Chega de conversa fiada, a verdade é que a maioria dos eleitores não quer Bolsonaro nem Lula

Charge do Sid (Arquivo Google)

Carlos Newton

A política brasileira é totalmente surrealista e não existe nada igual em nenhum outro país. Já informamos aqui o desânimo dos roteiristas da série norte-americana “House of Cards”, que foi tirada do ar quando ainda fazia estrondoso sucesso. Um dos motivos alegados foi o fato de o ator principal, o fabuloso Keavin Spacey, ser gay, uma espécie de Piada do Ano em âmbito mundial.

Ora, ora, não me venham com chorumelas, diria o grande ator Francisco Milani, que adorava política e chegou a ser eleito vereador no Rio pelo Partido Comunista Brasileiro, o velho Partidão.

SAINDO DO ARMÁRIO – Realmente, se forem boicotar atores gays, o que aconteceria com John Wayne, Burt Lancaster, Rock Hudson, Cary Grant, Anthony Perkins, Laurence Olivier, Montgomery Clift, Dirk Bogarde, Randolph Scott, James Dean e tantos outros.

Em Hollywood, muitos deles fizeram um esforço enorme dentro do armário, inclusive suportando casamentos de fachada. Mas aqui no Brasil é tudo ao contrário, e agora o homofóbico presidente Jair Bolsonaro diz que o governador gaúcho Eduardo Leite está “se achando” e quer ganhar votos ao assumir a homossexualidade.

No caso de “House of Cards”, os roteiristas admitiram que jamais conseguiriam alcançar a criatividade da política brasileira, onde a primeira mulher a chegar à Presidência era estocadora de vento e sempre que encontrava uma criança via um cachorro por atrás.

ESTRANHAS PESQUISAS – Agora, na abertura da campanha eleitoral de 2022, as pesquisas de opinião tentam nos convencer de que Lula da Silva saiu direito da prisão para o Planalto, com pit stop em São Bernardo do Campo. Bem, esse fenômeno pode mesmo acontecer, mas apenas se o petista for ao segundo turno contra Jair Bolsonaro. Qualquer outro ganha dele, todos sabem.

E há a forte possibilidade de surgir um presidente zero quilômetro, sem a rodagem de Lula e Bolsonaro, porque cerca de 30% do eleitorado são “nem-nem” e não aceitam votar em nenhum dos dois, que realmente estão sujos na rodinha, como se dizia antigamente.

Para transformar esse sonho em realidade, basta que rejeitemos essas pesquisas encomendadas e passemos a exiigir que os institutos façam como o MDA e o Genial/Quaest, os únicos que pesquisaram o quesito “quantos não aceitam votar nem em Lula nem em Bolsonaro”.

###
P.S. –
Por gentileza, alguém pode me informar o que é Genial/Quaest? O Estadão diz ser um instituto de pesquisa, mas eu nunca ouvi falar dele… (C.N.)

15 thoughts on “Chega de conversa fiada, a verdade é que a maioria dos eleitores não quer Bolsonaro nem Lula

  1. Lula é um ignorantão com maus hábitos e sede de poder; o outro, um doido imbecil; se os brasileiros votarmos neles, nossa é a culpa. Não culpemos os americanos, como sempre fazemos.

    • Quem vice acha que empurra para os brasileiros essas tralhas políticas através da nossa mídia?

      Tudo de ruim no Brasil vem da imprensa brasileira, que de brasileira não tem nada!

      E adivinha pra quem a nossa imprensa trabalha?

        • Amigos, o erro e os problemas nascem nas urnas! Tem gente boa sim, em todos os partidos, mas não eleitas. Por que? Porque a maioria é ignorante, sem cultura política e irresponsável! Nunca resolveremos problemas, enquanto procuramos os erros nos outros!

          • E por que a maioria é ignorante?

            Quem deixa essa maioria ignorante se não a própria mídia brasileira que trabalha para interesses externos, principalmente norte-americanos?

            Quem quer colocar a culpa somente no povo passa pra mim uma suspeita enorme, pois omite na cara de pau a podridão que é a mídia entreguista brasileira que ODEIA o Brasil!

  2. Chega de conversa fiada. Em 2022, os eleitores serão obrigados a escolher entre o intrépido Bolsonaro e o candidato do Sistema do Crime Organizado (pt+ psdb+ stf). Claro, existe tembém o voto branco / nulo. O que não existe é candidato da Terceira Via e muito menos um “zero km”.

    Sérgio Moro, o único nome que poderia ser uma alternativa viável, queimou a largada e, infelizmente, esborrachou-se. Mas é um jovem, torçamos para que ele aproveite a sua passagem pelos EUA, aprenda um pouco de pragmatismo com os gringos e costure alianças para 2026. A limpeza da podridão tucano-petista que se incrustou na administração pública é serviço pra gente xucra e sem medo para enfrentar quadrilheiros e degenerados sociais.

  3. Pesquisa Genial/Quaest: 44% têm avaliação negativa do governo Bolsonaro e 26% positiva
    Dados da pesquisa mostram uma perda de espaço da popularidade de Bolsonaro entre setores que formam sua base social

    Por Cristian Klein, Valor — Rio
    07/07/2021 09h03 Atualizado há 6 dias
    Pablo Jacob/Agência O Globo

    Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link

    https://valor.globo.com/politica/noticia/2021/07/07/pesquisa-genialquaest-44-pontos-percentuais-tm-avaliao-negativa-do-governo-bolsonaro-e-26-positiva.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.

    https://www.google.com/search?q=Genial%2FQuaest&rlz=1C1JZAP_pt-BRBR948BR948&oq=Genial%2FQuaest&aqs=chrome..69i57j69i59l2j69i58.40125j0j4&sourceid=chrome&ie=UTF-8

  4. LULA E BOLSONARO SÃO DOSE PRA LEÃO, porque o resto é puxadinho dos me$mo$. Bolsonaro, Lula, Ciro, Dória, Leite, Mannetta e demais continuístas da mesmice das ditaduras partidária, militar, midiática e econômica, do continuísmo da mesmice do sistema apodrecido, com prazo de validade vencido há muito tempo, são uma espécie de McGregor do UFC, convencidos, papudos, bravateiros, mas assim que o Leão conseguir entrar no octógono eleitoral vai quebrar todos ele$ no cacete, eleitoral, é claro, no primeiro turno, e vai mandá-los todos para a tonga da mironga do kabuletê, com passagem só de ida, porque basta de tanta confusão, embromação, picaretagem política, perda de tempo e tempo perdido, chega dos me$mo$, fora todo$. https://www.uol.com.br/…/mcgregor-ataca-poirier-por…

  5. A avaliação feita pelo grande CN, tem lógica matemática! Quando dois candidatos tem rejeições tão elevadas, existe a possibilidade de uma terceira via, sim!
    Talvez, ao contrário do que muitos pensam, a estratégia não é começar por nomes mas por projeto.
    Se construirmos, com rapidez e sem assolamento, um projeto, a partir dele encontraremos um candidato que se comprometa com ele!
    Dirá alguém: é muito simples para ser verdade. Talvez seja simples. O problema está no trabalhar, mostrar o caminho e acreditar que é possível!
    Eu acredito!!!
    Fallavena

  6. Boa noite , leitores (as):

    Senhor Armando , se o ex-ministro/juiz do STF Joaquim Barbosa ou o ex-juiz Sérgio Moro forem candidatos a Presidência da República do Brasil eu votaria em um dos dois, mas acredito que o ex-juiz Sérgio Moro , logo de cara seria boicotado e abatido pelos ministros/juízes do ” SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL “, em sua pretensão de ser Presidente do Brasil , isso é líquido e certo.

  7. Luiz Inácio é Bolsonaro são a alternativa do Caos, sem esquecer da farinha do mesmo saco, chamado Cangaciro, o marginal metido a gente boa que explode por qualquer copo d’água.

    Os três são as piores opções e quem pensa que Ciro seria diferente dos outros dois matutos metidos a malandros basta ver a carreira pública desse último que passou em mais de dez partidos, e indo parar no PDT do grande e único Leonel Brizola. É inacreditável, mas é a realidade.

    Pois bem, quem viver verá, os três salafrarios sendo derrotados nas urnas pelo bem do nosso Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *