Chega de intrigalhadas contra o técnico Dunga

Vicente Limongi Netto

Creio que não é hora de intrigalhadas contra o técnico Dunga. Quem trabalha com grupos sabe que muitas vezes os nervos extrapolam a serenidade. No futebol não é diferente. O ser humano que se preza, que gosta de vencer, que não tem sangue de barata nas veias, pode perfeitamente perder o controle em algumas situações, porque a adrenalina  é muito forte.

Torcedores, dirigentes e jornalistas, até mesmo aqueles contrários ao retorno dele à seleção, entre os quais me incluo, reconhecem que Dunga vem realizando bom trabalho. Volta agora do exterior com mais duas vitórias.

O mal entendido entre Dunga e repórter Tino Marcos, precisa ser encerrado. As pessoas discutem e trocam palavras ásperas desde os tempos da Santa Ceia. Chega a ser patético que alguns setores queiram fragilizar e criticar Dunga porque bateu boca com o massagista da seleção Argentina. O importante, o que conta para o presente e para o futuro da seleção brasileira, é o trabalho eficiente, fora e dentro de campo, que Dunga vem fazendo. O mais, é conversa fiada de rebotalhos fantasiados de paladinos, que entram de graça nos estádios e não entendem nada de futebol. Mas botam uma banca dos diabos.

4 thoughts on “Chega de intrigalhadas contra o técnico Dunga

  1. Limongi,

    Você sabe que isso NÃO vai mudar.
    Esses ditos ” jornalistas esportivos”, de um modo geral, são muito vaidosos.
    Não erram nunca.
    E ficam furiosos quando desmentidos, pelos fatos.
    Exemplo: o “gênio” Telê e o “estúpido” Parreira.
    O ” gênio” PERDEU duas copas, continua sendo “gênio”;
    O ” estúpido” ganhou uma, mas continua sendo ” estúpido”
    Os jogadores de 82, nos dizem, são ” fracassados”
    Mas o treinador deles, ” o gênio”, ah, esse é ” o melhor de todos”.

    Saudações,

    Carlos Cazé.

    PS: parece até um determinado candidato que, apesar de NÃO respeitar a Constituição, nos dizem_ e mais, nos ofendem, aqui, nesse blog_, em tons peremptórios, que é ” o melhor candidato”.
    Ufa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *