Ciro Gomes avisa que Petrobras deverá reduzir o preço do diesel em seu governo

Ciro Gomes (PDT) percorreu ruas de Jundiaí e cumprimentou eleitores (Foto: Wellington Silva/TV TEM)

Ciro Gomes propõe crescimento com sustentabilidade

Deu no Correio Braziliense
(Agência Estado)

O candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, disse nesta segunda-feira, dia 3, em sabatina promovida por SBT, Folha de S.Paulo e UOL, que os preços do diesel devem ser menores em seu eventual governo. Segundo ele, a Petrobras cobrará um valor que arque com os custos de produção e com alguma margem de lucro, mas não precisa manter uma paridade com os preços internacionais diante do monopólio que possui no Brasil.

De acordo com o candidato, a empresa, por ser estatal, terá um lucro menor, mas estável ao longo do tempo, ao contrário de outras petroleiras, que têm um lucro “exorbitante” quando o petróleo está mais caro e prejuízo quando os preços caem.

RUMO AO FUTURO – Reportagem do G1 Jundiaí (SP) revela que o candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, disse neste domingo (2) que o país deve dar um “passo para o futuro” e acabar com a “briga mesquinha entre coxinhas e mortadelas”.

Ele fez referência aos apelidos dados às pessoas que nos últimos anos travaram uma rixa política no país principalmente em torno de questões como o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff ou da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

PROJETO NOVO – Ciro falou à imprensa após um ato com eleitores e aliados. Segundo o candidato, a rivalidade entre “coxinhas” e “mortadelas” está rachando o país e introduzindo ódio na política.

“A questão que vai ser decidida pelo Brasil. Se está na hora de a gente dar um passo adiante, para o futuro. Construir um projeto nacional de desenvolvimento novo, que acabe com essa briga mesquinha onde entram coxinhas e mortadelas, que está rachando nosso país, que está introduzindo a violência e o ódio na política, ou se o país quer ficar amarrado nessa luta miúda”, disse Ciro.

SUSTENTABILIDADE – Ainda segundo a reportagem do G1 Jundiaí, o candidato também disse que seu plano de governo tem como um dos focos uma política cultural de consumo ligado a sustentabilidade, com valorização da economia comunitária.

“Cultura é o valor mais grave que as nações têm. Em tempo de globalização, se nós não apostarmos na afirmação da identidade cultural da nossa nação, nós seremos presa fácil dos modos de consumo internacionalmente projetados. Seremos presa fácil de uma filosofia de vida que destrói a natureza, porque o consumismo baseado no que estamos fazendo vai matar o planeta Terra se nós não mudarmos”, disse Ciro.

14 thoughts on “Ciro Gomes avisa que Petrobras deverá reduzir o preço do diesel em seu governo

  1. Mais um que só faz promessas mas não tem nem plano de governo. Cada vez que um idiota, como ele, abre a boca, o dólar sobe e o diesel também. Se,ele quer baixar o preço do diesel, basta que ele fique com a boca fechada.

    • De onde você conclui que esse sujeito, que aparenta ser tão estúpido, é o mais preparado?
      Sim, ele sabe seguir planos de governo feitos pelos antecessores, como os seguidos governos tucanos (e de vices de tucanos) em SP. Mas o Brasil não tem um plano de governo já implantado.
      Não vejo como alguém como Ciro conseguir criar um. Quem seria o ministro da economia dele?

  2. Pedro Parente deixou o preço dos combustíveis na estratosfera. Levaram o preço para cima e agora fazem a paridade, é a malandragem dos governos corruptos. E quem pagou toda a corrupção na Petrobrás foi o brasileiro com o preço abusivo da gasolina, diesel, etc. Sempre o povo vai pagar a conta dos bandidos que tomar o país de assalto.

  3. E Pedro Parente ainda saiu como o CEO competente. Até minha vó melhorava a Petrobrás aumentando abusivamente o preço do combustível e vendendo o patrimônio da Estatal sem um processo licitatório decente.

  4. Todo político que, na fase de candidato, começa logo a prometer que vai REDUZIR isso e aquiloutro, em prol do consumidor. Previamente, ele já vai REDUZINDO a sua credibilidade perante a população.
    Tu acreditas, Mané?

  5. Prevejo, se este idiota do Ciro vencer a eleição e realmente cumprir a palavra, uma série de processos internacionais contra a Petrobras.
    Ciro esquece que a empresa, ao menos em parte, não é do Governo. Aliás tem ações em bolsa e deve seguir o mercado.
    Eu mesmo, se morasse em outro país e tivesse ações da Petrobras nessa condição, entraria com um processo. Não pode um sócio majoritário, o Governo, prejudicar os demais.
    Ciro iria ser um (des)governo petista 2.0. Teríamos que tirar dinheiro de outras necessidades públicas para pagar mais essa ação coletiva contra a empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *