Ciro Gomes diz que é “um crime” privatizar os Correios, uma estatal que sempre deu lucros

Ciro Gomes critica possibilidade de privatização dos Coreios - Kleyton Amorim/UOL

Ciro não vê sentido em privatizar as empresas lucrativas

Deu no UOL Brasil

O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) disse no Twitter que a privatização dos Correios “é um crime contra o patrimônio, contra a inteligência e contra a honra dos brasileiros”. A declaração ocorre na esteira da aprovação pela Câmara dos Deputados do projeto de lei (PL) que autoriza a privatização dos Correios. O texto recebeu 286 votos favoráveis e 173 contrários e segue agora para o Senado Federal.

“Na forma e no conteúdo, a privatização dos Correios é um crime contra o patrimônio, contra a inteligência e contra a honra dos brasileiros”, escreveu Ciro Gomes no Twitter.

MONOPÓLIO MERCADO – Na mensagem, o pré-candidato à presidente em 2022 disse que teme um “monopólio de mercado” e fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

“A cereja envenenada deste bolo é a garantia de um vergonhoso monopólio de mercado, por cinco anos (renovável por mais cinco), para o arrematador do butim”, disse.

“Nos tempos de Guedes e Bolsonaro privatização é isso: saque de bem público para gerar um monopólio privado que vai ditar normas e preços, sem concorrência, para uma população indefesa”, completou.

Para justificar a privatização da estatal, que tem mais de 90 mil empregados, o governo afirma que há uma incerteza quanto à autossuficiência e capacidade de investimentos futuros por parte dos Correios. Na avaliação do Executivo, isso reforça a necessidade da privatização para evitar que os cofres públicos sejam responsáveis por investimentos da ordem de R$ 2 bilhões ao ano.

HISTÓRICO DE LUCROS – Conforme mostrou o UOL, os Correios têm histórico de lucros. Nos últimos 20 anos, geraram ganhos de R$ 12,4 bilhões e repassaram 73% desse valor ao seu único acionista, o governo federal. Para críticos da privatização, os números reforçam que vender a empresa é um erro.

A Adcap (Associação dos Profissionais dos Correios) argumenta que, além de a estatal ser lucrativa, ela está se valorizando e têm estrutura para atuar em todo o Brasil.

Para Marcos Cesar Silva, vice-presidente da entidade, a venda da estatal atende somente a interesses de pessoas que pretendem se apropriar de uma empresa lucrativa. 

8 thoughts on “Ciro Gomes diz que é “um crime” privatizar os Correios, uma estatal que sempre deu lucros

  1. As privatizações era umas das poucas coisas que sabíamos que aconteceria no governo Bozo.
    O Posto Ipiranga sempre foi bem claro.
    Agora,quem votou no palhaço,reclama?

  2. Toda profissão exige uma formação – pedreiro, carpinteiro, médico (e têm que produzir). Mas para ser um REPRESENTANTE do povo qualquer Zé Mané,que produz se quiser, pode ser. Não é á toa que o arquiteto de Brasília fez o congresso representando um cupinzeiro e ou outro um penico.

  3. A questão não é simples.
    O maior problema na privatização será o abandono de cidades e regiões com pouca densidade populacional.
    É como desejar um MC Donald em cidadezinha com menos de 15.000 habitantes.
    Os Correios são um monopólio estatal que está dando lucro, ainda bem.
    Imaginem se não precisasse ter um número enorme de agências deficitárias!?

  4. Boma noite , leitores (as):

    As pessoas que ganharem os ” CORREIOS ” a primeira coisa que farão é ” SAQUEAREM E ROUBAREM ” , o dinheiro do ” Fundo de Pensão e Previdência ” dos funcionários dos correios , e depois os cofres e patrimônios dos correios, falindo a empresa e devolvendo-a quebrada e dilapidada , como sempre acontece impunimente .

  5. As últimas 6 compras que fiz pela internet foram entregues por empresas privadas.
    E melhor privatizar logo os correios porque mais na frente não vai valer nada.

Deixe um comentário para abraão xavier Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *