênio Ricas, que comandará todas as operações federais no Brasil, prometeu intensificar a operação Lava-Jato e garantiu que não há a menor possibilidade de reduzir os esforços da operação. Após se reunir nesta segunda-feira com o novo diretor-geral da PF, Fernando Segóvia, e o governador Paulo Hartung (PMDB), Ricas também afirmou que vai ampliar o combate ao tráfico de drogas e ao tráfico de armas.

— Lava-Jato é uma instituição dentro da Polícia Federal. Não tem como estancar uma instituição. A nossa missão é intensificar ainda mais os trabalhos que são feitos lá. A sociedade brasileira pode ficar tranquila com relação a isso. A nossa missão é dar mais condições, mais suporte, pra que todos os trabalhos da Policia Federal sejam feitos. Então, a partir do momento que os fatos criminosos aparecem em outros lugares, é necessário criar outros núcleos — garantiu Ricas.

PREVENÇÃO – Ricas é secretário de Controle e Transparência do Espírito Santo e recebeu o convite para assumir a diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado da PF logo após Segóvia ser nomeado pelo presidente Michel Temer (PMDB).

— A prevenção é um dos caminhos para se combater a corrupção. Por isso, fomentamos a transparência e melhoramos o controle interno aqui no estado. Agora, chega o momento de trabalhar em outra área. É uma missão que será a mais desafiadora da minha vida. Todos sabemos o momento que o país vive — afirmou Ricas, que acrescentou:

 

— O desafio é fazer com que a Polícia Federal continue atuando de forma responsável, ampliando as ações de combate à corrupção, ao tráfico de drogas e ao tráfico de armas. A questão da segurança pública é uma questão que, junto à corrupção, tem afligido a família brasileira.

ENTROSAMENTO – Na cúpula da PF, Ricas vai substituir o atual diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Maurício Leite Valeixo. Segóvia e Ricas tiveram uma experiência profissional entre 2009 e 2011, quando Segóvia era superintendente da Polícia Federal no Maranhão e Ricas foi seu braço-direito.

Segóvia esteve no Palácio Anchieta, em Vitória, nesta segunda-feira, onde almoçou com Hartung e Ricas.

— Sei da grandiosidade do trabalho que terá de ser feito. Ele (Eugênio) vai conduzir todas as investigações de grande prioridade nesse país. Ele será um pilar fundamental na nova administração. A PF, como um todo, foi unanime, de norte a sul do país, em aclamar o nome dele. Isso será muito bom para o país — disse Segóvia, na sede do governo capixaba.

No Espírito Santo, Ricas se destacou por adotar duras medidas no combate a irregularidades em contratos públicos e desvio de verbas, além de abrir 37 processos administrativos contra microempresas e até multinacionais. As medidas estão se tornando uma referência no setor. Entre elas, uma chama a atenção: o livre acesso dos cidadãos a informações sobre gastos, contratos e obras do governo local.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Como previmos aqui na Tribuna da Internet, a nova direção da PF continua decepcionando o Planalto. A Lava Jato é indestrutível e não será um governo fraco e corrupto que curvará a corporação. Se vocês ainda têm dúvida, perguntem ao Picciani… (C.N.)

13 thoughts on “Chefe da Lava-Jato decepciona o Planalto e diz que operação será intensificada 

  1. NR, assino, que Deus nos ouça, para termos um Brasil decente e justo. Ao ver história antiga, Roma queria ser a dona do mundo, e caiu, as grandes dores da humanidade, são inícios de um progresso na moral, “ler” a história do caminhar da Humanidade, nos faz compreender, que estamos neste ciclo de caos, de separação do “joio do trigo” para nossas almas eternas, um dia alcançar o reino da Luz.
    Lamentavelmente, os falsos profetas, mercadejam o Evangelho de Jesus, na busca do Tesouro material, esquecidos que do mundo material nada se leva, nossas propriedades, são: O Bem, o Mal, e o Bem que deixamos de fazer, para a prestação de contas no além túmulo da Consciência- Tribunal Divino.
    Roguemos a Deus sua Piedade, e proteção ao jovem Juiz Sergio Moro,aqueles que lhe seguem o exemplo de Dignidade e Amor à Justiça, bem como as Equipes do MPF e PF. Oremos pela humanidade, pois, somos células dela, por sermos irmão em Deus.

  2. Meu comentário quando da indicação do superintendente da PF, foi glosado.
    Agora vejo que meu ceticismo não era sozinho.
    Continuo afirmando: De onde não se espera nada, é dali mesmo que não sai nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *